sexta-feira, 31 de maio de 2013

:)


Sempre disse que a melhor companhia que posso ter sou eu própria.
Sou gira, divertida, sei quando devo falar ou estar calada e acima de tudo ninguém me respeita mais que eu.

Gabriela

quinta-feira, 30 de maio de 2013

[[PKP para esta m****]]

eu - "Olha esta merda assim não dá!"
ele - "Mas que foi?"
eu - "Tenho outro furo no carro?"
ele - "O quê? Mas como é que tu fazes isso?"
eu - "F***-se! Pkp para esta m**** toda!"

Ora 2 furos no carro seguidos é coisa de se desconfiar que me anda alguém a furar os ditos.
Para essa pessoa só tenho uma coisa a dizer: o carro é do marido e se eu estou aborrecida reza para ele nunca descubra quem és.

Gabriela

quarta-feira, 29 de maio de 2013

"Sempre" - 6/2013

Completamente arrebatada é o que posso descrever quando a esta coleção...



Peeta e Katniss contra todas as expectativas voltam para a arena juntamente com outros tributos vencedores: o Quarteirão.
A rebelião ganha força e militantes em segredo num Distrito à muito dado como destruído e eles são um rosto de uma guerra que nunca esteve nos seus planos.

O jogo audaz dos amantes condenados do Distrito 12 ganha contornos mais profundos quando todos percebem o quanto Katniss ama Peeta mas ela própria não o admite.

"-Katniss, o Distrito 12 já não existe."

Pela primeira vez fiz algo que passo a vida a condenar a minha mãe por fazer... ler o final de um livro.
Mas confesso que após ter terminado o 2.º volume desta saga não aguentava mais e queria saber como terminaria.
Ainda não acabei de ler o 3.º e último e já tenho vontade de começar tudo de novo.
São livros assim que me fazem sentir o quanto gosto de ler!

terça-feira, 28 de maio de 2013

A minha vida dava um romance

Fui notificada para prestar depoimento num processo que não faço ideia quem me indicou nem o porquê, num tribunal que posso dizer que é no "cú de Judas".
Ligo para o Tribunal para tentar alterar o local de depoimento para a minha área de residência, diz-me a senhora muito educadamente:
-"Terá que efetuar esse pedido junto do mandatário!"
Ao que eu educadamente respondo:
-"Não faço ideia quem é..."
Risos do outro lado.

Agora digam-me lá se a minha vida não é um sofrimento?


Gabriela

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Música à segunda

Um dia que nos faz ver que o amanhã é um dia melhor.
Um dia que nos faz questionar o que acreditamos, o que defendemos e se realmente queremos.
Um dia que nos faz acreditar fervorosamente que "Deus escreve direito por linhas tortas"...






Gabriela

Miss me?


Consegui desaparecer uns 4 dias...

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Música de segunda a uma quarta

Começo a achar que às quartas existe um sentimento melhor que me inunda o coração e quase me afoga em golfadas quentes e arrepiantes.
Uma interpretação do meu horóscopo diz que estou a atravessar uma fase, que está quase a finalizar, de preparação para algo grandioso que está para vir.
Estou a simplificar, dismistificar, produzir, livrar-me de tudo e todos que não interessam na minha vida... poderei isolar-me mais do que devia.
Mas o Todo é uma necessidade.
E existem tanta borboleta a voar neste coração... tantas sobre as quais não posso, nem consigo falar.


Esta é a minha música de segunda a uma quarta!

terça-feira, 21 de maio de 2013

Diz-me com quem vives...

Existem momentos da nossa vida que nos obrigam a reflitar sobre como a levamos, apalpamos a pulsação e sentimos o quão forte ou não está a ser.
Recentemente tive a confirmação que rejo a minha vida a pulso de ferro. 
E como pude absorver essa constatação?
Quando o meu marido me vem sondar, com palavras doces, se pode comer o resto do jantar que está na panela...

E dizem que o Salazar era um ditador e tal, é porque ainda não me conheceram!

Deve ser por isso que adorei especialmente o filme da "Dama de Ferro"...

segunda-feira, 20 de maio de 2013

[no silêncio a alma consome-me)


"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."

Fernando Pessoa


Quando  Pessoa descreve tudo o que sinto...

sábado, 18 de maio de 2013

E que a sorte esteja sempre convosco - 5/2013

Mal eu atualizei a lista dos livros que trago em mãos que acabei logo um deles.
Confesso o meu mais recente vício que me está a prender do início ao fim: The Hunger Games!


O primeiro livro já voltou para a prateleira e o  segundo já está começado.
Adorei o filme e agora é impossível desassociar as personagens de Katniss e Petta do grande ecrãn.

Quanto aos livros uma decisão grande foi tomada este mês e cancelei a minha inscrição como associada do Circulo de Leitores, uma relação que durava há mais de 9 anos.
A crise leva-nos a ver o outro lado e muitas vezes o outro lado é um melhor lado, com muitos aspetos mais positivos de que pensávamos.
Fiz as minhas primeiras compras pelo OLX de livros usados, fiquei maravilhada com o bom estado dos livros e o preço irrisório e passei a aproveitar promoções e descontos das grandes superfícies.
Confesso que nunca tinha comprado tantos livros!

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Filmografia




Título: A invenção de Hugo
Ano: 2011
Género: Aventura / Drama / Família
Duração: 126 min.
Realização: 
Martin Scorsese
Intérpretes: 
Ben KingsleyAsa ButterfieldChloë Grace Moretz
Ratings : 7.6/10


"A história de um órfão que vive em segredo nas paredes de uma estação de comboios de Paris. Com a ajuda de uma rapariga excêntrica, ele procura a resposta para uma misteriosa ligação entre o pai que perdeu recentemente, o mal-humorado dono da loja de brinquedos que vive por baixo dele e uma fechadura em forma de coração, aparentemente, sem chave." retirado de www.cinema.sapo.pt

Para mim...
Não foi especialmente um filme que tivesse gostado, fiquei um tanto ou quanto desiludida.
Faltou-lhe a emoção...

Gabriela

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Missão: encher o porco - Ano 1

Correu muito mal!
O objetivo continua o mesmo: encher o porco com moedas de 1€...

Mas depois do assalto de 40 moedas o porco nunca mais recuperou, está magrinho e doente (como podem ver pelos pensos rápidos que ostenta).
A ameaça interior de que as moedas estão contadas não assusta aqui o gajo e desconfio que o porco continua a ser estripado vivo.

Gabriela

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Dizem por aí

Hoje é o Dia da Família.
Engraçado que depois de muito pensar cheguei à conclusão que não tenho nenhuma foto da MINHA FAMÍLIA toda junta, uma lacuna que terá que ser resolvida.
A minha família do dia a dia limita-se a uma só pessoa e verdade seja dita que somos uma família à maneira.


dezembro/2010




Gabriela

Rescaldo

O primeiro em muitos aniversários que fui trabalhar, não é hábito, mas de vez em quando temos que quebrar a tradição e foi mais ou menos assim:


 um bolo para três;
 um tripé para a máquina nova;
 os 4 primeiros livros do Harry Potter;
 coleção completa dos Hunger Games;
 trem novo de cozinha;
 umas havaianas;
 um jantar italiano;
 uma noite a ler e o gajo a jogar playstation....

Infelizmente ninguém me deu a felicidade de passar um dia na companhia deste menino, as pessoas nunca sabem o que eu gosto.
Felizmente contiveram-se aos beijos e abraços e eu agradeci por isso!

A todas as pessoas que me deram os parabéns aqui vai uma música de agradecimento


Mas houve quem pergunta-se: "Então Gabriela, e o porco?"
Amanhã nova reportagem sobre "O porco".


Gabriela



terça-feira, 14 de maio de 2013

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Música à segunda...

Porque nestes últimos dias admiti que estou a passar pela primeira crise de auto-confiança da minha vida, a música não poderia ser outra...



Isto também é uma preparação para o dia de amanhã: abraços e beijinhos. Arrggghhhh!



Gabriela

sábado, 11 de maio de 2013

Filmografia

Como já repararam não estou a falar nem de metade dos filmes que aparecem na lista aí da lateral, tenho vindo a selecionar só os que gostava de falar e este apesar de não ser considerado propriamente um filme eu adorei.





Título: O livro que mudou o mundo
Ano: 2011
Género: DocumentárioDrama / comédia
Duração: 90 min.
Realização: 
Norman Stone
Intérpretes: 
James BrycePaola DionisottiJohn Gillespie
Ratings : 5.6/10



"O documentário “BKJ: O Livro que Mudou o Mundo” é apresentado pelo premiado actor John Rhys-Davies (O Senhor dos Anéis, Indiana Jones e A última Cruzada), o qual diz: "Esta história é acerca de um livro. Um livro que mesmo que nunca o tenha lido, tem influência sobre a sua vida. Na verdade, as suas figuras, a sua linguagem e a sua influência tem tocado todo o mundo nos últimos 400 anos. E ele também é considerado a Palavra viva de Deus". Por meio deste documentário aprenderemos mais a respeito de um livro que sintetiza respostas para muitas questões existentes.

Em “BKJ: O Livro que Mudou o Mundo” teremos a real noção da importância deste livro que deu origem a uma maior e elucidativa visão a respeito das Escrituras.
Aproveite e conheça mais deste monumento histórico da humanidade e celebre conjuntamente os 400 anos da Bíblia King James conhecendo mais da sua história." retirado de www.nucleo.com


Para mim...
Por incrível que possam achar eu adoro documentários, tudo o que seja vida extraterrestre, Egipto, múmias (com paixão especial por Tutankamon) e mais 1001 variados assuntos, até carros.
O tema religião também desperta a minha curiosidade e ainda mais quando nos remetem para épocas como a que nos é mostrada no filme Anónimo e que já aqui falei há bem mais de 1 ano.
A Biblia King James faz parte das nossas vidas mesmo que não tenhamos qualquer noção disso.
Este documentário fez-me olhar para grande parte do que nos rodeia e que nos foi incutido pela  religião Católica.


Gabriela

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Cliente? Vá o diabo entendê-los

Sempre lidei com clientes e acho que estou fadada para lidar com eles o resto da vida.
Apesar de muito os conhecer eles conseguem sempre surpreender-me.
Quando fazemos o nosso trabalho tal e qual o vendemos reclamam que tem pouca qualidade, que está caro, que querem desconto... se fazemos mais que o esperado e não cobramos nem mais um cêntimo:
-"Opá não era preciso tanto!"



Aplica-se o velho ditado "preso por ter cão e preso por não ter".


Gabriela

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Dica: rentabilizar

Muito hoje em dia podemos ler sobre poupança, produtos naturais que podemos improvisar e obter os mesmos resultados do que com produtos industriais e 1001 outras ideias de como podemos alterar nos nossos hábitos e tornarmos-nos mais naturais e poupar uns trocos.
Sempre fui atenta as estas dicas e agora mais que nunca estou a aproveitar ao máximo tudo o que aparece de modo a poupar nestes momentos mais difíceis em que a palavra crise faz parte do nosso vocabulário de todos os dias.
Aqui vai um dos truques que uso cá em casa.

Uma amiga deu-me dois frascos de leite corporal da Yves Rocher que eu acho ser muito líquido para o tipo de embalagem em que se apresenta, acabando sempre por desperdiçar parte.
Aproveitando um frasco de outro leite já terminado da Botegga Verde (da qual sou cliente e fã incondicional), bem lavadinho para retirar qualquer vestígio de perfume do creme anterior e despejo para lá o do frasco. Vou enchendo sempre que precisar já que os frascos da Yves Rocher são bem grandinhos.


Rentabilizo muito o creme e dura muito mais do que era previsto.
Depois do banho é o meu momento "me, myself and me"!

quarta-feira, 8 de maio de 2013

terça-feira, 7 de maio de 2013

Filmografia



Título: Magic Mike
Ano: 2012
Género: Drama / comédia
Duração: 110 min.
Realização: 
Steven Soderbergh
Intérpretes:  
 Matthew McConaugheyChanning TatumOlivia Munn 
Ratings :  6.1/10


"Mike (Channing Tatum) é um homem bonito, atlético e carismático. Ambicioso por natureza, decide ganhar dinheiro através dos seus dotes físicos transformando-se em Magic Mike, o mais requisitado stripper do Clube Xquisite, pertencente a Dallas (Matthew McConaughey), seu amigo e mentor. Porém, o que ali lhe interessa é essencialmente o dinheiro com o qual tenciona dar largas à vocação: design de mobiliário. Até que conhece Brooke (Cody Horn), a irmã de Adam (Alex Pettyfer), e percebe que a sua carreira como bailarino chegou ao fim e que este é o momento de passar o seu legado a alguém mais jovem que, tal como ele no passado, esteja interessado em mulheres e dinheiro fácil...
Um filme inspirado no passado do actor Channing Tatum e do seu caminho mais ou menos conturbado até à fama sob o ponto de vista do aclamado realizador Steven Soderbergh ("Erin Brockovich", "Ocean's Eleven", "Confissões de Uma Namorada de Serviço")" retirado de 
http://cinecartaz.publico.pt

Para mim...
O que eu posso dizer do Magic Mike, bem pouca coisa, acho que a foto de cartaz diz tudo!
Honestamente nunca fui fã de strip masculino até ter visto este filme que abriu todo um horizonte para a sensualidade e vigor masculino.
A minha amiga vizinha aliás deixou bem explícito que este filme deu-lhe grandes ideias de um futuro negócio num ramo que pouco tem sido explorado. De dia seria costureira, à noite "manager" de um clube como o de Tampa, com homens bons em todos os aspectos e muito glamour.
Channing tem um dom que eu não sei descrever, um filme que me fez apoiar o queixo nas mãos e chegar-me para mais perto da televisão...
A única coisa que não consegui encaixar no filme foi a participação do Adam Rodriguez, para mim ele é só C.S.I. vê-lo ali de tanga e a dançar atrofiou-me um bocado.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Coisas que realmente me irritam

Quando eu estou sossegada, já passa da hora de almoçar (tipo ao domingo) e não estou a fazer nada que indique que tenha intenções de ir fazer qualquer coisa para comer mexe-me realmente com os nervos ele começar a abrir o frigorífico e ficar uma eternidade a olhar lá para dentro... faz o mesmo na despensa.

domingo, 5 de maio de 2013

A 9 dias...


De fazer 33 estou novamente a deixar crescer o cabelo.
Será que depois dos 33 eu vou saber realmente o que quero da vida?

sábado, 4 de maio de 2013

Simulacro - Marinha Grande - 04/05/2013

Como já estava acordada desde as 3h20, com um café forte bebido às 7h, aproveitei o bom tempo, carreguei a máquina fotográfica e lá fui eu...










Como eu adoro os carros da Força Aérea!
De notar que o gajo estava envolvido, aparece algures na 7.ª foto.

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Vendedores de porta a porta

Tanto dia em que me apetecia ter o privilégio da companhia desses simpáticos seres que me tentam impingir, quase sempre, MEO e logo hoje que acordei a vomitar as tripas e a ver o mundo mais balançado que o mar em dia de tempestade é que eles tinham que aparecer.

A conversa básicamente foi assim:
Eles - Blá, blá, blá...
Eu - NÃO!
Eles - Blá, blá, blá
Eu - NÃO!

Eles - Blá, blá, blá...
Eu - NÃO!
Eles - Blá, blá, blá
Eu - NÃO!

Eles - Blá, blá, blá...
Eu - NÃO!
Eles - Blá, blá, blá
Eu - NÃO!

Mas quase de certinha que o que os meus gatos ouviram foi isto:

Eles - Blá, blá, blá....... wiskas saquetas!





Gabriela

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Novo filme na lista

Desde "The vow" que me tornei fiél fã e seguidora do Channing e numa publicidade na televisão dei de caras com o trailer deste filme:



Falei dele aqui ao gajo e ele teve a reação mais inesperada, arrepiou-se todo e disse que não queria mais ouvir falar deste filme.

Humm, agora é que eu tenho que ver mesmo! Será que se confirma que os homens não gostam de strip masculino? Eu cá só posso opinar depois de ver...


Gabriela

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Filmografia

Hoje aproveitei o feriado para ficar por casa, aproveitar o silêncio, trabalhar e tentar diminuir a minha lista de filmes.
O trabalho está a ter progressos, uma encomenda diferente para desanuviar os dias.
De filmes colmatei uma grande lacuna minha, depois da música que sou fã desde miúda, depois do livro que simplesmente adorei, faltava o filme...



Título: O Monte dos Vendavais
Ano: 2011
Género: Drama / romance
Duração: 129 min.
Realização: 
Andrea Arnold
Intérpretes:  
James HowsonSolomon GlaveShannon Beer
Ratings :  6.2/10


"Numa visita a Liverpool, um agricultor abastado conhece Heathcliff, um rapaz pobre e abandonado, e resolve trazê-lo consigo para fazer parte da sua família. Nos isolados campos do Yorkshire, o rapaz acaba por se aproximar de Cathy, a filha mais nova do agricultor. Porém, com o passar dos anos, uma relação inocente entre duas crianças transforma-se num amor obsessivo que levará toda a família à perdição."

Para mim...

Escolhi a versão mais recente dada as excelentes críticas que tinha lido, galardoado com 5 prémios e outras 6 nomeações, apresenta-se como uma versão mais visual e poderosa alguma vez feita sobre a épica história de Emily Brontë e do amor quase doentio de Heathcliff e Catherine.
Um filme que quase nenhumas palavras precisou para transmitir a essência do amor entre ambos.
Simplesmente deslumbrante!




"Heathcliff, it's me, Cathy, I've come home

I'm so cold, let me in-a-your window"