sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

2011

Li algures que um novo ano não é razão para uma mudança, cada dia, esse sim, é dia de mudança.

Este ano que termina dentro de poucas horas foi um ano de muitas mudanças, cada dia foi um desafio, cada dia foi "o dia"...
Digamos que foi um ano de amor/ódio e uma das minhas maiores vitória foi ter conseguido mudar de emprego e finalmente ter atingido objectivos que para mim são essenciais para existir.
Mudança essa que me permitiu trabalhar para viver e não viver para trabalhar, meter a minha família em primeiro plano, a nível monetário conseguir em 6 meses ganhar quase o mesmo que em 12 na empresa anterior, ter imenso tempo livre, passear, ler imenso, ouvir música ainda mais, rir muito,
Deste ano levo na memória a descoberta da minha intolerância à lactose que me obrigou a deixar de beber leite e comer iogurtes (agora a minha vida ronda em torno da soja), levo o regresso do meu irmão para Portugal, levo a morte da minha avó, levo a minha descoberta pessoal que vivia dentro de um armário do qual podia livremente sair (e sai) fazendo de mim uma pessoa em tudo diferente do que era antes.

Finalizei o ano com o encerrar de uma grande decisão e entregar toda o processo para iniciar a avaliação para podermos adoptar.

2011 será sem dúvida um ano de mais metas e maiores desafios mas eu sei que algo grandioso me espera um dia e o meu destino é simplesmente seguir os meus sonhos...

Façam um favor ao mundo e tratem de ser felizes...


Ah, não esquecendo que 2010 foi o ano em que pela 1.ª vez me tornei fã(fanática) de algo!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Sem dormir

Tenho auditoria daqui a 1h...
Em resumo estou uma pilha de nervos, não dormi nada, não sei o que levar vestido e desconfio que vou gaguejar quando me fizerem perguntas sobre procedimentos internos.


I'm freaking out!


quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

resoluções de ano velho e ano novo



Pensar em 2010 e 2011 desperta em mim o desejo de rezar!
Mas por agora bastaria-me de ter a voz dela.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Falando de férias, as tais

Hoje "supostamente" deveria ser o meu último dia de trabalho antes de ir de férias prolongadas.
Mas ainda não sabem o que fazer comigo!

Eu sei! Arrasto-me...

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Quando o sol me foge

Sabem a sensação quando algo já não está mais nas vossas mãos e dependem de outros?

Sinto que entreguei a alma ao Criador e aguardo que a devolva...

Não tenho paciência para esperar algo dos outros, que outros decidam, ou pior, tenham a palavra final sobre o que quero ou deixo de querer.
A vida não deveria ser assim!
O pior sentimento com que se pode viver é a esperança, não digo que seja mau, mas também não é felicidade duradoura.
Mais cedo ou mais tarde uma centelha de escuridão acaba por nos invadir e apagar qualquer réstia de luz que prevaleça e faça o corpo (e a alma) sobreviver.



O criador têm me feito ver nestes últimos dias que não podemos atingir tudo o que queremos na vida, ou pelo menos, está-me a fazer ver que ainda preciso de dar umas cabeçadas e que não sou suficientemente boa para o que quero!
Meses de esforço para se resumirem a uma carta que me estragou a véspera de Natal, dias seguintes e ainda os que estão por vir. Porque há coisas que não me saem da cabeça e uma delas é que não fui suficientemente boa para aquilo que queria e um 3.º lugar "isn't good enough for me".
Já chorei o que tinha a chorar agora dei lugar à raiva!

domingo, 26 de dezembro de 2010

Nunca ninguém está satisfeito!

... estás mais gordinha.
... estás mais magrinha.
... gosto mais de te ver de cabelo curto.
... o cabelo preto fica-te melhor.
... de saia?
...



For God's Sake, Shut Up!

sábado, 25 de dezembro de 2010

O que é que eu ganhei no Natal?


Isto!
E 1h sentadinha sossegadinha...

Agora reflectindo poderão dizer-me as diferenças da foto acima para esta, tirada no início do ano.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

As coisas que não gosto no Natal

Hoje é dia de almoço de Natal.
Hoje é dia de jantar de Natal.



Amanhã é dia de uma belíssima dor de estômago... vá, de Natal...





P.S. Vou tentar trazer fotos, os cornos de rena vão no saco... pode ser que tenha oportunidade de me envergonhar mais um bocado publicamente!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

A love story

Nunca fui de histórias de amor, nem em filmes nem na vida real...

Mas com a chuva a bater na janela, o cansaço que tomou posse de mim nos últimos tempos, um frio que me gelava e fazia doer os ossos e a certeza de mais uma noite sozinha fez-me deambular sobre como ocupar a mente para esquecer o corpo
Virei as dezenas de cd's que estão espalhados na mesa dele numa tentativa de fugir ao normal e não voltar a ver os mesmos filmes pela centésima vez ( o que já não causa qualquer espanto a ninguém) encontrei um que há anos queria ver, ele arranjou e eu nunca mais me lembrei... agora era o dia!



Eu nunca fui de histórias de amor, ainda mais das que têm um final triste...
Mas de vez em quando sabe bem ver uma história de amor e imaginar que afinal o amor eterno existe e que a beleza do mundo continua preservada algures, nem que seja numa tela de cinema.
Nunca fui de histórias de amor mas gostei do filme...

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

100 verdades sobre mim

REGRAS: Uma vez que foste 'taggado', é suposto escreveres uma nota com 100 verdades sobre ti. No fim, escolhes 20 pessoas para fazeres tag. Tens que fazer tag da pessoa que te taggou.Tagged significa 'Eu estou interessado em saber quais sao as tuas 100 verdades'', ou é aleatório LOL. (Para fazer isto, vai para ''notas'' debaixo dos tabs no teu perfil, copia e cola esta nota, apaga as minhas respostas e escreve as tuas, faz tag de pessoas e depois clica publicar.)

Vi no blog da Patrícia e achei piada, aqui vai:



QUAL FOI A TUA:

1. Última bebida: Gasosa

2. Última chamada telefónica:Mãe, Mãe

3. Última sms: "Mensagem não enviada"... acabou-se a porcaria do saldo

4. Última música que ouviste:Música Natal 2010 da Rádio Comercial

5. Última vez que choraste: para aí em Outubro quando fui ao médico




ALGUMA VEZ:

6. Namoraste com alguém duas vezes: infelizmente, não se pode ser perfeito!

7. Foste traído: Não faço a mínima ideia, é possível...

8. Beijaste alguém e arrependeste-te: Claro que não!

9. Perdeste alguém especial: Sim, já várias.

10. Estiveste deprimida: acho que é um estado natural de uma mulher, toda ela alguma vez na vida deprime...

11. Estiveste bêbado e vomitaste: 2 vezes, sou alérgica a vodka... é a única bebida que me faz deitar tudo cá para fora (hehehehe).



LISTA TRÊS CORES FAVORITAS:

12.Verde. (CLARO!)

13. Azul

14.Preto



ESTE ANO TU:


15. Fizeste um novo amigo: Amigos? Acho que não, conhecidos sim, vários.


16. Ficaste caído de amores (apaixonaste-te):Pelo Rob Pattison conta?

17. Riste até chorar: Não, não costumo chorar assim com tanta facilidade... só quando estou de volta das cebolas.

18. Conheceste alguém que te mudou: Não este ano.


19. Descobriste quem eram os teus verdadeiros amigos: Ao contrário, descobri que não era meu amigo.

20. Descobriste que alguém andava a falar de ti: A inveja é do piorzinho, anda sempre alguém a morder.

21. Beijaste alguém da tua lista de amigos: Sim!


22. Qual foi a melhor coisa que te aconteceu: Muitas: mudar de emprego, mudar de atitude, mudar um bocado de mim e mudar de amigos!



SOBRE TI:

23. Quantas pessoas da tua lista de amigos conheces na vida real: Depende da lista de amigos, a mais extensa é a do facebook e conheço para ai 75% na vida real.

24. Quantos filhos queres: 2 ou mais

25. Tens algum animal de estimação: 7 gatos

26. O que é que fizeste no teu último aniversário: Festejei com os colegas de trabalho e marido.

27. A que horas acordaste hoje? 10:30

28. O que estavas a fazer à meia-noite da noite passada: Na net a ver vídeos do Glee no Youtube.


29. Diz algo pelo qual NÃO consegues esperar mais: Quando os meus rins me atraiçoam e as dores são fantásticas mato qualquer um que se me atravesse na frente a caminho das urgências.


30. A última vez que viste a tua mãe: Boa pergunta... acho que à 15 dias.


31. Qual é a coisa que desejas mudar na tua vida: São tantas: ter filhos, voltar para a minha terra Natal, trabalhar numa rádio, ter um carro eléctrico...

32. O que estás a ouvir neste momento: Empire State of Mind

33. Alguma vez falaste com uma pessoa chamada Tom: Não.

34. Quem é que te está a irritar neste preciso momento: Ter os pés frios e ter um monte de roupa no estendal para apanhar.


35. Web page mais visitada: Facebook e Google Reader


36.Qual é o teu verdadeiro nome: Gabriela (cravo e canela)

37. Nicknames: Gaby ( neste momento: a rena mais jeitosa cá do sítio)

38. Estado de Relação: Casada


39. Signo:Touro (acautelem-se)


40. Masculino ou Feminino: Feminino e em dias macho masculino!

41. Escola Primária: Freixianda

42. Escola Secundária: Escola Secundária Jácome Ratton- Tomar

43. Universidade: ESEL

44. Escreve o quer que seja aqui (o que te apetecer): Tem dias que me apetece chegar a casa, fazer as malas, ir para o aeroporto e meter-me num avião para nenhures e começar tudo de novo... tipo mudança de identidade!

45. Longo ou Curto: Longo (dia, café, conversa...)

46. Altura: 1.63cm (infelizmente)

47. Tens uma atracção por alguém: Hehehe, sim


48. O que gostas em relação a ti: Gosto de tudo, é algo que se aprende

49. Piercings: Pode-se considerar 2 (são considerados como piercings... para mim são só mais brincos, 10 no total)

50. Tatuagens: Uma e com a segunda pensada mas falta € para fazer

51. Destra ou esquerdina: destra


PRIMEIROS:

52. Primeira cirurgia: nenhuma


53. Primeiro piercing:Se contar os de acima foi para aí em 1999

54. Melhor(es) Amigo(s): A minha mãe

55. Primeiro desporto: Exercício fisíco... não sou muito dada a isso. Nada.

56. Primeiras férias:A sério? Bragança!

57. Conheceste alguém que mudou a tua vida: Sim, há uns 10 anos atrás.


58. Primeiro par de ténis: O primeiro que fui eu que escolhi: All stars



NESTE MOMENTO:

59. A comer: Nada.

60. A beber: Nada, mas vou fazer um cházinho de hortelã-pimenta


61. Estou prestes a: Ir para a máquina de costura arranjar os meus corninhos de rena

62. A ouvir: música e o gajo a jogar Playstation na sala

63. À espera de: sinceramente que isto acabe para ir fazer qualquer coisa de jeito

64. O teu futuro:Não faço ideia, é um grande ponto de interrogação em todos os sentidos.

65. Casar: Robert Pattison, sem pensar 2 vezes


66. Carreira: Não faço ideia, é um túnel mal iluminado, agora sei o que estou a fazer para o ano logo se vê... Escort Girl pelos vistos está excluído!



O QUE É MELHOR:


67. Lábios ou olhos: Hummm, esta tem rasteira! Gosto dos olhos mas os lábios, meus amigos os lábios...


68. Abraços ou beijos: Com a idade comecei a preferir mais os abraços

69. Maior ou mais pequeno: Maior sempre!

70. Mais velho ou mais novo: Mais novo, para velha já basto eu


71. Romântico ou Espontâneo: Espontâneo, romantismo nunca foi comigo.

72. Boa barriga ou bons braços: Bons braços, odeio barrigas.

73. Sensível ou espalhafatoso: Sensível, mas não romântico!


74. Nada sério ou Relações: Depende do estado de espírito.

75. Criador de problemas ou hesitante: Humm, outra com rasteira mas escolho hesitante

ALGUMA VEZ:


76. Beijaste um estranho: Já!

77. Bebeste um licor forte: Tantos, resmas, paletes!

78. Perdeste os óculos/lentes: Não, isso era o fim do mundo.

79. Sexo no primeiro encontro: Sim!

80. Partiste o coração de alguém: Sim, mais do que uma vez!

81. Foste preso: Não, infelizmente ia sendo, ia, ia.

82. Deitaste alguém abaixo: Já, mas também já me deitaram a mim.


83. Choraste quando alguém morreu: Das últimas vezes não, ando numa de sofrer só cá dentro.

84. Já te apaixonaste por uma rapariga: Não, mas gostava.

85. Apaixonaste-te por uma amiga: Não.



ACREDITAS EM:

86. Ti: Acima de tudo.

87. Milagres: E nas bruxas, que os há, há.


88. Amor à primeira vista: Não, atracção sim. Acho que não acredito no amor no geral.

89. Céu: Não! Nem no Inferno.

90. Pai Natal: Não!


91. Beijo no primeiro encontro: Sim.

92. Anjos: Acredito que tenho um que me tem ajudado ao longo de toda a minha vida.




RESPONDE SINCERAMENTE:
 
93. Há alguma pessoa com quem queiras estar agora: Tantas.

94. Tiveste mais que um namorado/a ao mesmo tempo: Namorado não, mas um arranjinho já.

95. Cantaste hoje: Sim... mas o gajo mandou-me calar!


96. Alguma vez traíste alguém: Sim e não me arrependo. Era teenager e inconsciente!


97. Se pudesses voltar atrás no tempo, quanto tempo recuavas: Nunca, isso era a mesma coisa que me jogar da primeira ponte que me aparece-se. Desejei eu uma vida inteira para crescer e agora voltava atrás? Nunca!

98. O momento em que escolherás reviver:Não faço ideia, talvez os de paixão... já que duram tão pouco.

99. Tens medo de te apaixonar: Não, faz tão bem.


100. Tens medo de postar isto como 100 verdades: Não, já estou habituada a enterrar-me socialmente sem ajuda de ninguém.

(escrito no domingo à noite)


Agora estejam à vontadinha para escrever 100 verdades sobre vocês!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

O futuro

Quando estava a acabar o secundário (e à luz de algo que publiquei há uns tempos) os professores perguntavam o que previamos de futuro dali para a frente.
Eu e o meu grupo de amigas respondíamos que com a crise que na altura já havia no sector do trabalho muito certamente iríamos ganhar a vida como "Escort Girls" ( um nome mais pomposo para o que efectivamente dizíamos).





12 anos depois fico feliz por se terem aberto mais opções... é que eu nem para isso servia...

domingo, 19 de dezembro de 2010

Relativamente às prendas de Natal

Pela primeira vez comprámos prendas, são poucas porque só nos limitámos aos que nos são e dizem muito: pais e irmãos (aqui generalizo os dois lados da família).
Deu motivos de palhaçada esta pequena tarefa que fizemos a 2, porque o que eu gosto ele não gosta e vice-versa... acabámos por escolher eu umas e ele outras. Só para não haver pancadaria em pleno centro comercial, era má publicidade!
Temos desde cuecas de fio dental, comandos de TV tamanho XXL a fotos nossas (egocentristas que somos).
Mas ontem o gajo conseguiu chocar-me quando apregou alto e bom som que me tinha comprado uma prenda de Natal... contam-se pelos dedos de 1 mão as prendas que ele me deu desde que nos conhecemos... foi o choque.
Pediu-me se eu lhe arranjava papel de embrulho, eu arranjei, diz que não chega 1 folha inteira que vai ter que fazer uns remendos. O CHOQUE!
Eu comprei-lhe roupa, uma sacada de roupa, mas que raio me terá ele comprado?
Perguntei se me ia oferecer os gatos todos dentro do embrulho! Diz que não e que não adivinho... estou um bocado assustada (assim em jeito de desabafo). Nunca gostei muito que me dessem prendas ainda mais quando não faço ideia o que me espera do outro lado.

Com as visitas que tivemos cá em casa esta semana e antes de ele dizer que uma folha inteira de papel de embrulho não chegava, por momentos pensei que ele me fosse oferecer daquelas cenas que se fumam e dizem que fazem rir...




Também podia ser uma tatuagem assim como a dela...

sábado, 18 de dezembro de 2010

O lado obscuro da força...

Gosto de estar sozinha, gosto de trabalhar sozinha, gosto de estar sossegada a ver tv, gosto de dormir sozinha, gosto de ir ver o mar sozinha e ficar sentada na areia a ver a ondulação.
Sou um ser solitário!
Mas tem dias, como hoje, que a solidão é demais e nada do que me rodeia me parece ser suficientemente interessante, em dias como hoje, apesar de ser fim semana, rumei a Leiria e fui trabalhar.
Passei a tarde no escritório sozinha, a trabalhar num pc e um filme a passar noutro e gostei.
Vim preenchida...
Ao chegar a casa, à mesma hora como se um dia de trabalho se trata-se, fiquei no carro (como é hábito) a ouvir música. Correndo todas as estações e parando sempre que toca-se alguma melodia que me prende-se, até que ouvi esta que me era totalmente desconhecida...



Por vezes do lado de cá nem sempre é bom, tem dias que temos que ir ao lado de lá.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Querido Pai Natal,

(existe um anúncio que passa na Rádio Comercial que adoro e é mais ou menos assim...à minha maneira)

Querido Pai Natal,

Este ano sei que não me portei lá muito bem, aliás nada bem!
Mas sabes, NÃO PRECISO NADA TEU!
Por isso podes enfiar as prendas e as renas onde bem quiseres e poupares a viagem aqui para o sítio (eu até nem vou estar por cá).

Ahahahaha

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Cala-te pequeno duende e vai embrulhar presentes...




lalalalala...

Definições


Começando com apresentações.
Apresento a minha sala (para quem ainda não conhecia), a Matilde (para os desatentos), a manta do gajo, o Cãocodrilo, a árvore de Natal e as almofadas de pêlo lambidas pelo Ruca.

Tenho uma definição muito restringida de lar, não existe se não estiver composto por aquelas pequenas coisas que me caracterizam e que nos fazem ser o que somos como pessoas.
O meu lar é assim uma mistura do que sou lá fora misturado com o que sou cá dentro.

E sim, temos uma catrefada de gatos e a sala costuma estar sempre assim!
Bem sempre assim não, que bem à pouco tempo era toda cor de rosa e beringela... inclusive a cor do sofá era diferente!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Coisas do Ebay

Incentivada pelo meu irmão tenho lido umas coisas em inglês e o bichinho está a crescer e a querer ganhar asas (tal borboleta em transformação).
Um dias destes enquanto deambulava pelo Ebay a ver livros em inglês fiz uma compra fantástica, um livro que há muito queria e a um preço simbólico.


Usado, mas como novo, nem por 3€.
Chegou ontem vindo directamente do United Kindgom ainda com direito a marcador de página super colorido!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Tempo de Antena

Caros leitores,

Este espaço e os demais não estão a ser devidamente actualizados graças ao Harry Potter.
Sim, leram bem, "graças ao Harry Potter".
Temos passado os nossos serões a ver a saga dos filmes, ontem vimos "Harry Potter e o Cálice de Fogo" onde o Robert Pattison (no papel de Cedric) morreu...


Houveram comentários deprimentes:
"Raios do vampiro, finalmente morre em qualquer lado!"

Agora ide divertir-vos, que nós vamos ver o 5.ºfilme, Harry Potter e a Ordem de Fénix.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

domingo, 12 de dezembro de 2010

Hair wishes

Perguntaram-me recentemente afinal qual era o meu objectivo ao fim de 11 anos em deixar crescer o cabelo pela primeira vez e querer mudar de cor radicalmente, uma vez que me mantive sempre pelo preto, castanho, laranja ou vermelho.

Como é óbvio tenho um modelo em vista, aquele que quando começo a desanimar por esta m**** demorar tanto a crescer me faz respirar fundo e ganhar paciência... é este aqui:


Já faltou mais, tanto no tamanho como na cor!

sábado, 11 de dezembro de 2010

Pensamento de sábado à tarde...

"My life is not perfect, I think nobody life is perfect!"
Apesar de tudo posso considerar que tenho tudo o que quero, com os anos achei um pequeno lugar onde tento encaixar tudo o que sou e o que tento ser na vida.
Ganhei o respeito dos homens e aprendi a parecer bonita aos seus olhos. Como já referi um dia aprendi a ser graciosa e a deambular entre estes seres andantes de modo a que notem a minha presença ou não... depende da minha disposição.
Casei, é um facto.
Mas ao fim deste tempo todo e apesar de feitios tão diferentes continuamos a respeitar as diferenças um do outro. A liberdade é um bem precioso demais para ser desperdiçado em vão.
Mais do que nunca considero sagrado os pequenos momentos que disponho sozinha, poder dedicar-me aos meus pensamentos e a mim.
Sou egoísta sempre o fui, a vida tornou-me assim, prefiro a solidão aos amigos.
Prefiro dias fechada em casa a 1001 telefonemas a desafiar-me para algo.
Por vezes acho que nunca encaixei neste mundo, sempre senti que andava aqui a tropeçar e deambular, mas esforço-me e acho que o meu esforço tem sido o meu sucesso para ser aquilo que sou...




