quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Dilemas existênciais

Está-me no sangue sofrer por antecipação, já fui terrível mas acho que agora melhorei um bocadinho.
Mesmo assim não consigo evitar pensar em supostas situações que poderão acontecer no futuro no seguimento dos meus actos no presente, imagino todos os possíveis diálogos, soluções, dramas e até as mais terríveis desgraças.
Recentemente enquanto colocava na estante, da minha mini-biblioteca pessoal, a minha recente aquisição...


Pensei que um dia vou ter filhos e de certeza que vou ser confrontada com a seguinte pergunta:

"Mãe, porque é que tens tantos livros de vampiros?" 

... espero ainda ter uns tempos para conseguir arranjar uma boa resposta!

Sem comentários: