segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Evolution

Tudo na vida parte do princípio da evolução, pelo menos assim o deveria ser.
Um dos muitos campos onde crescemos é na música (ok, alguns), com os anos corri os diversos tipos e sons... agradeço o facto de ter mente aberta e ouvir de tudo.
Mas o amadurecimento levou-me a preterir alguns tipos de sons em detrimento de outros, nos dias de hoje rodeio-me de música clássica, tornei-me uma ligeira aficionada de "movies soundtracks", música comercial (q.b.) e rock puro, metal, trash, black metal e tudo o demais dentro da onda que me predisponho a ouvir.

E quando pensamos que já nada nos surpreende?
E por 1€ de entrada temos a maior das surpresas dos últimos anos, assim o foi e conheci os Scarscythe.




E digo-vos, eles têm uma cover divinal de "Alejandro" da Lady Gaga (eu odeio tudo o que venha daquela coisa asquerosa intitulada de mulher).

Carinhosamente o gajo chamou-lhe "putos das Caldas".

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

A preparar

Estou a preparar a minha vinda para casa quase com tanta pompa e circunstância como preparei o casamento.
Hoje já andei a escolher as minhas próximas compras para a minha futura vida.

Um destes:

E gostei destas:
Vou voltar a correr (talvez), andar pelo menos...

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

As dúvidas têm dias...

Aqueles dias que sim e aqueles dias que não.
Dias em que só nos apetece sentar no banquinho do jardim e ficar ali a ver o mundo a rodar, simplesmente como mero observadores.
Sinto que as pessoas começam a duvidar da minha sanidade mental quando se debatem com o meu positivismo e boa disposição extrema, acho inclusive que até irrita algumas.
Tenho uma amiga que me disse há uns dias "entrega nas mãos de Deus e confia" e eu entreguei e confiei, acredito que tudo se vai resolver por mais voltas que a vida dê.

Ontem sugeriram-me oferecer os meus serviços à concorrência! Doeu...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Sonhar nunca matou ninguém




Aquando do aniversário da escritora Stephenie Meyer li num dos muitos blogs da Saga Twilight uma "oração" que de vez em quando me lembro e me faz rir.


"Santa Meyer, que escreveste o teu sonho,

Santificados sejam os teus livros;

Venham a nós um Edward

E que faça a sua vontade na terra e que me leve ao céu.

Dê-nos hoje um amigo como Jacob para passar o dia;

Perdoai as nossas ofensas,

Assim como nós perdoamos-te por tornares a nossa vida amorosa frustrante

Não nos deixai cair em tentação de ler os livros antes que saiam em português,

E livrai-nos dos spoilers todos,

Ámen."


terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Nas curvas e contracurvas

Escrito na traseira de um camião hoje à minha frente na A19

"Os camionistas são simpáticos."

Daí-me o prazer de corrigir "Alguns camionistas são simpáticos", tenho-o dito.


segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Crises

-"Então o teu pai fez anos! Quantos fez?"
- "Humm, não sei."
- "Então não sabes quantos anos tem o teu próprio pai'"
-"Lá sei eu! Ainda não sei o que raio ando a fazer à face da terra, era exigir demais saber a idade do meu pai... opá, cinquenta e poucos."


Porque é que as pessoas exigem que saibamos coisas destas?

domingo, 23 de janeiro de 2011

13




E o que eu tenho a dizer sobre 13? It sucks!
Poderei dizer um filme que deverá ter tido um custo de produção baixíssimo dado que 75% do filme é um grupo de homens (os jogadores) no JOGO.
O jogo que básicamente são homens num círculo, aos quais são dados 1,2 ou 3 balas que são metidas ao acaso no cilindro da arma que cada um tem e que depois apontam à cabeça do homem em frente (na roda) e quando a luz do tecto se acende eles disparam. Sobrevivem os possuidores da sorte e ganha o que conseguir chegar vivo ao final.
No fim do filme o vencedor é morto pelo irmão do seu adversário de jogo mas antes ele consegue mandar o dinheiro que ganhou por correio para a família.

Agora eu pergunto, como raio actores de renome como Jasons Statham, MIckey Rourke, Michael Shannon, David Zayas entre outros alinharam nisto?
E mais ainda, como raio este filme tem 6,6 de rating no IMDB?

Andam por aí muitos maus filmes ou eu é que estou a começar o ano mal?

sábado, 22 de janeiro de 2011

Gabriela, a santa

Algures a meio da noite da passagem de ano um colega do gajo chamou-me Santa, razões as quais explicou concisamente e eu até percebi, mas no fundo não encaixei com a característica.
Mas hoje sinceramente acho que ele tinha uma certa razão.
Eu de certeza que tenho um lugarzinho no céu só por ter que aturar o gajo... quando a um sábado sai cedo para ir trabalhar, volta de raspão antes de almoço para trocar de roupa e ir para os Bombeiros e me diz:
"-Não te esqueces-te que logo é o aniversário do "X" e não venho jantar a casa porque vou estar de volta do churrasco?"
Esquecer não esqueci, nunca mais me lembrei foi!

Santa não, é muito forte, mas talvez um anjinho "papudo"... já estive a ver o preço de umas asinhas.





sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Eu até me estava a safar bem [lol]

Sair em grande sempre foi uma característica minha e mais uma vez vou sair em grande.

Hoje veio a confirmação, a quase 3 semanas do fim do meu trabalho, vou receber um prémio de cobranças de 4 dígitos ( sem vírgulas)...
Mais uns meses e ficava rica!

Dai-lhes paz à alma...

  Nome da Criança by vpalmeirim


Como é possível uns pais fazerem isto a uma criança? LYONCE VIIKTÓRYA

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

[mudanças]

Quando as situações são do outro lado temos uma perspectiva completamente diferente da vida, opinamos de uma maneira assertiva e cientes de toda a sabedoria que nos preenche.
Julgar os outros sempre foi mais fácil que nos julgarmos a nós mesmo ou simplesmente admitirmos que errámos ou que podemos fazer melhor.
Com os anos e situações aprendi que as pessoas não mudam, nós é que aprendemos a adaptarmo-nos uns aos outros de modo que a vida em sociedade decorra sem demais problemas.
Segui recentemente de perto uma situação melindrosa de uma separação com filhos implicados que acabou por descambar num "voltar".
Semanas depois de estarem de novo juntos uma das partes confessou-me:

"Afinal fui só eu que mudei!"

Fiquei sem palavras...

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Família é...

Aquela que passa sacrifícios por nossa culpa quando num dia de frio os obriga a ir para plena serra de Alvaiázere levar com o vento gelado nas trombas só para eu poder recolher um saco enorme de alecrim para os meus banhos de limpeza de alma.

Família sofre, a minha nem imaginam...

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Constatações realmente importantes

Ainda numa onda de séries de televisão e uma vez que descobri que tenho uma veia para graçolas (podia ser para poetisa ou cantora, mas não) e que me faz andar a rir sozinha.
Não, eu não sou maluquinha de nascença, infelizmente isto veio com a idade.
Desde que o gajo me obrigou a ver os 3 filmes do Senhor dos Anéis que nunca mais consegui ver episódio que fosse da Ghost Whisperer sem andar a rir pelos cantos (é a demência eu sei).

Agora diga-me vocês se tiverem coragem qual é a característica em comum destas 3 personagens?
















Melinda de "Ghost Whisperer"













Legolas Greenleaf do Senhor dos Anéis (o elfo jeitoso)












Gimli também do Senhor dos Anéis ( o anão estrábico)




Então quem arrisca o que têm estas 3 personagens em comum?

Não sabem?


Eu sei... gostam de mandar pessoas para a luz, a única diferença é que os dois últimos contam-nas.

HAHAHAHA

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Os Pilares da Terra

Certamente hoje assunto de conversa por esta "blogosfera" fora, poucos devem ter sido os que não terão visto os últimos episódios que passaram ontem.
Confesso ter sido uma das melhores séries que vi nos últimos tempos, das poucas da actualidade em que realmente ensina e se aprende qualquer coisa.



Os Pilares da Terra  é uma mini-série de 8 episódios, uma adaptação de um conjunto de 2 livros com o  mesmo nome da autoria de Ken Follet, cuja história gira em torno da construção de uma igreja no século XII na Inglaterra, obra-prima que já vendeu 90 milhões de livros em todo o mundo.
"Na Inglaterra do século XII, Tom, um humilde pedreiro e mestre-de-obras, tem um sonho majestoso – construir uma imponente catedral, dotada de uma beleza sublime, digna de tocar os céus. E é na persecução desse sonho que com ele e a sua família vamos encontrando um colorido mosaico de personagens que se cruzam ao longo de gerações e cujos destinos se entrelaçam de formas misteriosas e surpreendentes, capazes de alterar o curso da história. Recheado de suspense, corrupção, ambição e romance."
Simplesmente viciante!

sábado, 15 de janeiro de 2011

Uma frase com piada

Ontem foi o meu último dia de contrato, o marco de viragem para todo um universo de incerteza e de desconhecido.
Mesmo assim não deixei de rir o dia todo com a frase que ouvi logo ao início da manhã:
- "Gabriela, tu 2.ªfeira vens trabalhar normalmente, está bem?"

Claro que irei...
Isto é como um casamento "para o bem e para o mal, na saúde e na doença".

1-0 na cozinha


Há coisas que faço que deviam ser proibidas dele comer, por terem saído tão boas!

... mini-folhadinhos de salsicha com espinafres

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

[ extension ]

O meu dedo é uma extensão do meu braço, que por sua vez é uma extensão do meu tronco, que por sua vez ( e todo o seu conjunto) é uma extensão da minha cabeça. A principal e única responsável por todo o resto.
Todos nós, e o que nos compõe, somos uma extensão de algo.
Nós somos uma extensão de um pai e de uma mãe, um tentáculo de uns avós...

Hoje senti-me uma extensão de qualquer coisa, mas não de um ser humano, sinto que estou a perder novamente o pulso ao que me segura!
Em jeito de ternura disseram-me "não deixes que a tristeza tome conta do teu coração, tens um coração bonito demais" e eu pergunto como pode um coração ser bonito se não se sente parte de nada?


 

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

{e quando acaba o que nos preenche}

Estou a meio daquilo a que se poderá chamar de última semana de trabalho oficial (voltamos à mesma história de há uns 7 meses atrás sobre ser oficial e não ser).

A partir de 6.ªfeira às 18h deixo de ser oficialmente colaboradora da Otis, cumpri o meu objectivo a quando da minha vinda para aqui.
Depois vou entrar no período não oficial em que continuarei a trabalhar aqui mas destacada até ao dia do adeus final.
E vai doer, se vai...

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Pancadas

A quem me conseguir explicar agradecia.

Para quem não sabe visto sempre uma t-shirt quando ando por casa, de verão é a camisola oficial, de inverno é por cima das camisolas todas antes antes de enfiar o casaco.

Se não trouxer uma vestida não ando bem, como se me falta-se qualquer coisa.

Há por aí algum psicólogo?

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Constatações foleiras

Nós os 2, um filme e o silêncio (imaginem se faz favor!).

Passado 20 minutos depois de uma cena importante.
Eu - "Ah, agora percebi!"
... ele olha pasmado para a minha cara
Ele - "Esse cabelo loiro está mesmo a afectar-te o cérebro."


O amor é lindo!

3 filmes do Senhor dos Anéis depois

Para as coisas correm bem tem que se dar qualquer coisa em troca depois de recebermos.
Ele viu 6 filmes do Harry Potter, logo eu tive que ver os 3 do Senhor dos Anéis, é a vida, é dolorosa.

Uma coisa posso dizer, finalmente percebi a história e apesar de ter adormecido no 1.º, o 2.º vi todo... e ao 3.º desesperei!
Mas quem é que consegue ver filmes de 4h?


Quanto a crítica, é impressão minha ou existem indícios de homossexualidade em todo o filme?
Não tenho nada contra e aliás sou toda a favor.
Mas ai levanta-se outra dúvida, serão os livros tal e qual?

Infelizmente fico-me pelas suposições porque não teria coragem de ler os livros, não, não sou assim tão corajosa.

domingo, 9 de janeiro de 2011

Private joke

Isto é a minha vista no meu local de trabalho aqui em casa.


Que deu logo motivo a revolução entre mim e o gajo porque, segundo ele, eu não o deixaria colar tralhas no armário de lado dele.
Ao qual respondi: "Tu tens é inveja de não ter tido uma ideia tão gira como eu."

(ponto final, parágrafo)

sábado, 8 de janeiro de 2011

No one belongs here more than you... - 1/2011

by Miranda July

O primeiro livro na secção dos "lidos" de 2011, em inglês e pedido emprestado da biblioteca do irmão.
Vou tentar resumir em 2 palavrinhas:

Crasy woman!



Um livro feito de pequenas histórias, quase todas elas de índole sexual e meio amalucadas. 
Agora percebo o olhar que o meu irmão me lançou quando eu disse que levava este para ler, a minha atracção pelo título e cor da capa foram de certeza o que me levou a escolhe-lo.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Dualidade de sentimentos

Sinto-me confusa com aquilo que sinto, como poderei eu depois de uma excelente noticia me sentir assim tão triste?



"Não há alegria neste mundo tão privilegiada, que não pague pensão à tristeza."

António Vieira

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

2010 foi assim


E assim confirmo que andei perdida um ano inteiro, aparecem aqui filmes que eu não faço ideia em que altura saíram.
Os filmes usados estão aqui e a música espectacular está registada na descrição no Youtube.

Vícios

Preciso de um vício para combater outro vício!
Só fui dependente de uma coisa na vida e sei o quanto me custou a largar (é uma longa história) mas actualmente ando a ficar dependente de café, café, baldadas de café... dormir nada!
Não sou muito de resoluções mas admito que preciso de resolver esta minha dependência e arranjar outro vício qualquer.
Podia começar a beber cachaça, era giro se não existissem as ressacas.
Podia começar a fumar, os meus pulmões ficariam contentíssimos dado que são viciados em fumo de tabaco e agora não tenho quem fume perto de mim.
Podia ficar viciada em doces, mas enjoo com facilidade.

Enquanto não resolvo o meu problema existêncial com as aulas de dança, aquelas que não tenho ido.
E porquê? Porque eu até gosto de homens, sempre gostei, mas não estou a achar piada passar uma noite a ser agarrada por velhos (babosos) e por cúmulo ainda pagar!

Preciso de um vício novo com urgência!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Arrisco-me a dizer

Alto e bom som porque sei que daqui a uns tempos (ou poucos dias) me vou arrepender friamente porque o Todo Poderoso me vai mandar uma só para castigo.

Mas aqui vai:


Faz hoje precisamente 1 ano que tive a última infecção urinária!
É o meu maior recorde para aí dos últimos 10 anos, é um karma esta minha vida.

Com tantos descendentes maternos (a minha mãe, eu e o meu mano) porque raio tive que ser eu a única a sair à avo? Porquê?
É dos meus maiores desgostos quando me dizem em tom de gozo "Saíste mesmo à tua avó!" quando me vêem com o saco dos comprimidos ou a ir para mais umas consultas de urgência, a ter dores aqui e ali, infecções das mais estranhas à face da terra.

É um karma esta minha vida, se é.

Só uma mãe sabe

Há aspectos da vida que só uma mãe com largos anos de experiência como a minha mãe sabe.


Aspectos tais como os seios da Ashley Greene serem até ao umbigo e quebrando assim qualquer sonho que o gajo possa ter com ela (de cabelo curto, porque segundo ele, fica mais gira de cabelo curto).


A vida é bela!

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Coisas de quem tem gatos... muitos gatos

Dá-me um certo gozo ver a cara das pessoas quando vou ao Hiper e saiu de lá com um saco de aveia e 10kg de terra para flores.

Só quem tem gatos à braçada sabe como gerir estas coisas das necessidades...
Eles gostam e devem comer erva... eu providencio!
Não tenho grande jeito para flores e coisas assim, mas sou expert em erva verdinha e fresquinha em vasinhos espalhados pela varanda.

Sou a melhor amiga dos gatos!

domingo, 2 de janeiro de 2011

Seen..



No aconchego do lar e "home made popcorns".

Vamos considerar o 1.º filme do ano e não contar os outros 3.400 que já vi desde o início do fim-semana prolongado.
Quanto a prognósticos só daqui a 2h, logo conto se vale a pena ou não ir ver ao cinema.

Actualização:
Começar o ano com um filme extremamente mau é uma verdadeira peróla.
Fazendo comparações foi só umas milésimas melhor que o Distrito 9, que foi na minha opinião mesmo muito mau filme.
A certa parte do filme dizia eu: "Coitadinhas das pessoas que forem gastar dinheiro para ir ver isto ao cinema!"
O melhor da tarde foi mesmo o cobertor e as pipocas...