segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Era uma vez...

... um casalinho de jovens super giros e simpáticos.
Ora um deles resolveu que queria uma televisão nova, lá foram a esse grande antro de electrodomésticos e escolheram uma bem grande.
Na viagem para casa instalou-se o dilema: "será que a televisão cabe no móvel da sala?".
Não coube e berro para aqui, berro para ali, somente se vislumbravam duas soluções: ir trocar a televisão ou comprar outro móvel para a sala.
Como o casal de que estamos a falar não é conhecido pela sensatez optaram por comprar um móvel de sala novo... ir trocar a televisão era uma chatice do caraças.
Acabaram o ano a desfazer-se do móvel antigo nesse site maravilhoso chamado OLX e 2013 vai começar com mais uma renovação de mobilia lá por casa.


(Esta história foi baseada em factos e personagens verídicas)



Boas Entradas e que 2013 seja um ano simplesmente FANTÁSTICO!

domingo, 30 de dezembro de 2012

Contemplai e chorai...

Com esta idade já ninguém me dá prendas de Natal, mas este ano posso dizer que tenho uma carrada de chocolates.


Tenho que deixar aqui o meu agradecimento à minha colega de trabalho porque se não fosse ela isto nunca seria possível.
Ela umas semanas antes começou a pedir, uns dias antes relembrou e até à data ainda andamos a receber caixinhas de chocolates dos nossos colegas de trabalho... como são muitos a colheita foi muito proveitosa.
Para 2013 está destinado ou apodrecerem-me os dentes todos ou desenvolver diabetes!


sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Desejos para 2013

Se tenho anseios para 2013?
Claro que tenho!
Desejo tudo o que se deseja nesta altura em especial que alguém invente um sistema que desligue automáticamente todas as campainhas aqui de casa assim que eu meta os pés na banheira para tomar banho.
No último mês foram raras as vezes que não tive que sair do banho a meio... incluindo aparecer só de toalha a um vizinho.
Dispenso mais dessas situações...
Pessoas "inventoras" aqui têm uma ideia fantástica para negócio.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Recordações de Natal

Felizmente o Natal já lá vai e este ano levo 2 coisas que não me vou esquecer nos próximos tempos:

1. Apanhei uma descarga eléctrica de um pequeno electrodoméstico... que estava desligado;

2. Deu-me uma paradinha e cortei o cabelo ali em frente ao espelho da casa de banho (onde é que eu já li este filme de se cortar o cabelo e não se gostar e depois voltar-se a cortar, é um "dejá vu" muito estranho).

Que venha a passagem de Ano que também promete sempre ser rica em peripécias.

domingo, 23 de dezembro de 2012

Preparação para o Natal

Sentar-me no sofá às 17h e ver...

5 episódios disto;
este filme;
este filme;
este filme;
e
este filme.


Jantar? Não faço ideia o que é isso.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

País este...

Tivemos a Expo'98, o Euro 2004 e agora que estamos perto do maior evento de toda a Humanidade correm boatos que Portugal não vai aderir porque não têm capacidade financeira para um evento desta envergadura?
É inacreditável!
É o fim do mundo, meus amigos.
O único evento que eu tenho a certeza que quero ir e não é preciso comprar bilhete e acabo num país que não vai aderir!

Pelo sim pelo não, não vão os nossos governantes mudar de ideias, jantei uma coisa ligeira porque assim à primeira vista o fim do mundo parece ser coisa pesada!

Meus amigos, vemo-nos lá em baixo...

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Ansiedade:

"é uma característica biológica do ser humanoque antecede momentos de perigo real ou imaginário."
Sou aquilo que se chama, e bem, de pessoa ansiosa... ansiosa por fazer, ansiosa por esperar, ansiosa por medo de errar, ansiosa pelo que há-de vir, ansiosa demais para um corpo tão pequeno.
Com os anos não aprendi a controlar a ansiedade mas sim a extravasá-la em humor e situações caricatas.

Nunca gostei da época que estamos a atravessar, não pelo simbolismo em si mas pelo sentimento de consumismo que envolve as pessoas e as tornam um tanto ou quanto intoleráveis.
A passagem de ano para mim tem algo de maravilhoso (não é a festa, as jantaradas e muito menos o alcóol que consomem a mais), mas sim acordar no dia seguinte bem cedo, respirar fundo e acreditar que começamos um ano melhor e com infindáveis oportunidades pelas frente.

Este ano sinto-me ansiosa pela chegada do novo ano.
2013 é para mim uma incógnita, como aquele túnel escuro que percorremos sem parar nos nossos pesadelos...


segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O patamar seguinte

Deixei oficialmente de pertencer ao estágio de Santo António... deixei de fazer sermões aos peixes.

domingo, 16 de dezembro de 2012

Não sou mulher de 1 só


Os livros na minha mesa de cabeceira vão aumentando.
Tenho o vício estranho de ler vários ao mesmo tempo, consoante a disposição escolho o que quero continuar a ler.
A minha mãe tem outra paranóia estranha: antes de começar a ler um livro lê o final da história.

Será defeito de fabrico?

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Desabafo

Vou rapar o cabelo!
Eu juro que se continuar a dar-me cabo dos nervos e tirar-me do sério entro em 2013 à máquina zero.
Odeio esta coisa de cabelo...

Eu não entendo os complexos que as pessoas têm com o cabelo e o facto de se cortar.
Ele cresce!
Ainda nem há 2 meses tive o cabelo comprido, a primeira vez na minha vida toda que teve tal tamanho e fui cortar sem qualquer ressentimento, simplesmente porque eu e cabelo somos duas coisas que não se dão bem.
Para mim cabelo é algo para variar, curto ou comprido, encaracolado ou liso, vermelho ou louro!
Nunca consegui perceber pessoas que toda uma vida têm o cabelo da mesma maneira, o mesmo corte, penteado para o mesmo lado e milimétricamente da mesma altura.
Estranhas elas.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

The Meaning of Life

Observo as pessoas, feita garota curiosa, e fico surpreendida das certezas e verdades feitas que as povoam.
Adolescentes com ideias tão fixas e objectivos tão marcados que horrizo dentro do meu próprio ser todo o caminho que percorri durante este 32 anos que até à bem pouco tempo nada sabia e certezas tinha... nem se acordaria no dia seguinte quanto mais do que andava a fazer à face da terra.
Para mim o sentido da vida foi algo que despertou tarde e de maneira preguiçosa, mas chegou!


domingo, 9 de dezembro de 2012

Filmografia

Aviso: este post pode ser irritante para grande parte dos leitores :)



Título: Amanhecer - parte 2
Ano: 2012
Género: Aventura / drama / fantasia
Duração: 115 min.
Realização:  Bill Condon
Intérpretes:  Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner
Ratings :  5.9/10 

Bella renasce para o velho mundo como vampira após o dramático nascimento de Renesmee.
Os Cullen reunem outros clãs de vampiros e nómadas para proteger esta criança de uma falsa acusação que os colocam entre a vida e a morte perante os Volturi.

Para mim...
O último é sempre o último e tem aquele sabor especial que o ciclo se fechou.
Não esquecerei a primeira vez em que ouvi bater palmas em pleno cinema, foi neste filme, sim senhora.   
Se me perguntassem agora de todos qual elegeria como os meus preferidos, sem pestanejar responderia: o primeiro e o último.
Ansiosa por rever!  




Título: Breaking Wind
Ano: 2011
Género: Comédia
Duração: --- min.
Realização:  Craig Moss
Intérpretes:  Heather Ann Davis, Eric Callero e Frank Pacheco
Ratings :  2.7/10

Uma comédia baseada no grande fenómeno mundial Twilight.

Para mim...
Afinal os rumores do ano passado não passaram de rumores. 
Este filme teve lançamento só no Reino Unido e em Portugal só mesmo versão pirata.
O que achei? Uma porcaria... 
A outra versão conhecida a satirizar a saga "Ponha aqui o seu dentinho" é digna de um Óscar ao lado deste filme.



Título: On the road
Ano: 2012
Género: Comédia
Duração: 124 min.
Realização:  Walter Salles
Intérpretes:  Garrett Hedlund, Sam Riley and Kristen Stewart
Ratings :  6.3/10

 O jovem escritor Sal Paradise vê a sua vida agitada pela chegada de Dean Moriarty, um espirito livre, e a sua jovem esposa Marylou.
Ao longo da sua viagem pelo país eles encontram uma variedade de pessoas que influenciam a sua jornada e vida para sempre.
"Baseado no best seller e um dos símbolos da contracultura “On the Road - Pé na Estrada”, escrito por Jack Kerouac nos anos 50.O livro foi eleito pela revista “Time” como um dos 100 melhores em inglês entre 1923 e 2005. A produção executiva é de Francis Ford Coppola, que comprou os direitos em 1979 e não conseguiu tocar o projeto adiante por décadas." retirado de adorocinema.com 


Para mim...
Narrado na primeira pessoa este filme agarrou-me do 1.º ao último segundo com a sua poesia. 
Estreia nos cinemas em Portugal no dia 20 deste mês  e promete ser um filme não digno que muita gente pela dificuldade que vão encontrar em perceber a sua profundidade.
Confesso que fiquei curiosa quanto ao livro e está na minha lista de aquisições.
Para as fãs de Kristen, aqui no papel de Marylou, vai ser lançada por terra a imagem de menina ingénua (o mesmo papel que ela mantinha em grande parte dos filmes em que participava). 
Aqui reina uma jovem sedenta de sexo, drogas e poesia sem qualquer pudor!
  
 

sábado, 8 de dezembro de 2012

Brincar com a sorte...

Estamos na época de Natal, já é dia 8 e eu ainda não destruí nenhum equipamento electrónico até à data.
Será que ao fim de 6 anos me vi finalmente livre da maldição de Natal?

Mas quando as coisas não acontecem eu gosto de picar o bicho, hoje decidi limpar os electrodomésticos da cozinha e no momento em que o gajo tirava a placa do sítio para a pousar ao lado, onde eu esperava ansiosamente para a poder limpar e trocar o isolamente ele brutamente diz:

"NÃO MEXE! Estamos no Natal e este ano ainda não destruis-te nada... não me estava a apetecer ir comprar outra placa!"

Sim, esta é a 2.ª que a outra eu destruí... uns 3 dias antes do dia de Natal...

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Expoente da felicidade

A minha vida já estava tão bela e maravilhosa que só faltava um herpes grande e vermelho!



terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Duetos Intoleráveis

Não juntem uma pessoa doente e um computador com internet.
Em meio segundo de pesquisa ela arranja meia dúzia de maleitas a encaixar na patologia (tipo uma enciclopédia que o meu pai tem lá em casa).

Descobri que tenho que deixar de beber água, as dores que tenho são derivadas à ferrugem que por sua vez são resultado de uma intoxicação por ferro...

E eu a pensar que era desta que encomendava a alma ao Criador!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

[[[ Odeio ]]]

Lá haverá coisa que eu odeie mais, para além de favas e os maridos das outras (claro!), que o CSI Miami!

Aquele cabelo cenoura a panovear-se, com tiques estranhos dá-me umas ânsias...

sábado, 1 de dezembro de 2012

Coisas românticas e fofas...

Eu sou rapariga, sabem aquela coisa do sexo feminino, a essa parte eu já cheguei... e supostamente haveria de gostar de coisas românticas, fofas, bebés fofinhos, filmes lamechas, ramos de flores (arrepios) e coisas assim.
Mas honestamente preferia ter que dar comida à mão a um cão raivoso...
Expliquem-me uma coisa, para ver se eu entendo, o que raio levam vocês desta vida?
Horas infindáveis a gastar lenços no sofá porque o rapazinho do filme ficou com a outra vaca, uma quantidade infindável de flores mortas no lixo ao longo dos anos, correrem os restaurantes todos da região mais que uma vez?
Óh por amor de Deus!
Eu é que sou anormal por sonhar em dormir uma noite em Alcatraz!

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Filmografia

... a despachar a listagem...



Título: Chefes Intragáveis
Ano: 2011
Género: Comédia / crime
Duração: 98 min.
Realização: Seth Gordon
Intérpretes: Jason Bateman, Charlie Day e Jason Sudeikis 
Ratings :  7.0/10 

"Para Nick, Kurt e Dale, a única coisa que lhes tornaria os dias no trabalho mais toleráveis, seria verem os seus chefes transformados em poeira. Despedirem-se não é uma opção, e, resultado de umas bebidas a mais e de conselhos de um ex-prisioneiro, os três amigos começam a conceber um plano para se livrarem dos seus chefes… para sempre." retirado de trailer.com.pt

Para mim...
Vencedor de alguns prémios e outras quantas nomeações confesso que este filme me arrancou umas quantas gargalhadas.
E quem em alguma altura da vida ninguém imaginou livrar-se de vez dos chefes? que atire a primeira pedra!

 



Título: Homens de negro 3
Ano: 2012
Género: Comédia / ação / fição
Duração: 106 min.
Realização: Barry Sonnenfeld
Intérpretes: Will Smith, Tommy Lee Jones e Josh Brolin
Ratings :  7.0/10 

 "Em Homens de Negro 3, os agentes J (Will Smith) e K (Tommy Lee Jones) estão de volta… no tempo. J viu algumas coisas inexplicáveis nos seus 15 anos com os Homens de Negro, mas nada, nem mesmo extraterrestres, o conseguiram surpreender tanto como o seu estranho colega. Mas quando a vida de K e o destino do planeta estão em jogo, o agente J terá que viajar para trás no tempo para remediar as coisas. J descobre que existem segredos no Universo, acerca dos quais K nunca lhe falou – segredos que irão revelar-se quando ele fizer equipa com o agente K mais novo (Josh Brolin) para salvar o seu parceiro, a agência e o futuro da humanidade." retirado de trailer.com.pt
  
Para mim...
Extra-terrestres, homens de smoking, armas grandes, e claro, as pequenas, carros velozes e muito sentido de humor são algo que Homens de Negro nunca nos falharam.
Mas por favor fiquemos por aqui, não a um 4.º filme! 

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

[[ sick]]



Eu tenho este pin, não somente por fanatismo mas porque efetivamente tenho uma dieta especial.
Ora quando se tem uma o objectivo é cumprir-se... eu baldei-me!
Há quase 1 semana que estou doente, a comer 1/3 do que normalmente como e tudo coisas que normalmente associamos a lanche mas sem os extras... digamos que ando nos píncaros de alegria e felicidade!

Hoje finalmente comecei a inserir na minha alimentação uma coisa que já não sabia o que era: jantar!

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Filmografia



Título: A casa dos sonhos
Ano: 2011
Género: Drama/ mistério / ação
Duração: 92 min.
Realização:  Jim Sheridan
Intérpretes: Daniel Craig, Rachel Weisz and e Watts
Ratings :  5.8/10 

"Will Atenton, um publicitário de sucesso, demite-se do seu trabalho em Manhattan para se mudar com a sua mulher e as suas duas filhas para uma cidade em New England. Mas, enquanto se preparam para uma nova vida, descobrem que a sua casa perfeita foi palco do assassinato de uma mãe e dos seus dois filhos, e que a cidade inteira acredita que os crimes foram cometidos pelo marido, o único sobrevivente. Quando Will começa a investigar, as suas únicas pistas vêm de Ann Paterson (Watts), uma vizinha que era próxima da família que morreu. Juntos, Will e Ann, terão de descobrir quem assassinou a família da casa dos sonhos de Will." retirado de Sapo Cinema

Para mim...
Como para alguns críticos, um dos melhores filmes de Daniel Craig.
Para quem gosta de filmes de mistério este é um doce. 



Título: Cavalo de guerra
Ano: 2011
Género: Drama/ guerra
Duração: 146 min.
Realização:  Steven Spielberg
Intérpretes: Jeremy Irvine, Emily Watson e David Thewlis
Ratings :  7.2/10

"O longa-metragem é baseado no livro de mesmo nome, um livro para crianças que se passa durante a Primeira Guerra Mundial, do autor Michael Morpurgo, publicado pela primeira vez na Inglaterra em 1982 e que em 2007 virou uma peça."[...]
" Em Devon, Inglaterra, enquanto a Primeira Guerra Mundial eclodia, "Joey", o cavalo de Albert Narracott, é vendido para a Cavalaria do Exército e enviado para França. Joey serviu nas Forças Armadas do Reino Unido e da Alemanha, e é pego por fogo inimigo; morte, doenças e o destino levam-no a uma verdadeira odisséia, servindo em ambos os lados do conflíto antes de parar sozinho no meio da Terra de ninguém. Mas Albert não se esqueceu de Joey e, ainda jovem demais para se alistar no Exército, ele embarca em uma perigosa missão para encontrar seu cavalo e trazê-lo de volta para casa em Devon."  retirado de Wikipédia

Para mim...
Um filme forte quer visualmente quer pela narrativa, onde a figura principal de um cavalo nos mostra que o amor e a perseverança são caminhos que devemos sempre seguir para sermos felizes.
Li muitas críticas quanto a este filme, muitas delas negativas pelo uso de um animal para demonstrar algo que poderia ser retratado com outro tipo de personagem, pessoalmente achei uma das caracteristicas mais posivitas terem escolhido um cavalo por o considerar um animal tão nobre, fiel e forte. 
Aconselho vivamente! 

 

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

A solução

Para acabar com isto...


... porque faltam aqui pelo menos 2 dos últimos 2 anos e porque o armário também serve para colar outras coisas.

Cá em casa resolvi passar só a usar destes...


... quando me chatear com ele como-o!

domingo, 25 de novembro de 2012

Dias...

Eu - "Tenho cara de lâmpada do Aladino?"
Ele - "Não, porquê?"
Eu - "Pára de me andar a esfregar!!!"

sábado, 24 de novembro de 2012

Filmografia



Título: O ditador
Ano: 2012
Género: Comédia
Duração: 83 min.
Realização:  Larry Charles
Intérpretes:  Sacha Baron Cohen, Anna Faris e Ben Kingsley |
Ratings :  6.5/10 

"General Almirante Shabazz Aladeen (Sacha Baron Cohen), um dos mais excêntricos e egocêntricos ditadores de um país localizado no Oriente Médio, que o mundo já alguma vez conheceu. Aladeen colocou em risco a própria vida para que a democracia jamais chegasse ao local que governa. Ele e um pastor de cabras resolvem viajar aos Estados Unidos, onde cruzam o país para conhecê-lo melhor.
Popular pela sua indestrutível barba, por dormir com centenas de celebridades ávidas pelo seu dinheiro e por organizar e determinar os seus próprios Jogos Olímpicos. Aladeen atrai a atenção internacional quando surgem novidades acerca do seu programa secreto nuclear. Depois de uma tentativa de assassinato a que escapa, Aladeen encontra-se sozinho e sem dinheiro nas ruas de Nova Iorque.
Contudo a sua força de vontade para recuperar o poder e afastar a democracia do seu país oprimido, não o desanima." by wikipédia 


Para mim...
Para além da música que adorei pela diversão pouco ou nada mais tenho a acrescentar sobre um filme "copy & paste" da personagem de Ali G e Borat que são personagens já mais que espremidas a todos os níveis.
Agarrado a uma história básica, com piadas fáceis (umas ainda funcionam, outras nem tanto) que prometem riso pois carrega um sarcarmo pouco comum ver-se na tela.
 

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Teoria do cromossoma ou seleção natural

Hoje passei o dia a pensar que a seleção natural não se limita somente à escolha entre homem e mulher, abrange todas as pessoas que nos rodeiam.
É muito restrito o meu grupo de pessoas mais chegadas, aquelas com quem verdadeiramente partilho o meu "eu". Mas porquê estas e não outras?
Eu tenho um cromossoma.
Vamos-lhe chamar de cromossoma "xpto".
Ora o meu cromossoma faz-me fugir a sete pés de pessoas lentas, preguiçosas, sem conteúdo, sem sentido de humor... sem garra pela vida.
Daí eu me sentir atraída por "aquela pessoa" e a outras limitar-me ao básico da conversação e achar que já foi convivência a mais e muitas vezes sentir-me esgotada por isso.
Eu gosto do meu cromossoma, a minha seleção natural do meu pequeno habitat.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Pura fição

Qualquer semelhança entre as fotos é pura fição...




Em comemoração do final da minha saga aqui fica uma das muitas fotos da sessão que fiz.
O meu último dia de cabelo comprido bem retratado em fotos...
No meu mundo eu junto as coisas melhores que há, uma amiga costureira e outra fotografa e eu, é claro!

sábado, 17 de novembro de 2012

Aviso à navegação


Férias de Novembro no Algarve, que já começam a ser uma tradição... a manter mesmo depois do fim deste ano.
Para o ano temos que arranjar outro filme para ver?

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Me, myself and me

 
A minha alma partiu-se como um vaso vazio.
Caiu pela escada excessivamente abaixo.
Caiu das mãos da criada descuidada.
Caiu, fez-se em mais pedaços do que havia loiça no vaso.

Asneira? Impossível? Sei lá!
Tenho mais sensações do que tinha quando me sentia eu.
Sou um espalhamento de cacos sobre um capacho por sacudir.

Fiz barulho na queda como um vaso que se partia.
Os deuses que há debruçam-se do parapeito da escada.
E fitam os cacos que a criada deles fez de mim.

Não se zanguem com ela.
São tolerantes com ela.
O que era eu um vaso vazio?

Olham os cacos absurdamente conscientes,
Mas conscientes de si mesmos, não conscientes deles.

Olham e sorriem.
Sorriem tolerantes à criada involuntária.

Alastra a grande escadaria atapetada de estrelas.
Um caco brilha, virado do exterior lustroso, entre os astros.
A minha obra? A minha alma principal? A minha vida?
Um caco.
E os deuses olham-o especialmente, pois não sabem por que ficou ali.

Álvaro de Campos, in "Poemas"
Heterónimo de Fernando Pessoa

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Centro de operações

Numa casa ou no local de trabalho existe sempre uma divisão que é considerada o centro de operações... onde tudo se  traçam estratégias, definem-se planos e tudo demais.
Aqui em casa também tenho um, um pouco fora do normal.
A casa de banho...
É verdade, a casa de banho, que nunca usei para os devidos efeitos, serve de centro de operações.

Hoje lá orienta-se as próximas férias e um convívio aqui do prédio!
Só me falta lá instalar um computador e um telefone e quase que parece uma central de operações em tempos de guerra!


terça-feira, 13 de novembro de 2012

Todo Poderoso

Ó todo poderoso, ó Karma, ó tu aí em cima!

Porque é que eu não nasci menino?


(este foi o meu desabafo de ontem com a cabeça encostada à parede, carregada com sacos da frutaria, mala com a tralha do trabalho em que segundos antes, mal abri a porta de casa, os gatos fugiram todos...)

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

"Uma canja para a gorda"

No seguimento do repto lançado pelo Ricardo Araújo hoje escondi quaisquer sinais de riqueza, escondi o relógio, sujei bem o carro para parecer velho, andei com um aspeto limpinho mas simples e um tanto despenteada, na hora de almoço desenrolei o paninho e comi da marmita!
Almocei canja!
Eu sei, eu sei que a canja era para a gorda, mas bolas não lhe podemos dar tudo!

Eu também gostava de ser gorda!

sábado, 10 de novembro de 2012

Finita

Fim-semana, o meu período de limpezas interiores e exteriores, reflexão e alguns saltos para arranjar espaço para a próxima que já se avizinha.
Cada semana que passa é tipo uma refeição pesada de difícil digestão, que precisamos de um jejum para conseguirmos voltar a comer.
Desta semana levo uma grande bagagem, desilusões, receios, novidades, necessidade de força extra, raiva, amizade, sensatez... mas tudo acalma quando ao fim do dia volto ao meu canto e às minhas coisas.

Pela primeira vez na minha vida refleti que tenho medo de envelhecer, desatou a apitar um despertador que tenho no peito e me fez olhar para o espelho e ver que de dia para dia estou mais velha.
Não quero envelhecer!
Tenho medo de chegar aos 50 anos e que aquele fio que faz com que eu seja quem sou se desligue e passe a fazer e dizer barbaridades, como tenho visto a acontecer com muita mulher que conheço.

Esta semana comecei uma luta: ou encontro um exilir da juventude ou mato-me antes dos 50...


(já faltou mais)



sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Teste, teste

Humm, será que estas novas tecnologias estão assim tão á frente?
Publicado a partir do telemóvel algures perto do rio Liz....

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

"CeLL"


O último livro que arrumei na estante!

"Cell - Chamada para a morte" um livro escrito por Stephan King e lançado em 2006, conta a história de um pai que procura o seu filho após a humanidade sofrer um surto psicótico, retratado por Impulso e que foi iniciado a partir dos telemóveis.
"Não é à toa que cell (telemóvel) rima com hell (inferno)..."

...
Estive aqui a pesquisar e descobri que possivelmente vai ser lançado um filme baseado nesta história com John Cusack no papel principal.
Para quem não conhece o livro posso explicar o conteúdo com duas séries televisivas muito conhecidas, é uma mistura de "Flashfoward" e "The walking dead".

E hoje enquanto conduzia para o trabalho vi umas certas semelhanças desta música com uma das cenas do livro.
Ficou aprovado. (tudo o que sai das mãos de Stephen King é aprovado).


terça-feira, 6 de novembro de 2012

Uma nota

... se não doesse as pessoas andavam a cortar as pernas com rebarbadoras todos os dias!



Só para que fique registado o que penso muitas vezes quando estou em casa a aturar o gajo.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

"Weekend" culinário



Aqui: folhados de salsicha e tarde de maça

Ficaram por retratar, com muita infelicidade minha, o chocolate quente com natas e canela, os rojões no forno com batatas (o gajo que fez) e à noite a bela petiscada de chouriça assada com pão... e gatos!

sábado, 3 de novembro de 2012

Coisas que assentam

6.ºfeira à noite...
Fim de uma semana de trabalho;
Zero de ideias para o jantar;
Uma ida ao Restaurante Chinês;
Sopa de barbatana de tubarão para matar o bichinho;
Pensamento: o que assentava agora mesmo bem era um filme do Harry Potter ou das Crónicas de Nárnia...


Maldito Karma!

Tinhas que me mandar um gato e dar cabo do resto da noite?

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Filmografia




Título: Emma
Ano: 1996
Género: Romance / Comédia
Duração: 121 min.
Realização:  Douglas McGrath
Intérpretes:  Gwyneth Paltrow, James Cosmo e Greta Scacchi |
Ratings :  6.7/10  


"Emma Woodhouse é uma mulher bonita, inteligente e rica, que vive confortavelmente ao lado do pai viúvo na pequena cidade de Higbury, no interior da Inglaterra. Quando a sua governanta, Miss Taylor, se casa com o vizinho, Mr. Weston, Emma sente um vazio em sua vida e decide ajudar as pessoas a terem uma vida tão perfeita quanto a sua. Torna-se, então, uma casamenteira e passa a dar conselhos na vida sentimental das amigas, apoiando, aprovando ou desaprovando os romances conforme seu juízo de valores. Mas, apesar de aparentar autoridade no assunto, ela se revela uma mulher que nunca se apaixonou". (fonte wikipedia)

Para mim...
Da minha lista de filmes antigos a ver, mais uma grande obra da Jane Austen retratada em filme.
Escolhi esta versão pela presença da grande atriz Gwyneth Paltrow e adorei do início ao fim.
Uma história de amor tanto ao estilo da Jane.
Foi vencedor de um Óscar, mais uns prémios e outras nomeações!




Título: A árvore da vida
Ano: 2011
Género: Drama / Fantasia
Duração: 139 min.
Realização:  Terrence Malick
Intérpretes:  Brad Pitt, Sean Penn e Jessica Chastain
Ratings :  6.9/10

"O filme mostra as origens e o significado da vida através dos olhos de uma família da década de 1950 no Texas, tendo temas surrealistas e imagens atráves do espaço e o nascimento da vida na Terra. Venceu a Palma de Ouro de Melhor Filme, depois de ter sido desenvolvido por Malick há décadas e ter sido adiado várias vezes. Recebeu críticas muito positivas e elogios aos seus aspectos técnicos e méritos artísticos". (fonte wikipedia)

 Para mim...
Só consegui ver aproximadamente 15 minutos deste filme, irritou-me tanto que desliguei.
Até há data só outro tinha desenvolvido em mim tal reação e foi "A rede social".
Sinceramente não entendi a profundidade do filme... 
 

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

[[[[ I had a dream ]]]]

Sente tive sonhos muito estranhos!
Recentemente tenho dois que me lembro com muita frequência e até à data nunca consegui perceber o porquê de ter sonhado com aquilo:

1.º Sonhei que ia de elevador e aquela coisa desprendeu-se e eu vinha ali a cair por aí abaixo dentro da cabina aos trambolhões... não me lembro como acabou mas não deve ter sido figura bonita de se ver.

2.º Sonhei com este vídeo-clip e era eu no lugar da Britney...





... alguém que me dê um tiro, por amor de Deus!

domingo, 28 de outubro de 2012

sábado, 27 de outubro de 2012

"Eu quero!"

(por mensagem de telemóvel)

Ele - "Quero o pack Stark!"
Eu - "Queres o quê?"
Ele - "O pack edição especial dos livros que ando a ler!"
...
Eu - "Para a semana!"
Ele - "HOJE!"

Sou má esposa, por isso vou ser muito má mãe... eu crio demónios!

Quando eu tiver filhos, nenhum deles vai ter hobbies ou coisa parecida. 
Se for possível vão ser todos analfabetos!
Já me basta sustentar o meu vício, mas não que tinha que o pegar ao marido, se tiver filhos mais vale mudar de trabalho e virar bibliotecária...

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Passeios

Felizmente tenho bons amigos e espalhados pelo país, o que me obriga (daquelas obrigações com gosto) a passear um bocado.
No passado fim-semana lá rumámos novamente a Vila Nova de Poiares com direito a almoço num restaurante típico do sítio (não me lembro de alguma vez ter comido uma canja de galinha tão boa), sessão de fotos e uma visita guiada ao quartel de bombeiros lá do sítio.

Aqui ficam pequenas recordações do dia em que fui mordida pelo "bixo"...





E foi também o dia da despedida do meu cabelo comprido... aposta cumprida!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Fui picada

Sei quando, não porquê nem pelo quê.
Inchou, infectou, mudou de cor, ganhou febre e não entendo.
Não sei se o corpo está a expulsar o quer que seja que está lá dentro ou se o que está lá dentro está a rejeitar a minha perna... aposto mais na 2.ª hipótese.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Filmografia



Título: Zé Colmeia
Ano: 2011
Género: Comédia / Aventura / Comédia
Duração: 80 min.
Realização:  Eric Brevig
Intérpretes:  Dan Aykroyd, Justin Timberlake e Anna Faris
Ratings :  4.3/10  

Uma repórter chega ao Jellystone Park para realizar um documentário sobre a beleza do parque e logo se cruza com o Zé Colmeia, o seu companheiro Boo-Boo e cai de amores pelo guarda do parque, Smith.
Deparando-se com a ameaça de o parque ser encerrado para exploração de madeira realizam uma festa para angariar fundos para manter o parque aberto, mas com o Zé Colmeia por perto nada corre bem.

Para mim...
Quem é que não conhece o Zé Colmeia e o seu fiel amigo Catatau?
Filme galardoado com um Ema Award e nomeado pela voz do Justin Timberlake no papel de Boo Boo.
Um filme à revelia de "The Muppets" uma história em tudo igual só mudam as personagens... hum... também elas "cartoons".

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

2.ªfeira

Mais leve é simplesmente um sentimento, mais feliz é simplesmente uma exteriorização do que me vai na alma.
Quando sentimos que tudo corre pela negativa, parece que alguém nos consegue arrebatar na sua áurea negra e pesada, não nos devemos deixar abater e pensar.
Repensar na vida, no que somos, no que fazemos e decidir começar a cortar para podermos seguir em frente, avançar... crescer.
Assim o fiz...
Estou novamente a cortar amarras de projetos antigos.
Cortei o cabelo curto.
Quero experimentar mais e fazer mais e estou a preparar-me para isso porque finalmente tenho junto de mim as pessoas certas!

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

O amor é assim...

Eu para ele:

- Eu gosto muito de ti, juro-te! 
Mas vou ali tomar 2 comprimidos para dormir que tu até a respirar me dás cabo dos nervos quando estou a tentar dormir.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Friendship



Quando damos mais do que recebemos percebemos que algo acabou.
Por mais que amemos, por mais que adoremos, por mais que cá dentro doa temos que seguir em frente e deixar que nos magoa.
Tenho que deixar partir, cortar as amarras e amar simplesmente quem nos ama.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Uma nota




Possivelmente a próxima 2.ª feira vai ser um dos dias mais felizes da minha vida nos últimos 2 anos... é só um pressentimento que tenho cá dentro do peito.


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Bodas de madeira

Pois é, este fim-semana, mais precisamente no dia 13 (sempre adorámos os dias 13) completámos 5 anos de casamento.
Posso dizer que passou muito rápido, aliás rápido demais.
Foram 5 anos em que pudemos passar por muita coisa, problemas com fartura, doenças, desilusões, falta de tempo, falta de dinheiro, falta de espaço, saudades, raiva, sapos (muitos sapos e ratos também) mas tivemos outro tanto de coisas boas, aventuras, risos, família, gatos, aprendizagem (culinária principalmente, para ambos) e acima de tudo a possibilidade de construir algo.
O conjunto é que torna toda esta experiência de "casar" verdadeiramente interessante.

Por 5 anos... que venham mais 5 melhores que estes!


quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Uma nota

Ainda sobre o post de ontem e o filme "Dark Shadows" tenho a destacar a estonteante participação de Alice Cooper, aqui em "No more Mr. Nice guy" que faz parte do álbum do filme.




no more, mr. Nice guy...