quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Bodas de Cerâmica

9 anos de casamento...


Todos os anos tentamos fazer qualquer coisa especial, porque cada ano não é senão mais que um vitória.
Um vitória nossa que mesmo depois de morrermos juro que nos vamos andar a assombrar um ao outro.
Há 1 ano atrás desafiei-me e desafiei-o a ele, que tinha medo de alturas, e fomos saltar de avião.
Este ano que eu tinha tudo orientado para irmos fazer Bungee Jump na Royal  George Bridge no Colorado, uma queda de senão mais senão menos que 321 metros e sem paraquedas que nos salve, heis que ele decide ficar todo "entaipado" de uma perna depois de se submeter a uma cirurgia.
Em vez de saltarmos de qualquer lado anda aqui a brincar às múmias paralíticas.
Mas eu sei que raramente digo o quanto gosto de ti, mais facilidade tenho em dizer que te esfolava vivo, mas essa é a minha maneira de te dizer que estás sempre comigo quer queiras ou não.
E há 9 anos disseram que era na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza...

Sem comentários: