segunda-feira, 19 de julho de 2010

Na nossa terra

Chegámos à pouquinho tempo a casa, só agora acabamos de desfazer os sacos e preparar tudo para o dia de  trabalho que se aproxima a correr.
Brincámos um com o outro com o facto de que quando há fins semana com calor nós fugimos da praia exactamente na direcção oposta, para as minhas terras de origem, para perto dos que são meus de sangue.
Ao fim de 12 anos ir passar o fim semana a casa dos meus pais é das coisas que mais gosto me dá fazer, das poucas coisas boas que se tem de viver longe dos pais é mesmo esta de se poder fugir de tudo e de todos e ir para a calmaria da aldeia.


2 dias passados lá e voltei quase loira, sem brincos (nenhum dos 8), com o resto dos apontamentos do trabalho todos passados a limpo, andei no carro novo do meu pai (é um homem que necessita de muito espaço então comprou um destes aqui), andei a apanhar barbas de milho para fazer chá 100% natural, trouxe ameixas e pêssegos colhidos directamente das árvores, trouxemos água e o carro cheio de mais 1001 coisas que por lá há com fartura.
Comi tarte de nata tão boa como não comia à anos e andamos a ver casas para venda (anda aqui um bichinho estranho...), senti saudades do meu mano...

Daqui a 15 dias há mais!

3 comentários:

Cor de Chá disse...

Um coisa tivemos em comum: estivemos a passar apontamentos do trabalho a limpo. Este fds soube que nem gingas. Mas acho que também sabes do que falo. Ter o tempo só para nós e para as nossas coisas.

Bj*

Isália disse...

São esses momentos que nos sabem tão bem... sabes que não moro assim tão longe dos meus pais. O tempo de distancia que nos separa (prai uns 20 minutos de carro) não permite que durma lá ou passe lá uns dias. mas sabe bem quando lá vou...também eu tenho a hipótese de trazer agua, batatas, pao, fruta e meloa que é tão boa...morangos, laranja...enfim..tudo aquilo que tu sabes...relembra a nossa infancia, o tempo que corria por aqueles campos pelo meio da erva azeda e me deitava no fresco por baixo das laranjeira...bons tempos esses

Poetic GIRL disse...

Que maravilha, adoro fins de semana assim no meio da natureza. Também eu fujo um pouco da confusão de praia, apesar de gostar muito, não gosto de praia com demasiada gente! bjs