quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Desabafo

Vou rapar o cabelo!
Eu juro que se continuar a dar-me cabo dos nervos e tirar-me do sério entro em 2013 à máquina zero.
Odeio esta coisa de cabelo...

Eu não entendo os complexos que as pessoas têm com o cabelo e o facto de se cortar.
Ele cresce!
Ainda nem há 2 meses tive o cabelo comprido, a primeira vez na minha vida toda que teve tal tamanho e fui cortar sem qualquer ressentimento, simplesmente porque eu e cabelo somos duas coisas que não se dão bem.
Para mim cabelo é algo para variar, curto ou comprido, encaracolado ou liso, vermelho ou louro!
Nunca consegui perceber pessoas que toda uma vida têm o cabelo da mesma maneira, o mesmo corte, penteado para o mesmo lado e milimétricamente da mesma altura.
Estranhas elas.

1 comentário:

Rafaela Silva disse...

Ah Gabriela tens toda a razão! Eu rapei o meu este verão e não me arrependi nem um foi! Foi talvez a melhor decisão que já tomei!