segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Sobrevivi à passagem de ano

Basicamente é isto que tenho a dizer no final do 2.º dia deste novo ano.

Ainda estou aqui um bocado dorida, custa-me a sentar e a andar mas o estômago já melhorou... milagroso comprimido da mãe.
Entrei em 2012 com uma única resolução começar a mexer-me, vergonhosamente levei uma "abada" de uma miúda de 4 anos em PS3 num desses jogos manhosos de ginástica e boxe e o diabo em figura de gente.

É que eu não descanso o corpo a meio da tarde (ela não dorme a sesta) e às 3h da matina ainda berrava:
"Pai mete aquele dos murros!"

Sem comentários: