segunda-feira, 11 de março de 2013

Vida deprimente, a mim vida deprimente

Cosmos,

Peço do fundo do meu ser que me dês uma vida 100% do contrário daquilo que tenho.
Peço uma vida deprimente, sem filmes cómicos, sem o gajo, sem os amigos e sem o trabalho que gosto... uma vida que me faça andar séria todos os dias.
Já não aguento mais isto!

Por favor!!!



É que por este andar não ganho para os cremes anti-rugas e séruns para disfarçar as rugas de expressão que cada vez mais se notam por eu andar sempre a rir-me às bandeiras despregadas.
É aqui mesmo nos lados da boca e nos cantinhos dos olhos.
Se tivesse uma vida deprimente não esforçava os músculos e estava aqui linda e maravilhosa...

Sem comentários: