sábado, 12 de julho de 2014

Inspira, expira

- Mãe olha uma "vruleta"!
- Bor-bo-le-ta!
- "Vru-le-ta".
- BOR-BO-LE-TA...
(20 minutos depois e várias tentativas)
- Vá diz agora: borboleta!
- "Vruleta"!
- Desisto!
A Gabriela abandona a divisão a protestar:
- Haviam de te nascer eram duas "vruletas" na cabeça a ver se gostavas!

2 comentários:

Rosa Santos disse...

:)Terapia da fala com ela.

Ana Rita Henriques de Sousa disse...

Este post só me faz lembrar aquele video do " zezuz é o jardineiro e às arveres somos nozes". :P

Beijocas roxas!
www.portanumero5.blogspot.com