quinta-feira, 28 de julho de 2016

Mais do mesmo


Eu podia ter uma família normal, podia... mas isso implicava eu própria ser normal, o que é extremamente aborrecido.

Sem comentários: