segunda-feira, 30 de junho de 2014

Pedagogia

Um dia inteiro a ouvir isto:
Joana:  "- Mãe! A Bia não me deixa em paz, está-me sempre a lamber!"
Deixo o que estou a fazer, desloco-me até ao pé da criatura em causa e lambo-a da ponta do queixo até ao cimo da testa... com bastante baba.
Vejo-a passar de vermelho a roxo, passando por azul e acabando numa cor meio esverdeada de raiva.
Eu: "- Então Bia gostaste?"
Ela acena a cabeça a dar sinal que não.
Eu: "- Então não faças mais à tua irmã, por amor de Deus!"

Soube depois pela minha informadora que ela se esteve a esfregar toda na casa de banho com sabonete líquido. Afinal baba de mãe é asquerosa!

sábado, 28 de junho de 2014

Batismo "acidento-automobilistico"

Em 15 anos desde que tirei a carta de condução nunca tive um único acidente... até ao incidente de ontem.

Se eu disser que atropelei um velhinho não vou estar a usar o termo correcto, posso sempre dizer que fui abalroada por um peão que era um velhinho.
Literalmente ia eu mais as miúdas de carro na viagem para casa quando apareceu um velhinho a correr vindo do nada a meio da estrada e me mandou uma "sarda" no carro.

Ponto positivo: soprei pela primeira vez no balão.
Ponto negativo: tive que ligar ao meu pai e dizer-lhe que o carro que me emprestou está todo amassado de um lado.

Quanto ao velhinho, aqui vão as palavras da minha filha mais velha: "Se o filho do velho não pagar o arranjo leva uma coça!"

Eu por acaso já aqui tinha dito que adoro as minhas filhas!


quinta-feira, 26 de junho de 2014

De ressalvar

Percebemos que vivemos rodeados de pessoas fantásticas quando um colega (homem) nos pede para comprarmos canetas da Hello Kitty porque lhe dão sorte nos negócios com os clientes.

Que fazer quando não conseguimos encontrar nenhuma à venda?


terça-feira, 24 de junho de 2014

7/2014


Nome: Guia para um Final Feliz
Autora: Matthew Quick
Pontuação: 5*

"Pat Peoples está de regresso ao mundo da normalidade da vida familiar em casa de seus pais após ter permanecido numa instituição psiquiátrica devido a um traumatismo grave. Da memória deste fervoroso adepto dos Eagles de Philadelphia desapareceu uma participação do clube no Super Bowl e a demolição do antigo estádio. Ninguém, lá em casa, lhe fala de Nikki, a sua mulher, e até o seu novo terapeuta parece incitá-lo ao adultério. Tudo assume um aspeto cada vez mais estranho. Como a pouco e pouco se vai revelando, anos da sua vida tinham-se pura e simplesmente apagado. Apesar disso, Pat não se deixa desviar daquela que acredita ser a missão de autoaperfeiçoamento. Guia para Um Final Feliz é uma narrativa vibrante e intensa que nos oferece uma visão refrescante sobre sentimentos de perda, depressão e amor." (em wook.pt)


Depois do filme veio-me ter às mãos o livro.
Repleto de sentimentos tão contraditórios que nos abundam no dia a dia, vontades que reprimimos para seguir uma conduta e moral que a sociedade nos impõe, este livro é uma lufada de ar fresco para um olhar do lado de cá sobre a depressão, problemas mentais, perder alguém e o amor.
Porque todos nós devíamos era viver o filme da nossa vida e lutar pelo nosso final feliz! 



Nota mental...
Alguém há umas boas semanas atrás dizia-me "quando fores mãe a tua vida vai mudar completamente, vais deixar de ter tempo para ler e veres tantos filmes."
Continuo ainda a não perceber :)

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Como aborrecer criancinhas - Parte II

Joana: "Ó mãe, depois no Natal tens que deixar um copo de leite e um pratinho com bolachas ao Pai Natal!"
Eu:"- O quê? Alimentar esse gordo? Já me basta o Passos Coelho. Bem podes esperar sentada que o Pai Natal te dê qualquer coisa... se não for eu e o pai a única coisa que recebes é uma pinha."

Assim comecei eu a destruir o sonho de que o Pai Natal existe.
Elas que nunca me tentem vir com a conversa da Fada dos Dentes...

domingo, 22 de junho de 2014

Domingo por casa


------    Bolo de banana



------    Puzzles das Princesas


E eu?
Passei a tarde esticada no sofá a rever os filmes do Harry Potter, para interiorizar que tudo volta à sua normalidade depois de uns tempos muito atribulados.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Filmografia



Trailler aqui.


Título: A Gaiola Dourada
Ano: 2013
Género: Comédia
Duração: 90 min.
Realização: 
Ruben Alves
Intérpretes:  Rita BlancoJoaquim de AlmeidaRoland Giraud |
Ratings : 7.5/10

Maria e José Ribeiro são um casal de portugueses emigrados em França há mais de três décadas. Ela sempre trabalhou como porteira de um prédio num dos melhores bairros parisienses e ele na construção civil. Todos gostam deles, quer pela sua simpatia e humildade, quer pela sua incansável boa vontade para ajudar quem precisa. Quando recebem a notícia de uma herança em Portugal que lhes concretiza o velho sonho do regresso às raízes, tudo parece perfeito. Porém, a verdade é que ninguém está muito interessado em perder a sua amizade e, subtilmente, uns e outros começam a organizar-se de maneira a fazê-los mudar de ideias. 
Uma comédia de costumes com realização de Ruben Alves, que conta com a participação de Rita Blanco, Joaquim de Almeida, Chantal Lauby e Roland Giraud, entre outros. (retirado do Público)


Para mim... (3 estrelas)
Luso-descendentes tinham-me dito "Não vais perceber o filme!" mas eu não quis crer, a verdade é que não achei piada nenhuma porque não percebi...
Foi a primeira vez que me senti info-excluída!


" "

Título: Bling Ring: O gangue de Hollywood
Ano: 2013
Género: Biografia / Crime / Drama
Duração: 90 min.
Realização: 
Sofia Coppola
Intérpretes:   Katie ChangIsrael BroussardEmma Watson
Ratings : 5.7/10


"Em Los Angeles, num mundo obcecado pela fama, um grupo de adolescentes descobre a casa de algumas celebridades e rouba mais de três milhões de dólares em bens de luxo.
Na lista de vítimas constam os nomes de Paris Hilton, Orlando Bloom e Rachel Bilson. O gangue tornou-se conhecido pelos média como "The Bling Ring".
Baseado num caso verídico e realizado por Sofia Coppola " (retirado de filmspot)


Para mim... (4 estrelas)
Esbarramos com ele um dia em que fazíamos zapping e acabámos por ver.
Um relato interessante de uma daquelas histórias fantásticas que só acontecem na América e que nos faz pensar em o quanto a fama e os média influenciam os jovens.
Uma excelente produção e soundtrack.
A rever sem dúvida.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Como aborrecer criancinhas - Parte I

Agora que tenho a oportunidade de testar grandes teorias nas minhas miúdas, já recolhi umas quantas pérolas que as tiram do sério.

"-Sabes o que vais receber nos teus anos se te portares mal?
- Não mãe, o quê? ( umas trombas devido à afirmação que ela se porta mal)
- Um saco de cocós de gato... com um lacinho!"

Imperdível!

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Nhhham...

Acho que hoje à noite vou fazer uma fornada destes.


Pães com chouriço caseirinhos e super simples de fazer.
Receita partilha-se aos interessados!

domingo, 15 de junho de 2014

5 e 6/2014

Em linha com o plano, estes foram 2 livros em 1 semana.

Nome: Um homem com sorte
Autora: Nicholas Sparks
Pontuação: 5*


"Logan Thibault sempre foi um homem que em tudo se pode considerar comum. No entanto a sua vida estava prestes a mudar… A combater no Iraque, Thibault encontra a fotografia de uma mulher nas areias do deserto, e apanha-a pensando que alguém acabará por a reclamar. Mas ninguém aparece e, apesar de rejeitar a ideia, a fotografia passa a ser encarada como um talismã da sorte que faz com que Thibault sobreviva, sem ferimentos graves, a situações de indescritível perigo. De regresso aos EUA, o militar não consegue esquecer a mulher da fotografia decidindo procurá-la pelo país. Mas assim que a encontra a sua vida toma um rumo inesperado e o segredo que Thibault guarda pode custar-lhe tudo aquilo que lhe é querido. Uma história apaixonante sobre a força avassaladora do destino. em wook.pt


Confesso que foi o primeiro livro que li deste autor tão afamado pelo mundo inteiro, único motivo: adorei o filme.
Acabei por amar o livro.




Nome: Silêncio
Autora: Becca Fitzpatrick
Pontuação: 3*

"Nora Grey não consegue lembrar-se do que se passou nos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar num cemitério e descobrir que esteve desaparecida durante semanas - sem ninguém saber onde ou com quem estava - tenta tomar o pulso à própria vida. Regressa às aulas, passeia com a melhor amiga Vee e tenta evitar ao máximo o novo namorado da mãe.
Mas há uma voz que lhe ecoa na mente, uma ideia que quase consegue tocar e sentir. Visões de asas de anjo e criaturas sobrenaturais que nada têm que ver com o mundo que conhece.
E não consegue deixar de se sentir perdida e... incompleta.
Então, Nora cruza o caminho de um desconhecido muito sensual com quem partilha uma ligação estranha e muito forte. Ele parece conhecer todas as respostas... e o coração dela. Cada minuto que passa com ele torna-se cada vez mais intenso até que ela se apercebe de que pode estar a apaixonar-se. Novamente." em wook.pt


O 3.º volume da saga "Hush, Hush", apesar de ter gostado mais do 1.º livro fixei o objectivo de ler toda a saga até ao fim.
Pode ser que o próximo e último me supreenda novamente!

sábado, 14 de junho de 2014

Situação ao fim de uma semana de "família"

Hoje finalmente consegui acertar numa refeição que elas comessem sem fazer filmes.
Adormeceram empanturradas de pipocas e o rabo cheio de piscina.
Agora já sei quem é a Doutora Brinquedos e mais umas quantos bonecadas.
Elas não gostam da roupa que visto (sorte que sou uma mulher de convições).
Hoje antes de jantar pai e filhas cantavam o hino do Benfica... estamos a começar com o pé esquerdo!
Amanhã vamos à praia...

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Procura-se

Procura-se Sony Xperia Go branco com uma capa muito "gay" cor de rosa, que foi para o arranjo à mais de 1 mês e nunca mais deu sinais de vida.

Volta estás perdoado e tenho muitas saudades tuas!!

terça-feira, 10 de junho de 2014

segunda-feira, 9 de junho de 2014

[ :) ]

Ok, podia ser mais fácil.
Acordar antes das 7h, passar o dia a ouvir "mãe" em altos berros, viver entre leggings, vestido e tops, tresandar a perfume, trazer a mala cheia de elásticos para o cabelo cor de rosa e ter que sair à rua com as princesas de malinha de Hello Kitty...
Confesso que está a custar a adaptação!

Será que um dia chego a casa e elas me meteram as calças de ganga e as sapatilhas no lixo?


domingo, 8 de junho de 2014

Nós mudamos e a vida muda

Tanto tempo ausente e tanto por contar.
Mas um tanto que se resume em tão pouco: somos pais.


Agora a nossa vida é uma Beatriz e uma Joana.