sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Não façam isso, a sério!

Existem poucas coisas que me tirem do sério, acho que a idade traz uma certa capacidade de resistência às intempérias da vida e raramente me descontrolo.
Ok, temos sempre aquelas coisas que nos dão um friozinho na barriga e a mim é ter que fazer algo que não goste ou que não me sinta à vontade... mas o que seria a vida sem isso?

Mas confesso que constatei que há situações que simplesmente me bloqueiam o raciocinio, tenho com cada branca que até me esqueço de como me chamo ou para onde vou e esta semana passei uma situação dessas que dúvido que me vá esquecer nos próximos tempos.

Ora, eu ia no trânsito a caminho de casa, numa parte em que existe sempre muito movimento e eu estava (impaciente porque odeio conduzir) à espera para entrar numa rotunda, na faixa contrária sempre carros a passar e de repente alguém no exacto momento que passa por mim mia. Sim, mia!
Alto e bom som!
Bloqueie ao ponto de ficar a olhar e nem saber como se passavam as mudanças na porcaria do bolóide, não sei como não fui em frente e galguei o lancil do centro da rotunda e fiquei lá a servir de estátua...

A sério, se me miaram porque me conheceram, não façam mais isso! Ok?

O meu Tico e Teco não reagem muito bem a essa coisa de ser famosa...



2 comentários:

Eterna aprendiz disse...

Ahahahah

Mas tu vieste ontem para Portugal?:P

Não conheces a raça masculina? que não pode ver uma mulher?

Estavam mesmo a meter-se contigo lol :)

A Produtora de Paparoca disse...

Olá!!! Eu compreendo-a, a sério. Eu não conduzo lá muito bem e caso me acontece o mesmo...eu iria de certeza para o passeio. Bom fim-de-semana bjnhos :)***