terça-feira, 30 de outubro de 2012

Filmografia




Título: Emma
Ano: 1996
Género: Romance / Comédia
Duração: 121 min.
Realização:  Douglas McGrath
Intérpretes:  Gwyneth Paltrow, James Cosmo e Greta Scacchi |
Ratings :  6.7/10  


"Emma Woodhouse é uma mulher bonita, inteligente e rica, que vive confortavelmente ao lado do pai viúvo na pequena cidade de Higbury, no interior da Inglaterra. Quando a sua governanta, Miss Taylor, se casa com o vizinho, Mr. Weston, Emma sente um vazio em sua vida e decide ajudar as pessoas a terem uma vida tão perfeita quanto a sua. Torna-se, então, uma casamenteira e passa a dar conselhos na vida sentimental das amigas, apoiando, aprovando ou desaprovando os romances conforme seu juízo de valores. Mas, apesar de aparentar autoridade no assunto, ela se revela uma mulher que nunca se apaixonou". (fonte wikipedia)

Para mim...
Da minha lista de filmes antigos a ver, mais uma grande obra da Jane Austen retratada em filme.
Escolhi esta versão pela presença da grande atriz Gwyneth Paltrow e adorei do início ao fim.
Uma história de amor tanto ao estilo da Jane.
Foi vencedor de um Óscar, mais uns prémios e outras nomeações!




Título: A árvore da vida
Ano: 2011
Género: Drama / Fantasia
Duração: 139 min.
Realização:  Terrence Malick
Intérpretes:  Brad Pitt, Sean Penn e Jessica Chastain
Ratings :  6.9/10

"O filme mostra as origens e o significado da vida através dos olhos de uma família da década de 1950 no Texas, tendo temas surrealistas e imagens atráves do espaço e o nascimento da vida na Terra. Venceu a Palma de Ouro de Melhor Filme, depois de ter sido desenvolvido por Malick há décadas e ter sido adiado várias vezes. Recebeu críticas muito positivas e elogios aos seus aspectos técnicos e méritos artísticos". (fonte wikipedia)

 Para mim...
Só consegui ver aproximadamente 15 minutos deste filme, irritou-me tanto que desliguei.
Até há data só outro tinha desenvolvido em mim tal reação e foi "A rede social".
Sinceramente não entendi a profundidade do filme... 
 

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

[[[[ I had a dream ]]]]

Sente tive sonhos muito estranhos!
Recentemente tenho dois que me lembro com muita frequência e até à data nunca consegui perceber o porquê de ter sonhado com aquilo:

1.º Sonhei que ia de elevador e aquela coisa desprendeu-se e eu vinha ali a cair por aí abaixo dentro da cabina aos trambolhões... não me lembro como acabou mas não deve ter sido figura bonita de se ver.

2.º Sonhei com este vídeo-clip e era eu no lugar da Britney...





... alguém que me dê um tiro, por amor de Deus!

domingo, 28 de outubro de 2012

sábado, 27 de outubro de 2012

"Eu quero!"

(por mensagem de telemóvel)

Ele - "Quero o pack Stark!"
Eu - "Queres o quê?"
Ele - "O pack edição especial dos livros que ando a ler!"
...
Eu - "Para a semana!"
Ele - "HOJE!"

Sou má esposa, por isso vou ser muito má mãe... eu crio demónios!

Quando eu tiver filhos, nenhum deles vai ter hobbies ou coisa parecida. 
Se for possível vão ser todos analfabetos!
Já me basta sustentar o meu vício, mas não que tinha que o pegar ao marido, se tiver filhos mais vale mudar de trabalho e virar bibliotecária...

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Passeios

Felizmente tenho bons amigos e espalhados pelo país, o que me obriga (daquelas obrigações com gosto) a passear um bocado.
No passado fim-semana lá rumámos novamente a Vila Nova de Poiares com direito a almoço num restaurante típico do sítio (não me lembro de alguma vez ter comido uma canja de galinha tão boa), sessão de fotos e uma visita guiada ao quartel de bombeiros lá do sítio.

Aqui ficam pequenas recordações do dia em que fui mordida pelo "bixo"...





E foi também o dia da despedida do meu cabelo comprido... aposta cumprida!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Fui picada

Sei quando, não porquê nem pelo quê.
Inchou, infectou, mudou de cor, ganhou febre e não entendo.
Não sei se o corpo está a expulsar o quer que seja que está lá dentro ou se o que está lá dentro está a rejeitar a minha perna... aposto mais na 2.ª hipótese.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Filmografia



Título: Zé Colmeia
Ano: 2011
Género: Comédia / Aventura / Comédia
Duração: 80 min.
Realização:  Eric Brevig
Intérpretes:  Dan Aykroyd, Justin Timberlake e Anna Faris
Ratings :  4.3/10  

Uma repórter chega ao Jellystone Park para realizar um documentário sobre a beleza do parque e logo se cruza com o Zé Colmeia, o seu companheiro Boo-Boo e cai de amores pelo guarda do parque, Smith.
Deparando-se com a ameaça de o parque ser encerrado para exploração de madeira realizam uma festa para angariar fundos para manter o parque aberto, mas com o Zé Colmeia por perto nada corre bem.

Para mim...
Quem é que não conhece o Zé Colmeia e o seu fiel amigo Catatau?
Filme galardoado com um Ema Award e nomeado pela voz do Justin Timberlake no papel de Boo Boo.
Um filme à revelia de "The Muppets" uma história em tudo igual só mudam as personagens... hum... também elas "cartoons".

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

2.ªfeira

Mais leve é simplesmente um sentimento, mais feliz é simplesmente uma exteriorização do que me vai na alma.
Quando sentimos que tudo corre pela negativa, parece que alguém nos consegue arrebatar na sua áurea negra e pesada, não nos devemos deixar abater e pensar.
Repensar na vida, no que somos, no que fazemos e decidir começar a cortar para podermos seguir em frente, avançar... crescer.
Assim o fiz...
Estou novamente a cortar amarras de projetos antigos.
Cortei o cabelo curto.
Quero experimentar mais e fazer mais e estou a preparar-me para isso porque finalmente tenho junto de mim as pessoas certas!

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

O amor é assim...

Eu para ele:

- Eu gosto muito de ti, juro-te! 
Mas vou ali tomar 2 comprimidos para dormir que tu até a respirar me dás cabo dos nervos quando estou a tentar dormir.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Friendship



Quando damos mais do que recebemos percebemos que algo acabou.
Por mais que amemos, por mais que adoremos, por mais que cá dentro doa temos que seguir em frente e deixar que nos magoa.
Tenho que deixar partir, cortar as amarras e amar simplesmente quem nos ama.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Uma nota




Possivelmente a próxima 2.ª feira vai ser um dos dias mais felizes da minha vida nos últimos 2 anos... é só um pressentimento que tenho cá dentro do peito.


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Bodas de madeira

Pois é, este fim-semana, mais precisamente no dia 13 (sempre adorámos os dias 13) completámos 5 anos de casamento.
Posso dizer que passou muito rápido, aliás rápido demais.
Foram 5 anos em que pudemos passar por muita coisa, problemas com fartura, doenças, desilusões, falta de tempo, falta de dinheiro, falta de espaço, saudades, raiva, sapos (muitos sapos e ratos também) mas tivemos outro tanto de coisas boas, aventuras, risos, família, gatos, aprendizagem (culinária principalmente, para ambos) e acima de tudo a possibilidade de construir algo.
O conjunto é que torna toda esta experiência de "casar" verdadeiramente interessante.

Por 5 anos... que venham mais 5 melhores que estes!


quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Uma nota

Ainda sobre o post de ontem e o filme "Dark Shadows" tenho a destacar a estonteante participação de Alice Cooper, aqui em "No more Mr. Nice guy" que faz parte do álbum do filme.




no more, mr. Nice guy...

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Filmografia

 

Título: Sombras da Escuridão
Ano: 2012
Género: Comédia /  Fantasia
Duração: 113 min.
Realização:  Tim Burton
Intérpretes:  Johnny Depp, Michelle Pfeiffer e Eva Green
Ratings :  6.4/10  

Um vampiro amaldiçoado, e aprisionado, é libertado por acidente e retorna à sua antiga casa onde vivia, onde atualmente a disfuncional família dos seus descendentes atravessam uma fase de mau karma e necessitam desesperadamente de ajuda.

Para mim...
Sempre fui avessa aos filmes do Tim Burton, sempre me disseram que ou se ama ou se odeia, confesso que o única que gostei foi velhinho "Eduardo mãos de tesoura".
Mas com vampiros faço sempre um forço extra e confesso que até achei piada quando o final estragou todo o filme.
Um amor forçado com uma salvação ainda mais forçada. Podia ter sido melhor, podia...




Título: A thousand words
Ano: 2012
Género: Comédia /  Drama
Duração: 91 min.
Realização:  Brian Robbins
Intérpretes:  Eddie Murphy, Cliff Curtis e Kerry Washington |
Ratings : 5.7/10 

Eddie Murphy é Jack McCall, um agente literário de fala rápida, que pode fechar qualquer negócio, a qualquer hora, de qualquer forma. Com os olhos postos na Nova Era guru Dr. Sinja (Cliff Curtis) com fim aos seus próprios propósitos egoístas. Mas o Dr. Sinja mete-o à prova e a vida de Jack desmorona-se depois que uma árvore Bodhi mágica aparecer misteriosamente em seu quintal.  
Com cada palavra que Jack fala, uma folha cai da árvore e ele percebe que quando a última folha cair, tanto ele como a árvore morrerão. 
As palavras nunca falharam a Jack McCall, mas agora ele tem que parar de falar e arranjar outras maneiras de comunicar.
 
Para mim... 
Apesar de não associar o Eddie Murphy a este tipo de filme confesso que a moral envolvida dá que pensar.
Em como muitas vezes falamos demais, produzimos ruídos que em nada resolvem o quer que seja e que se parássemos para escutar mais ou simplesmente ficar no silêncio compreenderíamos a verdadeira essência de viver. 


segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Quando for grande quero ser gata...


Eu gosto de gatos porque gostava de ser gata.
Se pudesse tinha bem mais que 7, se agora já é divertido imagino só como será com mais.
A minha Margarida (Maria), a da foto, é a mais pequena da escumalha mas a mais traquinas, má, rebelde e amiga!
Tem um fetiche estranho por palhinhas, cá em casa nunca podem faltar um pacote de palhinhas para animar os dias mais negros desta felina!

Não consigo imaginar como será com mais gente nesta casa, se agora já é um "ai, quem me ajuda"!

domingo, 7 de outubro de 2012

"Above the clouds"

Pai, mãe e marido numa versão muito Twilight do meu dia....
















 
 Sítio da Nazaré


Por cima das nuvens conseguimos ver quem realmente somos, por vezes os maus da fita ou simplesmente nós.

E se ainda fosse no tempo em que se usa-se rolo fotográfico eu hoje tinha dado cabo do orçamento do mês, maldita máquina nova!

sábado, 6 de outubro de 2012

Caso de vida ou morte

Há quem não viva sem o telemóvel, quem não viva sem o seu carro top de gama, quem morra pelos últimos gadgets do mercado e quem sem o pc não seja ninguém.
Eu vivo bem sem isso tudo, só mesmo a necessidade me faz ter alguns deles mas seria muito mais feliz se assim não fosse.
Mas confesso que tenho um calcar de Aquiles no meio disto tudo e são as máquinas fotográficas... enquanto uns desesperam quando o telemóvel decide embarcar para o lindo país dos finados eu fico fora de mim, crio nervos, vejo coisas e até tenho suores frios quando fico sem máquina fotográfica.
A última ia completar 4 anos de existência no próximo mês, até que hoje o meu querido Noddy ter decidido que ela estava melhor no chão. Posto isto a objectiva tirou bilhete e estou a aguardar o valor de uma objectiva nova que sei que não vai compensar dada a idade da máquina e valor comercial dela.
Perdi a cabeça confesso, eu que sou moça de pés bem assentes na terra!
Mas eu não vejo uma máquina fotográfica somente como um luxo, vejo-a como uma parte de mim, um objecto de trabalho, transmissão de sentimentos e pensamentos e confesso que sou muito picuinhas na escolha delas dadas as características do uso que lhe dou.
Arrisquei e comprei esta, muito recentemente lançada no mercado:

 Em fases de testes aqui no palácio!

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

"Angry" mas forte


Retornei a fazer exercício físico, agora numa versão aeróbica/step e digo-vos que vim fascinada.
A professora ia para a direita eu ia para a esquerda, ela subia o step eu descia... mas sempre com muita classe.
Sai de lá contente e envergando o camisolão que o meu pai me deu, para me encorajar a ida para a ginástica com os "Angry birds" mas claro numa versão "strong".

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Constatação

Em Évora a Nossa Senhora é retratada em todo o lado como sendo loira, cabelo aos caracóis e de olhos azuis...
Nós aqui no Museu de Évora vimos dezenas de quadros retratando sempre a mesma senhora.



Ia jurar que já a tinha visto com outros preparos em outras pinturas... tipo cabelo castanho e olhos escuros.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Uma vez na vida

Existe acontecimentos na nossa vida que só deveriam acontecer uma vez, no seguimento de só nascermos uma vez e morrermos outra (também não convinha mais).
Alguns exemplos é casar uma vez, mudar de casa uma vez, mudar de local de trabalho uma vez e mudar o trabalho uma vez!
Ora eu já perdi a conta às vezes que mudei de casa, até há data só casei uma vez e já perdi a conta às vezes que mudei de trabalho e por uma vez já mudei o local de trabalho de sítio.
Acham que eu fiquei feliz quando o chefe anunciou que vamos mudar o escritório de sitio no final do mês?
Primeiro pensei "Ok, vou meter baixa!", mas depois "Coitadinhos, vão mudar tudo sozinhos!" mas hoje veio o pensamento mais profundo "Eu já passei por isto, é horrível!"

Ó vida! Ó suplício! Eu vim ao mundo para sofrer...