domingo, 28 de agosto de 2011

Duelo, duelo, duelo!

Esta semana criou-se em mim uma grande dúvida existêncial quanto à minha saúde, ou melhor, quanto aos conselhos que me foram transmitidos nos últimos 17 anos sobre o meu sistema urinário (malditos rins).
Ora, foi-me incutido desde a adolescência que devia beber água basicamente até cair para o lado, demorei uns largos anos a interiorizar e agora que o assunto tomou proporções graves aprendi a gostar de água (bagaço era sempre melhor!).
Depois de uma longa luta com o Universo consegui estabilizar aqui os chakras e só muito recentemente fui novamente atacada por nova infecção que me levou duas vezes às urgências e os antibióticos não deram em nada.
Defensora da medicina tradicional requisitei os serviços de um perito que me medicou e, como sempre, um reforço para o sistema imunitário (culpa da mãe sempre!), e disse-me, esta foi demais, para beber pouca água.
Decidam-se por favor!
Muita ou pouca água?
Eu até entendo as razões explanadas nas duas situações mas que raio faço agora? Morro na indecisão?
Nisto gostaria que houvesse um duelo, assim ao estilo Stars Wars, com sabres de luz e tal...


... e que ganhe o melhor, antes de eu morrer se fosse possível!

Sem comentários: