quarta-feira, 22 de setembro de 2010

E depois do luto?

Haverá algum tempo pré-estabelecido para o luto?

Não seremos levados a mal ou considerados uns "sem alma" se não ligarmos a essas questões de roupa ou cores de roupa passado pouco tempo da perda de um ente querido?
Poderá o luto de espírito ser mais forte e sentido do que o que simplesmente vestimos?
Pela primeira vez não sei o que vestir... pela primeira vez sinto receio em vestir algo demasiado alegre tendo em conta o que me vai na alma. Pela primeira vez estou a fazer o antiquado luto, até que a alma assim o exija.

Agradeço a todos os que se preocuparam e me deram tanto apoio neste momento que tanto precisei.
Não vou dissertar sobre a verdade de estas situações nos mostrarem quem verdadeiramente pensa em nós, frases pré-concebidas mas que encaixam na perfeição.
Apenas posso dizer: "Agora sei que as escolhas que fiz foram correctas."


Estou aqui, estou bem, nas continuarei no escuro até que a alma assim o exija.

7 comentários:

Isália disse...

Amiga, leva o tempo que precisares, veste aquilo que quiseres, desde que te sintas bem com isso. O que os outros dizem pouco importa...só quem sente é que sabe. Quem comenta sobre a vida dos outros é somente quem se esqueceu de viver a própria vida e só se interessa em viver a vida dos outros. Amiga, nunca te esqueças as pessoas que te importam e que se importam contigo jamais te irão julgar. Um beijo cá de baixo cheio de força

coisitasdavida disse...

Nao há palavras quando somos "obrigados" a sofrer, visto nao podermos controlar os ciclos da vida. Só o tempo vai ajudando, e parece sempre tão longo.
Não precisas obrigar-te ao escuro porque a sociedade o impõe. Apenas se te sentires melhor dessa forma.
Quem nos ama só nos quer ver iluminados e de sorrisos nos lábios.
Beijos

andie disse...

Eu ainda não sei o que dizer...na falta de palavras fiquei a pensar na minha avó...e calei-me.
Beijinho grande e um xi-<3!

Tita disse...

olá. só agora passei por aqui. Lamento. È muito triste, mas lembra te que ela cumpriu a missão dela cá. e não vai ser esquecida, pelos menos nos vossos corações. O luto faz-se na alma. mas também não nospodemos render. opta pelo branco,que também é sinla de luto, mas também de paz, e assim pode aliviar a tua alma. bjs

Poetic GIRL disse...

È tudo uma questão de fazeres o que o teu coração manda. Quando o meu pai faleceu andei um ano de luto, completamente vestida de preto. Nao que me tenha sido imposto, mas porque me sentia assim, negra. Mas confesso que me fez muito mal, tão mal, que depois houve outras mortes bem próximas e não fui capaz, simplesmente não fui. Luto é o que está dentro da nossa alma e não o que vestimos, bjs

Cartas a Si disse...

Não há uma maneira ideal de lidar com o luto. Cada um deve lidar com isso de acordo com o seu coração, com aquilo que sente.

Eu, por exemplo,quando a minha avó faleceu nunca vesti preto, nunca gostei dessa cor, mas também não conseguia vestir cores vivas, não pelo que os outros viessem a pensar, mas porque simplesmente não me sentia com espírito para isso. Sentia-me tão triste e tão apagada que isso reflectia-se na maneira de vestir.

O que interessa é o que a gente sente, os outros hão-de sempre nos criticar por uma ou outra coisa, por isso é não lhes dar muita importância.

Um abraço quentinho aqui do Algarve

Catariina disse...

Como eu te percebo priminha :s

Um grande beijo