terça-feira, 31 de janeiro de 2012

My only exception



O cansaço e a raiva tem feito parte dos meus dias... exorcizo os meus demónios com a música.
Que me embala o sono enquanto resolvo os meus problemas e penso...

domingo, 29 de janeiro de 2012

Odeio ciclistas

Muito se fala dos piropos do pessoal das obras mas nunca ninguém salientou o quanto são deprimentes os piropos dos ciclistas que povoam as nossas estradas aos domingos de manhã soalheiros... 
Hoje fui alvo dessa horda estranha com um piropo que me meteu os nervos em franja!

 Foto retirada daqui.


Queridos, linda é a minha mãe!
Tendo em conta que geneticamente a raça humana tem vindo a aperfeiçoar-se de geração em geração, eu não posso ser linda, eu só posso ser simplesmente maravilhosa!

sábado, 28 de janeiro de 2012

Filmografia







Título: Little Children ( "Pecados Íntimos" em português)
Ano: 2006
Género: drama/romance
Duração: 137 min.
Realização: Todd Field
Intérpretes: Kate Winslet, Jennifer Connelly e Patrick Wilson
Ratings : 7.8/10

Baseado no romance de Tom Perrotta, com o mesmo nome, foi dirigido e adaptado por Todd Field ao cinema juntamente com o autor da história e rodado no estado onde o mesmo vivia. Este drama psicológico foi indicado ao Oscar e Globos de Ouro para a categoria de melhor filme.


Para mim...
Já tinha visto este filme o ano passado mas nunca tinha falado dele, por necessidade tive que voltar a rever por o achar tão cheio de mensagens a todos os níveis da vida quotidiana de todos nós.
Adoro o filme!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

[relationship]

Muito se tem falado e discutido relações nos últimos tempos... assunto que para mim está mais que gasto de tempo que perdi a pensar nele.
As relações são o que são e valem o que valem!
Nada é eterno, ninguém é de ninguém e não me venham com falsos moralismos e ideias de conformismos.
Eu não sou conformada, nunca fui.
Aliás acho que nunca fui coisa nenhuma na vida, apenas eu e o que me preenche e neste momento preenche-me uma paz indescritível.
O novo ano trouxe-me novo trabalho e paz no coração... cá em casa reino eu e os gatos



terça-feira, 24 de janeiro de 2012

O bom filho a casa torna


Já mora novamente na minha mesa de cabeceira, agora sem erros de impressão!
Estou desertinha para a acabar a história...

domingo, 22 de janeiro de 2012

2012

Já não sei se chore, não sei se grite, não sei se parta alguma coisa...
2012 trouxe-me de tudo, pressão, mudanças a todos os níveis, necessidade de ter a cabeça fria e desafios a mais para aquilo que "acho" que consigo aguentar!

2012 diz-se, a plano astrológico, que vai ser o início de um ciclo de 12 anos de prosperidade...


Abrem-se janelas a mais no meu caminho, janelas a mais para que o meu discernimento consiga decidir quais as mais correctas.
Que haja luz para que consiga escolher a correcta...

Mas para já respirar já não é pedir muito!

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

[...]


Desde que tenha pernas para andar e braços para trabalhar não há mal que me derrube.
Perguntam se estou bem, apenas digo que quero estar bem...

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

{não sou adivinha mas para lá caminho}

Este fim semana eu dizia: tenho algo nos pulmões que a minha asma vai tirar partido e me lixar!

Ontem fui à consulta de medicina no trabalho ao que o Doutor me diz:"Estes pulmões têm aqui qualquer coisa!"

Para a semana que vem vou ao médico de família, acho que desta não me escapo de vir com uma bomba da asma e a recomendação para fazer natação ou caminhadas na praia de modo a resolver isto....
Karma is a bitch!


segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Hoje entendi tudo...

Quando eu achava estranho colegas meus passarem os dias todos online no messenger e eu metia conversa e ninguém me respondia... depois me diziam que aquilo tinha ficado ligado.

Pelos vistos eu hoje também estive online a tarde toda... porque a merda do Android não forçou o fecho da aplicação.


domingo, 15 de janeiro de 2012

Momentos

Existem momentos da nossa vida que colocamos em causa até a nossa própria consciência ou código de conduta.
Existem momentos que simplesmente gostávamos que o mundo para-se o tempo suficiente para que conseguíssemos pensar e chegar a uma conclusão.
Tenho andado fora de mim nos últimos tempos e os sintomas começam a sinais de aparecer... insónias, vómitos, irritação, asma... simplesmente gostava que o mundo para-se um bocado para eu poder descansar.
Os últimos dias para mim foram muito dificeis, saí de um trabalho que tinha abraçado há uns meses no seguimento de um convite para trabalhar noutro lado.
Hoje sinto-me sem chão, sem casa, sem poiso.
Amanhã estarei no meu novo trabalho a passar por tudo novamente... tudo porque quero mais e melhor e pelo caminho dilacero-me com feridas, deixo pessoas que acabo por amar e sinto que sou a pessoa mais fria à face da terra.

Hoje sinto-me assim, vou sair e esperar que a chuva me lave a alma e me dê forças para aguentar a nova fase da minha vida que amanhã começa!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Tiques ou fios soltos?

Quem me conhece, ou me observa com atenção, rapidamente se apercebe dos meus tiques quando estou nervosa ou pouco à vontade.
Primeiro sintoma falar demais, simplesmente não me consigo calar e acabo por dizer asneira.
Depois seguem-se dar demonstrações de excessos de felicidade (tipo cantar, dançar e brincar demais).
Felizmente aprendi a trabalhar as mãos e agora, mesmo estando nervosa, consigo ficar parada com elas... mas os pés isso é um membro independente do meu corpo.

Presto demasiada atenção...


Uma das minhas resoluções para 2012 e que já vem sendo arrastada há uns anos é começar a ir ao psicólogo, sempre achei que existem aqui uns fios soltos...

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Não foi tempo a mais




Não foi tempo a mais, não quero ir!
O que não devia ver eu já senti e agora não quero ir...
Um dos motivos tu já o sabes o outro fui cobarde demais para te dizer... mas quero que saibas que tentei!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

O princípio do fim

Ninguém gosta de falar de fins e ninguém gosta de os sentir.
Mas os fins são necessários e como eu tenho repetido para mim mesma, muitas vezes nos últimos tempos, "o que tem que ser, tem muita força".
Esta é a minha última semana de trabalho e com muita pena minha vou deixar pessoas que conheci e que adorei.


Mas as asas que sempre falei que gostava de ter, mentalmente elas existem, e são o meu anjo/demónio diário.

Nada é o fim mas sim sempre o princípio de algo!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Filmografia

Do fim-semana...




Título: 300
Ano: 2006
Género: acção/fantasia/história
Duração: 117 min.
Realização: Zack Snyder
Intérpretes: Gerard Butler, Lena Headey and David Wenham
Ratings : 7.8/10

Filme baseado na banda desenhada de  Frank Miller sobre a Batalha das Termópilas e um pouco à imagem do famoso "Gladiador" passa a imagem de luta pela liberdade através da união e empenho.
Teve 27 nomeações das quais conquistou nove prémios como o de melhores efeitos visuais, melhor filme, melhor desempenho entre outros.
O soundtrack foi igualmente galardoado pela BMI Film e TV Awards.

Para mim...
Nada melhor que começar a minha saga de filmes do ano com um excelente filme. Da lista dos pendentes, já visto pelo marido mas que não se importou de repetir.
Um filme que questiona até que ponto lutamos pelos que queremos e o que somos.




Título: Puro Aço (título original "Real Steel")
Ano: 2011
Género: ficção/acção/drama
Duração: 127 min.
Realização: Shawn Levy
Intérpretes: Hugh Jackman, Evangeline Lilly and Dakota Goyo
Ratings : 7.4/10

Filme também baseado em outra obra, partes de uma curta metragem"Steel" de 1956 e retrata a história de um lutador de boxe frustrado que num futuro próximo vive da luta entre robôs mas com destino ao fracasso e que após reencontro com o seu filho entram em ascensão com a criação e treino de um novo tipo de robôs.

Para mim...
Um filme que me agarrou à cadeira do início ao fim, sofrer em silêncio e inclusive ao ponto de gritar umas tácticas de murros.
Apesar de ser uma história  "hollywoodesca" muito adorada e muito utilizada de um mau pai que se tenta redimir, já usado em tantos outros filmes não deixou de me fascinar.
Adoro o Hugh Jackman enquanto actor e sou uma grande fã de "wolverine" e mais uma vez não me desapontou.

domingo, 8 de janeiro de 2012

Novo Ano, Novas Aventuras

Vocês não me viram, ok?



Esta não sou eu, eu odeio futebol, qual rapariga que tenham visto esta tarde no estádio da Marinha Grande parecida comigo (como a da foto) com uma madeixa laranja era a minha irmã gémea desaparecida à nascença.
Estava muito menos acompanhada por um gajo de cabelo rapado e uma loira encaracolada.

sábado, 7 de janeiro de 2012

Rescaldo de Natal

Hoje fugi de casa e vim enfiar-me nas saias da mãe, deixei o marido entregue à bicharada que já está habituado visto que virou doméstico há mais de 1 mês.
Enquanto perdia horas da minha vida na cabeleireira absorvida nos meus pensamentos, alheia aos mexericos normais do local, cheguei a uma triste conclusão sobre este Natal que passou.
Basicamente este ano a única prenda de Natal que recebi foi um broche... 

E prontos é tudo!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Merda de hábitos

Entrarmos no restaurante e eu pedir mesa para 5... e ser rapidamente corrigida para 4.
Vou demorar ainda uns tempos a assimilar que ele já atravessou novamente o oceano e passou a ser o meu irmão que está longe, lá nos EUA.



Para mim, vamos continuar sempre a ser 5... pelo menos por enquanto.
E já agora: Boa sorte Puto!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Cometi uma loucura


Assinei esta colecção... andava vai não vai, gosto não gosto, vale a pena não vale a pena.
Meti as indecisões de lado e assinei a colecção completa, os 9 livros, durante este ano vou recebendo por fases a minha nova leitura.
Salvé a minha alma!

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Pensamentos

Hoje enquanto deambulava pelo meio de um shopping repleto de gente senti-me do mais sozinha que existe à face da terra.
Senti-me tão bem...
Andei entre aquela gente agitada sem se dar ao trabalho de viver, esquivei-me, rodeie, pedi desculpa e passei pelo meio, disse bom dia e sorri, sai de mãos vazias mas não era vir cheia de sacos que me iria fazer sentir preenchida.
Sozinha ali senti-me o mais preenchida que podia haver!
Parei mesmo no centro, perto das escadas rolantes e olhei para cima, para o reboliço da zona dos restaurantes, do corropio de gente e ali encolhida de mãos nos bolsos do casaco sorri.
Sorri por estar feliz por ter acordado mais um dia, pelo facto de respirar, ter a oportunidade de ver o mundo mudar mais um dia.
Sou feliz simplesmente porque respiro... não há nada que compre isso!


Foto com os devidos créditos do Cantinho dos Miaus

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Sobrevivi à passagem de ano

Basicamente é isto que tenho a dizer no final do 2.º dia deste novo ano.

Ainda estou aqui um bocado dorida, custa-me a sentar e a andar mas o estômago já melhorou... milagroso comprimido da mãe.
Entrei em 2012 com uma única resolução começar a mexer-me, vergonhosamente levei uma "abada" de uma miúda de 4 anos em PS3 num desses jogos manhosos de ginástica e boxe e o diabo em figura de gente.

É que eu não descanso o corpo a meio da tarde (ela não dorme a sesta) e às 3h da matina ainda berrava:
"Pai mete aquele dos murros!"