sábado, 27 de abril de 2013

2 livros, 2 filmes - 3 e 4/2013

Estar doente, apesar de tudo, tem as suas vantagens, finalmente estou dentro do meu plano de leitura para este ano: 1 livro por mês.
Devido a uma alergia dormir tem sido algo a que tenho dedicado muito pouco tempo, então li, arrumei 2 livros no mesmo mês e vi os respetivos filmes para cimentar as histórias no meu inconsciente.




Título: As palavras que nunca te direi
Ano: 1999
Género: Drama / romance
Duração: 131 min.
Realização:  
Luis Mandoki
Intérpretes:  
Kevin CostnerRobin WrightPaul Newman 
Ratings :  5.8/10




"Message in a Bottle" conta a bela história de amor entre Garret Blake, um construtor naval que ainda chora a morte da mulher e Theresa Osborne, uma jornalista ainda afectada por um casamento falhado.

Eles conhecem-se quando Theresa encontra uma mensagem que Garret escreveu para a sua falecida mulher, meteu dentro de uma garrafa e lançou para o mar. A mensagem é publicada no jornal de Theresa e estimula o interesse do público. Outras mensagens dentro de garrafas são encontradas e Theresa decide ir conhecer pessoalmento o poeta náutico..."


Para mim...
Para muitas colegas foi o primeiro livro que leram após terem deixado a leitura juvenil, eu sem dúvida e pelo aspeto do livro foi dos primeiros que comprei mas que nunca tinha lido na íntegra.
Para mim tudo na vida tem um tempo certo para acontecer e agora chegou o tempo de finalmente ler e gostar da história.
O filme, como é óbvio, já tinha visto um milhão de vezes, mas depois de ler o livro foi uma estranha coincidência ter passado na televisão e assim tive oportunidade de rever e soube muito melhor.







Título: Extremamente Alto, Incrivelmente perto
Ano: 2011
Género: Aventura / drama / mistério
Duração: 129 min.
Realização:  
Stephen Daldry
Intérpretes:  
Tom HanksThomas HornSandra Bullock 
Ratings :  6.8/10



"Oskar Schell, de 11 anos, é uma criança excepcional: inventor amador, francófilo, pacifista. Depois de encontrar uma misteriosa chave que pertencia ao seu pai, que morreu no 11 de Setembro no Wall Trade Center, ele embarca numa excepcional viagem – uma urgente e secreta pesquisa através dos cinco distritos de Nova Iorque. Enquanto vagueia pela cidade, Oskar encontra uma grande variedade de diferentes pessoas, cada uma sobrevivente no seu próprio modo. No final, a viagem de Oskar termina onde começa, mas com o consolo da maior experiência humana: o amor."

Para mim...
Tive imensa dificuldade em ler o livro, achei-o imensamente confuso e ver o filme foi como uma lufada de ar fresco que me deu uma visão totalmente diferente da história e muito mais esclarecedora. 
Ler o resto do livro que me faltava foi rápido depois de perceber e encaixar toda a história na minha cabeça.

1 comentário:

Cartas a Si disse...

Ainda não li nenhum dos livros. Os filmes, vi o primeiro não sei quantas vezes, mas de cada vez é diferente, porque a minha maneira de sentir também vai mudando, mas gosto muito. O segundo encontra-se em fila de espera, mas do que vi na apresentação vou gostar de certeza.