(escrito após quebrar o jejum de mais de 1 ano e beber meia garrafa de vinho do Porto (a minha bebida preferida). Possivelmente vou parar ao hospital nos próximos dias mas que se lixe.)

Querida família,

Tenho uma pedido especial para este Natal, mais propriamente para a noite de Natal...

Podemos ir à Missa do Galo?


É que posso morrer antes do final do ano e era mais uma coisita que gostava de riscar da minha lista.







Se não quiserem azar, vou sozinha.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Novamente trabalho

Esta semana fui a uma entrevista de emprego, sala fechada, 3 pessoas a entrevistar, situação de meter os nervos em franja a qualquer um.
Às páginas tantas a conversa desenrolou-se assim:

- "E línguas? Inglês sabe?"
- "Sim."
- "Falado e escrito?"
- "Sim."
- "Posso fazer-lhe uma pergunta em inglês?"
- "Claro que pode!"
(silêncio)
- "É melhor não, vamos passar para a próxima pergunta."

E o senhor queria dizer o quê com isto? Alguém me explica?
Ele teve medo de se envergonhar ou que eu me envergonha-se... vou andar com dilemas existenciais nos próximos meses às custas disto.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Quanto maior é a subida maior é a queda

Nunca esta frase tinha feito tão sentido como hoje, quando encontramos alguém que subiu rápido demais e consequentemente caiu rápido demais.

É por estas e por outras que prefiro ficar pelo Equador... é mais quentinho e mais seguro!

Falando de redes sociais

Lá na empresa possuem um ritual diário (ao qual tive que aderir), todos os dias sem falhar confraternizamos em mesas redondas tomando o café e ganhando forças para mais um dia de luta.
Várias são as conversas que são postas na mesa, desde actualidade, futebol ( o maldito futebol), as minhas hilariantes aventuras no mundo da corrupção, trabalho (elevadores, clientes) e um dias destes conversou-se sobre a internet e as redes sociais.
Entre cepticismos e discordâncias poucos do presentes confessaram usar a internet na sua vida diária, outros como eu e um colega, afirmamos que usávamos  a internet para tudo inclusive para vender uma imagem, a nossa imagem.

Nunca tinha pensado nesta perspectiva mas tenho plena consciência de que é o que tenho vindo a fazer aos longo destes anos nas várias plataformas online que uso, criar e vender a minha imagem.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Hummm, a sociedade baralha-me

 Numa era em que se fala tanto e luta contra a exploração infantil, alguém me explica o que é isto?



Exploração infantil milionária?

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Quando tudo ou nada nos segura (venha o Diabo e escolha)

Sempre me considerei uma saltimbancos.
Desde tenra idade que tive que aprender a viver por mim (diga-se alimentar-me e criar regras de vivência a mim própria) e nunca me alonguei em demasiado em sitio que fosse ou com que pessoa fosse.
Mudei inúmeras vezes de trabalho, de casa e até de relações.
Nunca fui muito longe, sempre rondei as mesmas paragens, mas sempre em sítios diferentes.
Sempre senti um bichinho! Um bichinho que chega a uma certa altura e começa a moer, e moer, e deixo de conseguir pensar claramente ou retirar qualquer aspecto positivo do que me rodeia.
Pensei que com a idade o bichinho acalma-se, que se aumenta-se os laços que me prendem a um sitio (como uma casa e um marido) esta vontade cega de mudar e partir se desvanece-se.
Mas não!
Hoje fui alertada para me ir preparando (psicologicamente) para a possibilidade de receber uma grande proposta de emprego antes do final do ano, uma daquelas propostas que nos elevam o ego ao expoente máximo e a conta bancária... mas... essa proposta implica que eu me desloque para Lisboa ou Porto.


Hoje, mais do que nunca, quero dizer chegou a hora e partir mais uma vez!

Companheiras de armas

Só nós sabemos o que é isto de ser mulher, ter que viver um rol de mudanças, ter a capacidade de gerar outra vida, viver numa luta constante com os modelos de beleza da sociedade... passar a vida a fazer dieta ou a tentar engordar, lutar contra as rugas, mudar e voltar a mudar o cabelo, aprender a andar de saltos altos, usar o poder do belo do decote e da mini-saia, odiar e ao mesmo tempo amar, suportar o carrocel que são as hormonas que numas alturas nos fazem cantar e ver passar a vida calmamente como noutro dia nos apetece matar e estripar qualquer ser que se mexa ou emita qualquer som que interfira com a nossa tentativa de paz.
Durante anos desejei ter nascido homem, eles não se preocupam com nada e é tudo tão simples, mas agora vejo que andei a desejar erradamente... ser mulher é muito mais giro e é ser muito mais gira!

Mas acho que descobri a Caixa de Pandora e nela veio a cura para o SPM.


Óleo de onagra!
Estou em fase de testes e até agora resulta, sinto-me mais calma e tenho dormido como um ser humano normal.
Daqui a 3 meses faço uma análise mais aprofundada (se matei ou não alguém até lá).

domingo, 5 de dezembro de 2010

Como uma verdadeira fã

"Sometimes we discover things in the most unexpected ways" e muitas vezes ao contrário.
Mas tudo é como um cabo eléctrico, conduz energia aos seus extremos não interessa em qual comece, assim foi comigo.
Descobri a partir de um filme, parti para os outros, ingressei nos livros e hoje acabei de ler um "draft" escrito por ela no âmbito da saga Twilight.


Para os fãs (como eu) aconselho a lerem o projecto "Midnightsun" que podem descarregar directamente do site da Stephenie Meyer, um projecto de livro escrito sob o ponto de vista de Eduard Cullen.

Não sendo má língua ou provocadora, mas se os livros tivessem sido todos escritos no ponto de vista dele teriam sido muito mais interessantes. Antes os dilemas de um vampiro de 17 anos apaixonado por uma humana que os de uma humana, frágil e normal, apaixonada por um vampiro.

Pode já ficar na lista para o Pai Natal: NómadaDanças Malditas e (the last but not the least) A Breve Segunda Vida de Bree Tanner.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Coisas do cosmos

O meu signo prevê que para o ano, mais propriamente em Abril, vou andar com queda para problemas com a lei e até prisões... aconselham a regrar-me e fazer o possível para não criar problemas com as autoridades.

Mais ainda?

Eu já não tive problemas que me chegassem nos últimos 2 anos?

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Há sempre uma solução

Mesmo quando o mundo parece conspirar contra nós e parece que por mais que tentemos é dificil resolver tudo, digo-vos "Só não há solução para a morte!".
Essa é certinha e não há voltas a dar.
No seguimento deste meu post informo que uma semana depois tudo se desenrolou.
A formação na Segurança Social ( a primeira opção entre todas as outras exigências) fez-se, a consulta no hospital foi remarcada para o final do mês (valeu o meu sarcarmo com a mulher ao dizer-lhe que para dezembro do ano que vem era ideial) e o melhor hoje fui contactada para realizar a entrevista na próxima semana.

Sou uma sortuda eu sei! Até me apetece cantar...





Encontra-me!





Tenho-me sentido desamparada... como se o peito tivesse sido aberto e tudo o que de mais sagrado guardava simplesmente tivesse voado.


Sinto-me vazia!


Sinto-me cansada!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Cooking things

É do conhecimento geral, aliás já deve vir nos livros da História de Portugal, que não sou grande cozinheira.
Fico ali algures entre o zero à esquerda e o 10 (negativo), a isto chamo auto-estima em grande. Basicamente cozinho para sobreviver e dar sobrevivência a quem tem que viver comigo.

Nos dias "SIM" dá-me um daqueles laivos de inspiração e sai disto:




Normalmente é só quando temos visitas, tenho visitas com muita sorte!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Que venha esse barbudo, não tenho medo de ninguém!

Este ano decidi que vou fazer algo contra aquilo que sinto ( e pelo meio vou matar o marido de colapso cardíaco).
Vou celebrar o Natal!
Decidi que vou comprar um pinheiro, decorar a casa e comprar prendar e guardar tudo religiosamente ao pé da árvore... mas vou tentar fazer também um presépio.
Eu que comecei a odiar o Natal, casei com um gajo que odeia profundamente o Natal (morreu-lhe uma pessoa que ele amava muito por esta quadra) digamos que é época que me sempre me deu cabo dos nervos.

Este ano vai ser diferente!
"Raios ma partam se não vai!"