terça-feira, 21 de março de 2017

Gabriela...

Eu juro a pés juntos que vi o sósia do Kurt Cobain neste mesmo plano astral em que resido.

Estava a fumar eram umas 8h e pouco da manhã aqui num café à saída da Marinha Grande, vestido de preto, o mesmo cabelo ranhoso alourado, magro e metendo pouca cobiça.
E neste momento deve pensar que há uma certa rapariga num carro preto que tem que deixar as drogas ao pequeno-almoço porque travar a fundo no meio da estrada para ficar embasbacada a olhar para ele de certeza que não é sinal de grande pureza de espírito.


Sem comentários: