terça-feira, 19 de outubro de 2010

Fazer omelete sem ovos

Humm! Também não posso dizer que foi bem assim mas passo a explicar, como já devem ter notado estamos-nos a aproximar do Natal (aquela época odiosa do ano que me mete sempre os nervos em franja, não tanto pelo histerismo das pessoas e o seu extremo devaneio pelo supérfluo, mas pela "nossa" atracção pelas avarias domésticas). Este ano começou mais cedo. Hurra!

A máquina de aspiração já está há umas semanas na loja, tendo em conta a sua rudimentar elaboração começou a dar sinais de fraquejar dado o extremo uso que dou dela e analisadas as coisas vai levar umas modificações mecânicas há muito necessárias. Agora andamos aqui de aspirador e filtro "hepa" que não é o mesmo, mas prontos.
Esta semana já tivemos o 2.º colapso doméstico: a máquina de fazer pão. Já não entrei em pânico.
Depois de quase 2 anos de uso diário uma borracha que evitava que a massa escorre-se pela varinha "passou ao estreito" (como diria a minha mãe ou o meu pai), não sei como vou arranjar aquilo mas está ali para seguir viagem para a mesma loja onde permanece a máquina da aspiração.
Nisto perguntam como raio vou eu viver, uma vez que não compro pão há 2 anos e me recuso a voltar a comprar essa porcaria que se vende.

O resultado foi este:

100% livre de máquina de pão e mais delicioso que nunca!

Já agora aquilo meio amarelo na jarra foi a maior criação do homem depois da roda e da electricidade, Sunquick de maracujá!

Sem comentários: