quinta-feira, 31 de março de 2016

quarta-feira, 30 de março de 2016

Strange life

Uma volta de 360º na minha vida a todos os níveis, inclusive de saúde.
Em poucos meses tive que aprender o que era a serotonina e os efeitos da sua falta no organismo. E agora tomas este comprimido pequenino todos os dias à noite se não queres voltar a ter cefaleias hípnicas e voltar a encarnar o papel de exorcista e passar os dias a vomitar. 
Sim, porque o stress dá cabo da serotonina e pelos vistos estou exposta a imenso stress nas 24h do meu dia.

Agora ando a aprender o que é a ferritina e melhor, porque não a tenho. Será que há um comprimido rosa para isto?
Esperam-me mais 2 dias no hospital em que finalmente vou ter a certeza do veredicto: que tenho um sangue tão lindo e fofo como a pessoa onde ele corre nas veias.

terça-feira, 29 de março de 2016

Raivas internas

Eu a tentar pintar em tecido e ela:
"-Hello, hello, hello. How are you today?"

Porque raio começam a aprender inglês tão cedo?
Porquê?
É que as primeiras 20 vezes ainda se tolerava, mas dias seguidos começa a esgotar a paciência a qualquer santo.

segunda-feira, 28 de março de 2016

Méééeeee.....




100% algodão, com um lado em turco impermeável.
Fecho ajustável com velcro.
Prontinho e já no enxoval de um menino.

Porque ele de certeza vai dar muitas noite mal dormidas à mamã. (ahahha )

sexta-feira, 25 de março de 2016

quarta-feira, 23 de março de 2016

20h58, quarta-feira 23-03-2016

Eu nunca pensei vir a dizer isto, mas ser mãe fez-me redefenir as minhas atividades normais, e estou a ir para a Igreja.
Tudo porque tenho uma filha que é acólita e começo a desconfiar que ela gosta mais do padre do que de mim...

terça-feira, 22 de março de 2016

03/2016



Nome: Para sempre, talvez
Autora: Cecelia Ahern
Pontuação: 5*

"Alex e Rosie atravessaram a infância e a adolescência juntos, sempre presentes na vida um do outro como melhores amigos. Mas, quando chega o momento de começarem a descobrir as alegrias das noites na cidade e das primeiras aventuras amorosas, o destino prega-lhes uma partida, a família de Alex muda-se da Irlanda para Boston, e Alex vai com ela, para sempre. Rosie não consegue imaginar a vida sem o companheiro de todas as horas e decide ir também para os Estados Unidos. Só que, uma vez mais, o destino intervém nas suas vidas, obrigando Rosie a permanecer na Irlanda. Mas poderão o tempo, a distância e o próprio destino ser mais fortes que um grande amor?" retirado de wook.pt


Para mim...
Hilariante, divertido, viciante. Não parei enquanto não acabei de ler. 
Uma apresentação gráfica completamente fora do normal, em que todo o livro é narrado por mensagens enviadas entre as personagens. 
Um romance que em muito se adapta à vida real e traz ao de cima pensamentos sobre o que nos realmente faz feliz. Passamos uma vida a correr atrás de centenas de objectivos quando o que nos bastaria para sermos feliz esteve sempre ao nosso lado e nunca tivemos a percepção disso.
Primeiro livro que li da autora que me obrigou de seguida a comprar a sua primeira grande obra: "P.S. - Eu amo-te".

De destacar que este livro foi lançado em filme com o título original de "Love Rosie" e em Portugal publicitado como "Deixa o amor entrar" que brevemente falarei.


domingo, 20 de março de 2016

Domingo branco

E fomos à neve...













Serra da Estrela 13/03/2016

E fica para sempre marcado que a neve molha e é fria, eu comi a primeira neve que apanhei (há fotos a confirmar o facto), a Torre continua a não ter nada de fascinante, almoçamos num restaurante medieval de mesas corridas e a Joana já faz os moços engraçar com ela, a Beatriz não dormiu e partiu o trenó, a minha mãe perdi a conta às vezes que se afundou na neve (a idade começa a pesar).
Voltar? Sim! E investir em mais 4 trenós porque só 1 deu direito a zaragata.

sábado, 19 de março de 2016

Festas e baldrocas

Depois da nossa atividade religiosa semanal fomos marcar lugar no aniversário de um bebé bem fofinho e de saída roubamos parte da decoração.



Isto tudo porque como perguntava a Joana:
"-Então e as gajas? Onde estão"

sexta-feira, 18 de março de 2016

Update

Sexta-feira , 20:43

Foi uma semana do "camandro"!
Espero ter poucas como esta ou tenho um colapso cardíaco em tenra idade...

sábado, 12 de março de 2016

Juju, a nadadora


Piscinas Municipais de Caldas da Rainha

2 provas, 2 primeiros lugares
Nós passamos uma tarde diferente e ela ganhou mais uns quilos de auto-estima.
Literalmente veio para casa a rebolar-se de contente.

sexta-feira, 11 de março de 2016

My new baby


Sou mulher de poucos requisitos no que toca a telemóveis.
Desta só tinha 3: RAM, resistência a água e quedas.
Nem as 24h tinha feito nas minhas mãos e já tinha o test-drive feito: queda com direito a chuto e deslizamento de aproximadamente 2m.


quinta-feira, 10 de março de 2016

Uma história "suficiente"

Ela chega a casa num corropio.
-"Mãe, tenho uma coisa para te contar e outra para te dar. Qual primeiro?
- O que é que me tens para contar?
- É sobre o teste de matemática...
- Tiveste satisfaz?
Vira-se para o pai.
- O que é satisfaz?
Resposta do pai.
- É suficiente.
Vira-se para mim.
- Isso, tive suficiente.
Sermão do pai.
- Mas Joana, suficiente não vai compensar período e meio de insuficientes?
Ela pouco se ralando de tão contente.
- Que se lixe, é suficiente!"


Moral da história: a noção de "suficiente" é muito subjectiva.

terça-feira, 8 de março de 2016

Dia Internacional da Mulher

Quando se desvirtua totalmente o verdadeiro significado do dia comemorando com jantares, línguas afiadas e copos de 3, morreram 150 mulheres queimadas vivas somente porque fizeram greve no seu local de trabalho.
Hoje celebra-se a nossa emancipação e o lento conquistar do nosso espaço nesta sociedade.

segunda-feira, 7 de março de 2016

Preparativos

Enquanto a família cresce, a nossa é oficialmente uma família, os dias passam e os projetos acumulam-se.
Cá em casa começamos, finalmente, os preparativos para o batizado delas e muito resumidamente:
- uma não faz a mínima do que se passa;
- outra bate o pé que quer levar um vestido preto todo fashion;
- eu embeicei num vestido todo cheio de borboletas;
- ele já convidou toda a gente;
- os convites vão ser tão rendados que vão roçar o piroso.

E a pérola da Joana: "Ó mãe, água benta na cabeça da Beatriz não vai chegar, é melhor levarem um copo para ela beber uns golos."

domingo, 6 de março de 2016

New baby boy





O primeiro menino na família merece mimos extra porque vai precisar de muita paciência para aturar tanta gaja.
Assim lá pintei um muda-fralda com um estendal de roupinha fofa.

sexta-feira, 4 de março de 2016

Acabou


16 de Fevereiro de 2016

1 ano, 8 meses e 11 dias
Finalmente tudo acabou!

Há momentos que devem ser celebrados e todos nós temos os nossos.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Filmografia

2 dias 2 filmes

Algo mudou e entrei numa onda de filmes românticos.


Título: Uma vida ao teu lado
Ano: 2015
Género: drama / romance
Duração: 2h08 min.
Realização: 
George Tillman Jr.
IntérpretesScott EastwoodBritt RobertsonAlan Alda 
Ratings: 7.1/10

"A história de amor entre Luke, um antigo campeão de Rodeio desejoso de voltar à arena, e Sophia, uma estudante universitária que está prestes a embarcar num emprego de sonho no mundo das artes em Nova Iorque. Com caminhos e ideais opostos a testar a sua relação, Sophia e Luke cruzam-se inesperadamente com Ira, cujas memórias e o seu próprio romance de longa data com a já falecida mulher vão inspirar profundamente o jovem casal." retirado de mag.sapo.pt

Para mim...
Simplesmente delicioso. Tanto que estou em pulgas para ler o livro.
Uma história de amor em que dois caminhos totalmente diferentes e que nada tinham para dar certo simplesmente se confluem e continuam juntos, lado a lado.
Paralelamente a história de amor até à morte de Ira e a sua esposa Ruth.
Um filme decididamente a rever.





Título: Dei-te o melhor de mim
Ano: 2014
Género: drama / música
Duração: 1h58 min.
Realização: 
Michael Hoffman
Intérpretes: James MarsdenMichelle MonaghanLuke Bracey
Ratings: 6.6/10


"O aclamado romance de Nicholas Sparks conta a história emocionante de Amanda e Dawnson, dois adolescentes envolvidos na mágica experiência do primeiro amor. Sob pressões familiares e sociais, são obrigados a seguir vidas distintas. Anos mais tarde reencontram-se e constatam que o amor de outrora se mantém intacto." mag.sapo.pt

Para mim...
Outra película baseada num livro do Nicholas sobre amores separados e o seu reencontro muitos anos mais tarde.
Uma história que não me fascinou, talvez pelo seu desfecho...só mesmo na última cena do filme percebi o título.
Faltou qualquer coisa, a magia, uns pozinhos de fada.

terça-feira, 1 de março de 2016

Estás todo "miauuu"




O meu último trabalho foi uma remessa de babetes com turco impermeável, tecido de algodão, ajustáveis com velcro e um lacinho.
Tudo porque as verdadeiras estrelas merecem prendas "top".

Brevemente disponíveis na Loja Online.