sexta-feira, 3 de maio de 2013

Vendedores de porta a porta

Tanto dia em que me apetecia ter o privilégio da companhia desses simpáticos seres que me tentam impingir, quase sempre, MEO e logo hoje que acordei a vomitar as tripas e a ver o mundo mais balançado que o mar em dia de tempestade é que eles tinham que aparecer.

A conversa básicamente foi assim:
Eles - Blá, blá, blá...
Eu - NÃO!
Eles - Blá, blá, blá
Eu - NÃO!

Eles - Blá, blá, blá...
Eu - NÃO!
Eles - Blá, blá, blá
Eu - NÃO!

Eles - Blá, blá, blá...
Eu - NÃO!
Eles - Blá, blá, blá
Eu - NÃO!

Mas quase de certinha que o que os meus gatos ouviram foi isto:

Eles - Blá, blá, blá....... wiskas saquetas!





Gabriela

1 comentário:

Cartas a Si disse...

Esses coitados não têm muita sorte comigo, é o tempo de dizerem bom dia e adeus.