domingo, 15 de janeiro de 2012

Momentos

Existem momentos da nossa vida que colocamos em causa até a nossa própria consciência ou código de conduta.
Existem momentos que simplesmente gostávamos que o mundo para-se o tempo suficiente para que conseguíssemos pensar e chegar a uma conclusão.
Tenho andado fora de mim nos últimos tempos e os sintomas começam a sinais de aparecer... insónias, vómitos, irritação, asma... simplesmente gostava que o mundo para-se um bocado para eu poder descansar.
Os últimos dias para mim foram muito dificeis, saí de um trabalho que tinha abraçado há uns meses no seguimento de um convite para trabalhar noutro lado.
Hoje sinto-me sem chão, sem casa, sem poiso.
Amanhã estarei no meu novo trabalho a passar por tudo novamente... tudo porque quero mais e melhor e pelo caminho dilacero-me com feridas, deixo pessoas que acabo por amar e sinto que sou a pessoa mais fria à face da terra.

Hoje sinto-me assim, vou sair e esperar que a chuva me lave a alma e me dê forças para aguentar a nova fase da minha vida que amanhã começa!

3 comentários:

Cidchen disse...

Não penses muito, amanhã espera-te um grande dia. :D

Good luck.

Isália disse...

Já sabes,escolhas o caminho que escolheres, apesar dos conselhos que possas ouvir, a ultima decisão é sempre tua. Nunca te arrependas de escolher o caminho que é o melhor para ti. e nunca que esqueças que cá por terras algarvias tens que goste muito de ti e quem fique de coração apertadinho quando algo não está como devia de ser. Encara este novo trabalho como uma nova etapa para a tua vida e que a passagem provisória pelo outro trabalho teve algum sentido na tua vida para que te permita teres força para tomares outras decisões. pensa nisso. beijocas grandes

Cartas a Si disse...

Não vejo mal nenhum em quereres mais para a tua vida. Se nos colocaram no caminho as oportunidades para evoluir, devemos agarrá-las e dar o nosso melhor.

Tenho a certeza que fizeste um óptimo trabalho no emprego que agora deixas e que as pessoas te vão lembrar com muito carinho e saudade, mas também tenho a certeza que darás o teu melhor neste "novo".

Nada de problemas de consciência, a primeira pessoa a quem deves o melhor é a ti própria, sempre, de outra forma também não o podes dar aos outros.

Um abraço e tudo de bom para esta nova fase da tua vida