sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

2011

Li algures que um novo ano não é razão para uma mudança, cada dia, esse sim, é dia de mudança.

Este ano que termina dentro de poucas horas foi um ano de muitas mudanças, cada dia foi um desafio, cada dia foi "o dia"...
Digamos que foi um ano de amor/ódio e uma das minhas maiores vitória foi ter conseguido mudar de emprego e finalmente ter atingido objectivos que para mim são essenciais para existir.
Mudança essa que me permitiu trabalhar para viver e não viver para trabalhar, meter a minha família em primeiro plano, a nível monetário conseguir em 6 meses ganhar quase o mesmo que em 12 na empresa anterior, ter imenso tempo livre, passear, ler imenso, ouvir música ainda mais, rir muito,
Deste ano levo na memória a descoberta da minha intolerância à lactose que me obrigou a deixar de beber leite e comer iogurtes (agora a minha vida ronda em torno da soja), levo o regresso do meu irmão para Portugal, levo a morte da minha avó, levo a minha descoberta pessoal que vivia dentro de um armário do qual podia livremente sair (e sai) fazendo de mim uma pessoa em tudo diferente do que era antes.

Finalizei o ano com o encerrar de uma grande decisão e entregar toda o processo para iniciar a avaliação para podermos adoptar.

2011 será sem dúvida um ano de mais metas e maiores desafios mas eu sei que algo grandioso me espera um dia e o meu destino é simplesmente seguir os meus sonhos...

Façam um favor ao mundo e tratem de ser felizes...


Ah, não esquecendo que 2010 foi o ano em que pela 1.ª vez me tornei fã(fanática) de algo!

2 comentários:

Marilena disse...

FORÇA!!!!
Que o novo ano permita a realização de todos os teus desejos.
Beijinhos e continua com essa garra.

Patricia disse...

What happened in 2010 stays in 2010... Welcome 2011!

Beijos grandes