terça-feira, 22 de março de 2016

03/2016



Nome: Para sempre, talvez
Autora: Cecelia Ahern
Pontuação: 5*

"Alex e Rosie atravessaram a infância e a adolescência juntos, sempre presentes na vida um do outro como melhores amigos. Mas, quando chega o momento de começarem a descobrir as alegrias das noites na cidade e das primeiras aventuras amorosas, o destino prega-lhes uma partida, a família de Alex muda-se da Irlanda para Boston, e Alex vai com ela, para sempre. Rosie não consegue imaginar a vida sem o companheiro de todas as horas e decide ir também para os Estados Unidos. Só que, uma vez mais, o destino intervém nas suas vidas, obrigando Rosie a permanecer na Irlanda. Mas poderão o tempo, a distância e o próprio destino ser mais fortes que um grande amor?" retirado de wook.pt


Para mim...
Hilariante, divertido, viciante. Não parei enquanto não acabei de ler. 
Uma apresentação gráfica completamente fora do normal, em que todo o livro é narrado por mensagens enviadas entre as personagens. 
Um romance que em muito se adapta à vida real e traz ao de cima pensamentos sobre o que nos realmente faz feliz. Passamos uma vida a correr atrás de centenas de objectivos quando o que nos bastaria para sermos feliz esteve sempre ao nosso lado e nunca tivemos a percepção disso.
Primeiro livro que li da autora que me obrigou de seguida a comprar a sua primeira grande obra: "P.S. - Eu amo-te".

De destacar que este livro foi lançado em filme com o título original de "Love Rosie" e em Portugal publicitado como "Deixa o amor entrar" que brevemente falarei.


Sem comentários: