terça-feira, 6 de março de 2012

A little piece of me

Já me acusaram de me expor aqui, a eles só tenho a dizer que nunca escrevi nada que me arrepende-se, que directamente me afecta-se ou que fosse mentira.
Isto é uma pequena extensão da pessoa que sou, do quanto posso divertir os outros com a minha maneira tão peculiar de ver as coisas ou simplesmente mostrar outros pontos de vista para situações tão banais do nosso dia-a-dia. 

Eu sou isto e isto sou eu!

Todos sabem que tenho problemas de saúde, quem me segue mais de perto sabe que só recentemente consegui atingir um ponto aceitável de qualidade de vida, graças a uma mudança no estilo de vida e a adopção da medicina tradicional como principal opção.

O que muitos não sabem é que faço parte do grupo de risco de vir a sofrer de cancro da mama, muita gente nem gosta que se digam/escrevam tais palavras.
Não tenho qualquer problema em o confessar/ escrever... cresci com a noção exacta da doença, já lidei de perto com a ela e não há dia que não recorde as últimas palavras dela da última vez que a vi antes de morrer: 
"És tudo e tens tudo o que sempre desejei para mim" sentadas as duas no muro numa tarde soalheira em que eu tentava ainda assimilar o seu aspecto magro e franzino, o seu cabelo raro, e na altura encaracolado, e tentava engolir a vontade de chorar. 
Se não me falha a memória ela morreu antes sequer de ter feito 30 anos.

Agora eu, a escassos passos de fazer 32 e após os recentes exames médicos estou um pouco mais perto do mundo dela e apenas tenho um pensamento que o quer que seja que o destino me reserve que apenas me dê tempo para eu me cumprir...

9 comentários:

Poetic GIRL disse...

Querida Gabriela, o que sempre mais admirei em ti, foi esta maneira peculiar de ver o mundo, as pessoas. Sei que nestas alturas poderá parecer cliche o que digo, mas acho que não deves pensar demasiado no dia de amanhã, vive o hoje, e que esse hoje te permita continuar a manter a tua essência e continuares a seres assim como és! Um abraço enorme, bjs

Isália disse...

Acho que há pessoas que vêm ao mundo mesmo para sofrer. Quando achamos que nada de pior nos pode acontecer, acontece algo que nos deita ainda mais abaixo que a anterior. Apesar de serem coisas más, nunca te esqueças que o que não nos mata torna-nos mais fortes. E é isso que te acontece. Crias as armas para te defenderes do que ai vem, e tu és forte e lidas com o touro pelos cornos. E só tens 32 anos, tens uma vida pela frente! e tu não me assustes que eu só tenho 27 ´lol. Força amiga, e sabes que apesar dos kilometros que nos separam estamos à distancia de um moche. jinhos grandes

Isália disse...

Já sabes que o primeiro comentário não gravou, este já não me saiu tão bem, porque o primeiro foi genuino, mas a essencia tá lá. jitos

Tita disse...

ai amiga nem sei o que diga. Mas força e pensamento positivo...

Carla Sousa disse...

Amiga, agora fiquei preocupada... Esta tudo bem ctg???

L. Hunter disse...

Bem...Poetic Girl e Isália disseram tudo o que havia a dizer :)
És uma pessoa forte e determinada, não creio que exista obstáculos intransponíveis á tua frente.
Continua a ser como és e o Sol te irá sorrir todos os dias :)
bjs

Carla disse...

Vivemos aqui tão perto e no entanto tão longe, porque mal nos conhecemos, mas ultimamente tenho lido os teus textos e tenho sentido que tenho ficado a conhecer um pouco mais de ti, por isso achei que hojem depois de ler este ( e porque me impressionou, sobretudo pela força que emanas em cada palavra) era justo deixar-te também um bocadinho de mim... uma palavra...Desconhecia o teu estado de saúde mas conheço a Gabriela dinâmica, sempre pronta a ajudar e a trabalhar, simpática, interessada... são essas e tantas outras qualidades que terás e que eu ainda desconhecerei que fazem de ti a pessoa que és, não é nenhum problema de saúde que te define!
Já dizia George Sand que "Cada um tem a idade do seu coração, da sua experiência, da sua fé". Do que tenho visto aqui tu tens um coração grande, vivencias todas as boas experiências que a vida te proporciona e terás muita fé, nem que seja em ti própria, por isso viverás "para sempre".
Um Beijinho grande e muita força!

Gabriela... disse...

Obrigado a todos pelas palavras!
São vocês que me dão força para continuar a ver a vida assim "cor de rosa" quando todo o resto do mundo parece desabar a cada dia que passa.
Eu sempre digo que "o que não nos mata nos torna mais fortes"...

Cenourit@ disse...

Minha querida Amiga, só te consigo dizer uma coisa neste momento, se ja o que for que te preocupe, seja o que for que tu necessites, eu estou aqui... para te ajudar, para te acompanhar, para te dar aquilo que posso e tenho para dar, a minha amizade por ti. És uma mulher forte e nada te pode derrubar, tens muito para dar a este mundo por isso, força e pensamento positivo!

Beijocas***