segunda-feira, 4 de abril de 2016

Cruzamento de nacionalidades dá nisto

Na mesma pessoa uma doença de sangue mediterrânea e olhos verdes mais nórdicos.
Numa consulta de Naturopatia há uns anos já me tinham dito que eu era uma mistura muito rara, mas hoje tive a confirmação que raro nem sempre é bom.
Agora sei que afinal possuo uma beta-talassemia (malformação genética) que coaduna com uma silicose (incapacidade orgânica de absorção de um metal essencial à vida, o ferro).

Esperam-me visitas ainda mais regulares ao hospital por um prazo indeterminado...possível para o resto da vida.

Sem comentários: