terça-feira, 30 de agosto de 2016

"It's the final countdown"

Te re re, re! Te re re re! Te re re, re! Te re re re...

Agora fazem semanas de 15 dias?
Porque é que só é ainda 3'feira?
Porque é que os malucos acordaram esta semana para me moer o juízo?
Porque é que quanto mais faço mais me aparece por fazer?
Porque é que a semana antes das férias custa tanto a passar?

Eu não era assim, eu odiava férias, eu era das que adoecia nas férias... como um chefe nos muda 😅

sábado, 27 de agosto de 2016

Ser mãe é...

Eu continuo a defender que é em tudo muito semelhante a um casamento.
Chega a uma altura em que temos, delicadamente, que pedir espaço, que não conseguimos respirar (neste caso não foi lá muito delicadamente, foi mais do tipo: "Ó criança desampara-me a loja que nem na casa de banho me dás sossego à beleza!").
E ela lá se toca e desaparece misteriosamente, qual Smeagol atrás do seu precioso.
Finalmente consigo eu, em paz e silêncio, fazer uma boa esfoliação e quando estou mesmo a começar a aplicar à máscara entra um papel disparado por debaixo da porta da casa de banho...


E é tudo por hoje!

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

11/2016


Título: Maze Runner: correr ou morrer
Autor: James Dashner
Pontuação: 5*


"Quando desperta, não sabe onde se encontra. Sons metálicos, a trepidação, um frio intenso. Sabe que o seu nome é Thomas, mas é tudo. Quando a caixa onde está para bruscamente e uma luz surge do teto que se abre, Thomas percebe que está num elevador e chegou a uma superfície desconhecida. Caras e vozes de rapazes, jovens adolescentes como ele, rodeiam-no, falando entre si. Puxam-no para fora e dão-lhe as boas vindas à Clareira. Mas no fim do seu primeiro dia naquele lugar, acontece algo inesperado - a chegada da primeira e única rapariga, Teresa. E ela traz uma mensagem que mudará todas as regras do jogo." retirado de Wook

Para mim...
Viciante! 
Já vi e revi o filme algumas vezes mas o livro surpreendeu-me imenso porque apesar de já conhecer o enredo a narrativa é expectante.
Com muita pena minha, este exemplar arranjei na Biblioteca Municipal e o 2.º livro encontra-se indisponível.
Mas vou continuar a busca, tendo em conta que não considerei o 2.º filme de grande interesse pode ser que o livro o ultrapasse em tanto como o 1.º.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Vão rolar cabeças

Ranhosāo do gato, ou gata, que enquanto eu dormia o soninho dos inocentes me estrucidou a fita marcadora da agenda.
Logo quando chegar a casa vão haver castigos: ficam sem ver televisão uma semana.
Tenho-o dito!

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

OLX "cromos"


Tem dias que penso que o problema é meu, mas depois penso: "Não, esta gente é que é mesmo burra!"

domingo, 21 de agosto de 2016

Filmografia




Título: A vida secreta dos nossos bichos
Ano: 2016
Género: Comédia / animação / família
Duração: 1h27 min.
Realização: Yarrow CheneyChris Renaud
Vozes: Louis C.K.Eric StonestreetKevin Hart 
Ratings: 6.8/10

"Na cidade, a vida dos animais de estimação começa quando os donos saem para o trabalho. Num apartamento de Manhattan vive o cão Max, um pequeno e expedito terrier, que sente a sua posição ameaçada com a chegada a casa de outro cão, o Duke. Mas a rivalidade inicial entre ambos será suplantada pela necessidade de cooperação quando descobrem que o terrível coelho Pompom, planeia reunir um exército de animais abandonados e orquestrar uma vingança contra os humanos." retirado de Sapomag

Para mim...
Nada nunca vai bater os Minions!
Mas a curiosidade levou a ir ao cinema, algo que raramente fazemos uma vez que somos cliente TVCine cá em casa e após pousos meses vemos as estreias todas sentadinhos no nosso sofá, com os intervalos que nos apetecer e replay as vezes que entendermos.
Estava à espera de melhor, uma melhor história. 
Mas mesmo assim foram umas gargalhadas garantidas e o espetacular é que foi a primeira vez que a Bia não adormeceu no cinema. Quase que íamos fazendo uma festa com direito a fogo preso.
No trailer gosto especialmente da cena ao 2:18, acho que é isso que se passa aqui em casa quando saímos todos os dias de manhã.


Sim, ela bebeu uma canecada de coca-cola para abrir a pestana.



sábado, 20 de agosto de 2016

A minha/nossa Fu

A nossa família felina sofreu mais uma baixa.
Uma das nossas mais antigas residentes, a poucos meses de completar 10 anos de uma vida partilhada e fazendo quando 2 anos e meio de luta contra uma dessas doenças da moda (das ingratas) deixou-se vencer e foi adormecida.
Teve todo o nosso amor e carinho até ao seu último momento de vida.
A Mafalda, carinhosamente apelidada cá por casa de Fu, deixa-nos a dor, as lágrimas nos olhos e a saudade.

Mais uma estrelinha brilha para nós no céu.



Agora temos uma alma gémea para cuidar com muito amor e carinho, porque eles era simplesmente inseparáveis. E uma década em vida de gato é uma amizade inestimável.

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

terça-feira, 9 de agosto de 2016

10/2016


Título: Caçadores das Sombras: A Cidade do Fogo Celestial
Autor: Cassandra Clare
Pontuação: 5*

"Sebastian Morgenstern está ao ataque e volta Caçador de Sombras contra Caçador de Sombras. Com a ajuda da Taça Infernal, transforma Nefelins em criaturas saídas de um pesadelo, separando famílias e amantes enquanto engrossa as fileiras dos seus Ensombrados.
Acossados, os Caçadores de Sombras refugiam-se em Idris… mas nem os poderes demoníacos de Alicante conseguem manter Sebastian à distância. E com os Nefelins encurralados em Idris, quem protegerá o mundo contra os demónios?
Quando é desmascarada uma das maiores traições de toda a história dos Caçadores de Sombras, Clary, Jace, Isabelle, Simon e Alec são obrigados a fugir - ainda que a sua viagem os leve até ao coração dos reinos demoníacos, onde nunca nenhum Caçador de Sombras fora e de onde nenhum ser humano alguma vez regressara.
Haverá amor sacrificado e vidas perdidas na terrível batalha pelo futuro do mundo neste empolgante final da clássica série de fantasia urbana Caçadores de Sombras." retirado de Wook

Para mim...
O 1.º e o último (6.º) foram os melhores que li de toda a saga.
Empolgante, sentia-se o envolver na teia e que desejávamos a qualquer segundo saber qual seria o desfecho de tantas histórias que se desenrolavam.
Foi um livro que rematou muitos dramas amorosos e muitas guerras entre o Bem e o Mal.
Porque no final tudo fica sempre bem, nem que o bem não seja como sempre desejamos.
A questão predominante agora é: qual será a origem dos Caçadores das Sombras?
Porque houve tanta história mal contada e são só mais 3 livros :)

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Orgulho de filha

Nada mais me alegra o coração que a minha mãe dizer:
"- És tão reles!"

É um sentimento de missão cumprida...

domingo, 7 de agosto de 2016

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Eu balo, tu bales, ela bale



Por si só a Aurea já me irrita só de abrir a boca, mas esta música é capaz de fazer brotar de mim demónios.
Eu venho da aldeia, nascida e criada, lá as ovelhas balem com muito mais ritmo, sentimento e menos capacidade de irritar alguém (eu).


quinta-feira, 4 de agosto de 2016

... happy ...



Batizado delas 31/07/2016

Porque como disse um dos padrinhos, não há nada melhor que estar entre família, porque muitas vezes família é mesmo isto: estar lá, sem julgamentos, sem obrigações.
Foi um dia dedicado a elas em que nós também usufruímos do amor e carinho de todos com a família que decidimos construir.
E temos que ser realistas, estávamos todos mesmo giros :)


terça-feira, 2 de agosto de 2016

Nota mental 328

A idade já começa a pesar e o cansaço do fim de semana foi tal que ontem não estavam em mim.
Não estava de tal maneira que hoje quando cheguei ao trabalho reparei que ontem ao tomar banho tinha vestido a roupa interior ao contrário...
Não a parte mais folgada para a frente, mas sim mesmo do avesso.
Tal não foi o choque descobrir que os elementos decorativos da roupa interior da parte de baixo estavam do lado de dentro.

Comecei o dia a despir-me no trabalho...