quarta-feira, 10 de julho de 2013

Filmografia




Título: Velocidade Furiosa 6
Ano: 2013
Género: Suspense / Crime / Ação
Duração: 88 min.
Realização: 
Justin Lin
Intérpretes: 
 Vin DieselPaul WalkerDwayne Johnson 
Ratings : 7.5/10




Após o último golpe no Brasil, que lhes rendeu 100 milhões de dólares, Dominic Toretto e o seu grupo de corredores estão dispersos pelo mundo sob identidades secretas, sempre atentos aos movimentos das autoridades. É então que Dom, ainda a viver no Rio de Janeiro, é abordado pelo agente Hobbs , que dedicou os últimos meses a perseguir um grupo internacional de mercenários dedicado à violência e extorsão, cujos métodos de condução os têm tornado exímios na arte da fuga. A única forma de deter os criminosos é vencê-los nas ruas. Para isso, o agente investe numa última jogada: desafiar Dom a reunir a sua equipa e a juntar-se a ele. Em troca, ser-lhes-á concedido o perdão total pelos seus crimes e a oportunidade de um recomeço nos EUA, sem cadastro. 
Realizado por Justin Lin segundo o argumento de Chris Morgan, este é o sexto filme da saga "Velocidade Furiosa", dedicada aos adeptos do "tuning" e do "drift racing", uma sucessão de acelerações com o conta-rotações no limite, travagens bruscas e derrapagens controladas. PÚBLICO



Para mim...
Muitas vezes oiço dizer que uma verdadeira sessão de cinema só tem o verdadeiro calor numa sala de cinema com as pipocas e a coca-cola e um monte de gente barulhenta.
Ora estas pessoas nunca tiveram a oportunidade de ver um filme comigo e com o Hugo, nós tornámos qualquer filme numa verdadeira aventura.
Este então, graças a Deus, que vimos os dois sozinhos porque foi muito atribulado... tudo o que meta carros e motas velozes mexe-nos com o sistema nervoso!
Juntamos-lhe o Vin Diesel (somos fanáticos fãs das Crónicas de Riddick) e a Michelle Rodriguez e este 6.º filme não ficou atrás de nenhum um dos anteriores e foi muito melhor.
E a aparição do Statham nas cenas já depois de terem passado parte dos créditos do filme fez com que o delírio se instala-se e houvessem gritos!


Sem comentários: