segunda-feira, 30 de setembro de 2013

I'm back?

Sinceramente andei lampejante nestes últimos dias.
Completamente afastada de tudo e de todos, passei 2 semanas em casa com tempo demais para pensar no que cá dentro muda a cada dia que passa.
Este meu canto andou periclitante, de um lado o que me tem feito afastar-me dele e do outro o que me liga... um fio prateado viscoso, humano ou simplesmente vivo que o tornou uma parte de mim.
Decidi que apesar de tudo o que muda/eu mudo, vou por aqui continuar.
E que por mais que se sintam felizes por acharem que doente, incapacitada, debilitada eu serei menos feliz?
Que frase passo eu a vida a repetir?
Tudo na vida depende da perspectiva com que olharmos para ela...
15 dias em casa doente, começando com uma alergia que nada fazia efeito até uma ida ao hospital com uma costela que se deslocou sem a minha autorização e me mandou para casa com uma "nevralgia intracostal" (eu até tive que anotar de tão lindo que o nome era).
No final?
Foram das melhores férias que tive para descansar, nunca me senti tão calma e cheia de vontade de abraçar um trabalho que adoro.



Talvez mais uma prova que o que não nos mata nos torna mais fortes.


2 comentários:

Nobre Sandra disse...

É esse o espírito!

Gabriela... disse...

Esse tem que ser sempre o espírito...