terça-feira, 27 de setembro de 2011

Mais uma fichinha mais uma voltinha

Durante escassos 2 dias fiz parte desse extenso grupo de portugueses sem médico de família, problema resolvido com brevidade aquilo pelo chefe de família.
Ora tenho um indivíduo completamente novo para infernizar!
Ao ponto de a um domingo às 23h estar lá contente e saltitante à espera de ser chamada para consulta.
Regressei com confirmação de que a infecção não curou e é a mesma desde há 2 meses para cá, trago mais uma palete de medicamentos, uma resma de exames e a promessa de mais um tratamento a vacinas!





Sem comentários: