terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Ossos do ofício

As pessoas deixam cair nos poços dos elevadores as coisas mais fascinantes.
Ele é desde varões (de cortinados disse a senhora), dinheiro, cheques, portáteis... dentaduras.

Espero ansiosamente o dia em que ainda trabalhe no ramo e alguém ligue a pedir para ir tirar um cão ou o filho mais novo!

Sem comentários: