quarta-feira, 31 de agosto de 2011

O esforço compensa







Hoje enquanto vagueava na net descobri o Jorge e a Alexa Narvaez que prenderam a minha atenção por quase 1h, tanto pela música como pelo companheirismo, o amor, a dedicação, o esforço... a plenitude.
Não sei porquê mas identifiquei-me com a miúda, sempre a tentar levar tudo na desportiva, a esforçar-me, apesar de fora de tom a tentar sempre ser melhor e acima de tudo divertir-me.
No fundo sou uma criança num corpo de adulto

terça-feira, 30 de agosto de 2011

[Moldura]

Se pudesse emoldurar parte dos meus sentimentos e dos meus desejos seria numa gravura como esta...


O verde da minha alma, a água do meu corpo e o ar puro da minha vida.
Nada poderia ser mais perfeito!

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

When Time Isn't Enough

Tenho tanta coisa nova para contar, tanto sentimento novo e cor que me preenche que parece que as 24h do dia não são suficientes para processar tudo!

Estou feliz e apetece-me ir para o telhado berrar!

domingo, 28 de agosto de 2011

Duelo, duelo, duelo!

Esta semana criou-se em mim uma grande dúvida existêncial quanto à minha saúde, ou melhor, quanto aos conselhos que me foram transmitidos nos últimos 17 anos sobre o meu sistema urinário (malditos rins).
Ora, foi-me incutido desde a adolescência que devia beber água basicamente até cair para o lado, demorei uns largos anos a interiorizar e agora que o assunto tomou proporções graves aprendi a gostar de água (bagaço era sempre melhor!).
Depois de uma longa luta com o Universo consegui estabilizar aqui os chakras e só muito recentemente fui novamente atacada por nova infecção que me levou duas vezes às urgências e os antibióticos não deram em nada.
Defensora da medicina tradicional requisitei os serviços de um perito que me medicou e, como sempre, um reforço para o sistema imunitário (culpa da mãe sempre!), e disse-me, esta foi demais, para beber pouca água.
Decidam-se por favor!
Muita ou pouca água?
Eu até entendo as razões explanadas nas duas situações mas que raio faço agora? Morro na indecisão?
Nisto gostaria que houvesse um duelo, assim ao estilo Stars Wars, com sabres de luz e tal...


... e que ganhe o melhor, antes de eu morrer se fosse possível!

sábado, 27 de agosto de 2011

Em movimento

A vida é cheia de decisões (ou não)!
Desde que deliberei deixar de viver a minha vida como os outros queriam e passar a seguir-me, simplesmente, pelo que eu quero confesso que não me posso queixar de monotonia!
Simplesmente tudo a partir daí parece um autêntico Roller Coster, digno de um parque de diversões de renome.
Não me arrependo de cada novo passo dado, de cada pessoa nova que tive a grande oportunidade de conhecer, de ter que me despedir novamente e partir para outra.
Esta semana foi em parte pautada por uma grande (nova) mudança, mais um desafio que aceitei e despedi-me mais uma vez dos meus recentes amigos no Serviço de Finanças aqui da terra, os quais agradeço a extrema paciência para me ensinar, dar na cabeça e por simplesmente terem sido o que foram: amigos.
Foram quase 4 meses cheios de muita aventura, mas o meu destino ainda estava em aberto.
Mudanças aceites retornei a Leiria esta semana e, a trabalho, encontro-me numa nova empresa a começar tudo de novo...




quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Farta!

De gente que me faz lembrar o "Correio da Manhã", que começa uma conversa por "Então novidades?" e não "Como estás?" e que me dão vontade de criar assunto para mais uma notícia no "Crime".


A vossa vidinha é assim tão insignificante e sem sal que saber dos meus projectos é assim tão fascinante?
Se eu soubesse que era assim uma rapariga detentora da Luz de muita gente escrevia um livro e criava uma seita de seguidores (e enriquecia).

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

: ) Atentamente ( :

"Fanática"...?

Mas será que não percebem que isto é como íman, não consigo evitar!
Então depois de uma noticia destas que querem que eu faça?
E depois ainda me dizem que se calhar eu também sou, só não ando por aí de roupa interior a tentar morder pessoas... mas rosnar sou capaz.

Sabem que isto de andar a esturrar dinheiro no dentista faz tudo parte do disfarce?



Atentamente,
Gabriela




Antes assim que ser fanática pelo Harry Potter e andar por aí a passear de barrete, capa e varinha mágica na mão...

Nos tempos de "teen"

Uma amiga minha - "Olha, ele mandou perguntar o que tu fazias se ele te joga-se uma bisca?"
Minha resposta - "Cortava-lhe a jogada!"


Este foi o pedido de namoro mais caricato de toda a minha vida, o certo é que acabaram por juntar os trapos os dois: a minha amiga e o suposto perito em jogos de cartas!


terça-feira, 23 de agosto de 2011

Coisas que pessoas normais fazem

Eu sempre fui do contra em quase tudo, dá-me gozo!!

Mas de vez em quando também dou parte fraca e como pessoal normal que sou (nos tempos livres) dei por mim a fazer coisas normais quando se tiram uns dias de folga e tenho-me dedicado a babar o sofá.

Eu que nunca fui de sestas...

Weekend's movies

Escolhidos todos desta vez pelo gajo primaram sobretudo pelo humor... porque para deprimida já basto eu!





"Pirata das Caraíbas IV - Por estranhas Marés"

Pouco tenho para falar sobre este filme, talvez somente: DIVINAL!
Adorei as sereias, adorei, adorei!






"Velocidade Furiosa 5"

Repetir DIVINAL seria muito sem imaginação?
Verdade é que gostei mais deste do que do Pirata das Caraíbas, fiquei pregada ao ecrã do 1.º ao último segundo completamente extasiada.
Adoro carros, adoro acção... amo o Vin Diesel!


Para finalizar e variar um bocado:





"Kung Fu Panda 2"

Honestamente gostei mais do 1.º filme desta "piquena saga", mesmo assim não deixei de rir.
Destaco o excelente soundtrack deste filme que simplesmente adorei.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Life sucks

A proporcionalidade dos acontecimentos na minha vida é aterradora, numa mão tenho a melhor notícia que podia esperar dos últimos tempos e na outra tenho o que de pior pode sempre acontecer. 

Estes que deviam ser dias para celebrar a nova etapa que se aproxima e preparar-me para tal passo-os tentando colar os bocadinhos deste buraco no meu peito, para que não o sinta tanto quando tiver que dar o melhor de mim.
Passo o dia a pensar em tudo o que podia ter sido e não foi, tentando fechar todas as gavetas que ficaram abertas.
Só continuou com uma questão por responder...

Se morressem hoje iriam em paz?

domingo, 21 de agosto de 2011

Do baú

Sou aquilo que se pode chamar de grande fã do Jason Statham, vi quase todos os filmes dele e no geral adoro (tirando o maldito 13).

Achei este no baú que ainda não tinha visto, é coisa que pode acontecer, no meio de tanta variedade cinematográfica que abunda nesta casa.




"In the name of the king"

Uma história ao estilo "fairy tale", onde houveram monstros, traições, reis perdidos, magos... faltou a princesa!
Um punhado de actores de renome na tela como John Rhys-Davies, Ron Perlman, Claire Forlani, Matthew Lillard, Ray Liotta, Burt Reynolds entre outros.
Apesar de tudo concordo com a baixa pontuação no IMDB, de 1 a 10 fica-se pelo 3.8, não deixando contundo de ser um bom filme de entretenimento.

sábado, 20 de agosto de 2011

Sobre a vida e a morte

"A morte não é nada para nós, pois, quando existimos, não existe a morte, e quando existe a morte, não existimos mais."

Epicuro


Por mais anos ou experiências que passe não sei lidar com a morte, acho que nunca ninguém saberá e com o passar do tempo sinto que pequenos pedaço de mim se perdem no tempo e no espaço. Ficam simplesmente paralisados, um futuro que poderia ter sido mas nunca será...
Ontem chorei novamente a morte, despedi-me de alguém e regressei de coração nas mãos por tão efémera ser esta nossa passagem.
Enterrei um rapaz de 23 anos, que vi nascer, crescer, estudar, trabalhar, namorar...
Enterrei mais um bocado de mim num cemitério que está a ficar cheio demais de pequenos pedaços meus.


Ecoa-me nos ouvidos não o lamentar de uma mãe que perdeu um filho cedo demais, era demasiado jovem para ter ficado onde o deixámos, mas sim o de uma rapariga cheia de sonhos e desejos (tal como qualquer jovem) que de um momento para o outro viu todos os seus sonhos desabar:
"Quero a minha vida de volta!"

Sinto um buraco no peito que doí imenso, um buraco que teima em não sarar porque não deixo de perder as pessoas que gosto. Enrosquei-me na cama, tentando que os bocados não se separassem e lembrei que nunca ninguém disse que a vida era justa... simplesmente que valeria a pena.

Toda a notícia aqui.



Prometam-me uma coisa, um dia quando eu morrer, não me deixem aqui... enterrem-me lá, junto dos meus. Por favor!

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

And I'm the crazy one




E eu é que sou a maluca?
Reparem na cara da mocinha da esquerda ao fundo (de óculos) quando o "Jacob" tira a t-shirt... existem poucas a reagir assim a um homem semi-nú.
Fiquei tão absorvida nas reacções que o trailler em si era secundário...

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Só uma pergunta

Porque é que nunca ninguém me defende?

Nos últimos tempos (talvez anos) apercebo-me que raramente alguém me defende no quer que seja.
Seja numa ideia que ache mais acertada, opinião ou até num confronto mais físico.
Será que deixaram de achar necessidade de me defender ou apoiar?

Posso dizer que sinto falta disso!

Sou um ser humano normal e gostava de sentir que apoiassem as minhas ideias em vez de me tirarem o tapete debaixo dos pés com tal rapidez que até se me foge o sangue...
E por vezes os confrontos vêm de onde menos prevemos e raramente estamos preparados psicologicamente para o quer que seja.
Sinto-me assim pequenina, com medo e só me apetece meter-me à estrada e caminhar até me perder.
Mas eu vou ser mais forte que isto e vou mostrar que estão errados, muito errados e que vão ter orgulho de mim no final.

Eu sei que vou ser capaz!

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Super 8




Porquê "Super 8"? Alguém me explica onde foram arranjar o nome?

Quanto ao filme, simples entretenimento, nada de fabuloso. Bem feito e produzido, mas nada que eu visse a 2.ª vez.
Gostei da actuação dos míudos, mas acho que deviam ter explorado mais o motivo principal do filme, sobre o qual toda a história rodava que era o extraterreste.

Tenho visto mais filmes mas se fosse a falar de todos isto começaria a parecer uma cópia reles e barata do IMDB!

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Síndroma de boa vida

Todos me gozam quando digo que férias e fins-semana prolongados me fazem ficar doente. Chamam-me, em tom de escárnio, de "aficcionada pelo trabalho"... ignoro.
Mas a verdade é que sofro de um síndroma qualquer a tudo o que toca a não fazer nada, fico literalmente doente.
As últimas férias que tive (aquelas que considero como férias porque não fiz mesmo nada) passei metade na boa vida e a outra metade terrivelmente doente e foi coisa para durar uns bons meses a estabilizar.
É por estas e por outras que desde 2009 não tenho férias e tenho andado com uma saúde quase de ferro!
Mas foi preciso um fim-semana da treta como este, em que fui à praia e tive um aniversário para começar o dia de hoje logo cedo nas urgências, já andava aqui a rebolar desde madrugada.
Diagnóstico: o costume.
Vim com mais uma lista de indicações e recomendações, antibiótico, analgésico e um anti-qualquer coisa.


Ainda bem que amanhã já é dia de trabalho!

sábado, 13 de agosto de 2011

Nostalgia

Retornar ao que sempre chamei de minha cidade, vaguear pelas suas ruas e ver caras conhecidas, conduzir no trânsito stressante da hora de ponta, ir visitar o meu ex chefe e jogar conversa fora mais de 2h.

Ir à praia com a família, fazer um piquenique e ver golfinhos, ao largo, em plena Praia das Pedras Negras!

Hoje estou assim, nostálgica!
Foram 2 dias de muitas emoções à mistura e que me estão a fazer sentir tão bem.
Tenho saudades de muita coisa mas ficarei com saudades do que tenho agora...


sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Twilight addicted

Retirado daqui.


Pelos vistos existem mortos que andam entre nós, em papeis de mortos!
Perceberam a piada?

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Black Wednesday

Nem acredito que cheguei viva ao dia de hoje, que passei intacta as 24h do dia de ontem!
Não sofremos nenhum ataque terrorista (bombas ou um maluco de shoot-gun em punho) e também não fui testemunha de nenhuma agressão ou mesmo assassinato do chefe. Qualquer coisa assim digna de CSI.
Isto de trabalhar num Serviço de Finanças confesso que não é propriamente um trabalho que prime pela segurança.
Fomos ameaçados por um "cãotribuinte" que ia lá rebentar com aquilo tudo ontem (porque era o dia em que o chefe voltava de férias) e que podiamos já ir chamando a polícia porque ia partir aquilo tudo.
Mas o dia passou pacífico...
Ainda tivemos outra ameaça, ficou-se tentado em dizer para vir noutro dia... é que para 4.feira já tínhamos uma marcação.


quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Hoje vou falar de doces



Uma experiência de fim-semana que saiu na edição deste mês da Saúde à Mesa: Semifrio de Ameixas
Aqui vai a receita, é só clicar para aumentar e imprimir.



Pessoalmente não gostámos (foi mesmo no plural) porque o contraste do doce com o travo da ameixa não é propriamente o nosso forte!

Isto para desviar um bocado a minha mente de pensar que continuou a penhorar pessoas a torto e a direito e que qualquer dia me fazem uma espera aí numa esquina qualquer e fico sem os dentinhos. E o que me irrita mais é que eu até gosto do que faço...
Já pensei começar a usar um nome artístico só para o trabalho!

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Porque sonhar ainda não paga imposto

Enquanto deambulava pela net numa labuta, que dura há uns anos, em procura da imagem que quero para a minha futura tatuagem (mas que continuou a não encontrar) limito-me a ir reunindo um conjunto delas de modo a partir de todas conseguir retirar um bocadinho de cada e montar realmente o que desejo, dou de caras com esta que é o meu sonho... o sonho sem a coragem!



Imagem retirada daqui.

Acreditam que eu já sonhei mais que uma vez que tinha esta tatuagem?
É algo que não consigo explicar como se fosse o materializar de um sentimento que me aperta cá dentro e finalmente pudesse "ganhar asas" no meu exterior.

domingo, 7 de agosto de 2011

Sair do armário (uma das vezes)

Confesso que nem sempre fui assim destemida...
Até aos meus 20 e tais era muito reservada e posso até dizer tímida, acho que tudo no geral me assustava e eu própria me sentia um pouco deslocada no meu corpo.

Mas esta música andou a martelar-me anos e teve o seu "quê" de culpa de eu ter saído de mais um armário onde me encontrava.


sábado, 6 de agosto de 2011

E se esta vida não me chegar?


Sinto um aperto no coração como se tudo fosse acabar cedo demais e fosse ficar tanto por fazer e tanto por dizer.
E se não tiver tempo suficiente para me cumprir?
E por ironia do destino partir antes sequer de ter provado metade daquilo que sou?
E se ....

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

More movies

Fãs de Transformers (como eu) vão ver o filme!




"Transformers 3 - Dark of the Moon"

Acho que o trailer dispensa quaisquer palavras quanto à produção ou à (sempre) extraordinária banda sonora!


Este andava perdido e hoje aquando da limpeza da minha lista é que vi que me tinha esquecido de falar dele.





"Ironclad"

Simplesmente fantástico! Fez-me lembrar a mini-série que adorei "Os pilares da Terra" mas aqui a retratar o estilo de vida dos Templários numa batalha contra o Rei João e a sua tirania.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Eu tive um sonho!

Estarei louca ao pouco de estar a passar para texto um sonho que tive?
Será considerado loucura que aos 31 me dedique a escrever algo ao estilo de "FanFic"?


Imagem retirada daqui.


Loucura ou não, esse algo já vai com 25 páginas e ainda mal vou a começar...

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Em jeito de celebração

As pessoas festejam demais, celebram em excesso e com pompa e circunstância (ridículas) as efemeridades da vida.
Não sendo capazes sequer de ter consciência que o que realmente se devia celebrar lhes passa ao lado como a água de um rio que corre calma e silenciosa todos os dias.
Celebrem a vida, o amor, a família, dêem palavras de carinho aos que realmente amam, desejem e simplesmente façam!
Não se acomodem ao politicamente correcto e simplesmente façam o que querem e sejam realmente felizes.
Quando conseguirem atingir esse patamar aí sim verão o que realmente vale a pena celebrar na vida.

A vida são 2 dias e 1 já passou...

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Digno do 4.º piso? (ou 5.ºpiso, não sei)

Mas qual é o problema de falar e rir sozinha?

Nunca ouviram dizer que "mais vale sozinha que mal acompanhada", ora eu estou sempre muito bem acompanhada...