quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Assim se estraga um reputação

Assim se foram 15 anos de uma excelente reputação como condutora paciente, respeitadora e calma.
Demorei uns minutos a dar com o sítio onde era o apito da viatura mas depois não larguei mais, abri o vidro e proferi umas obscenidades ao homem que conduzia a viatura que causou o meu transtorno.
Há pessoas que a carta de condução ou foi adquirida no mercado negro ou calhou nas caixas do Nestum...

Sem comentários: