quinta-feira, 6 de maio de 2010

Nowdays, my days

As coisas mudam, transformam-se, mutam e o planeta continua sempre a sua rotação calma e serena.
E eu ando cansada, não só cansada cá dentro da cabeça, tudo roda cá bem mais rápido que a rotação do planeta, mas cansada fisicamente.
Cansada ao ponto de adormecer quando me sento na cama ao final do dia de trabalho, para descalçar os sapatos para ir tomar banho, e simplesmente adormecer...
Cansada também de nada dizer e de o silêncio abundar demais para o meu gosto.
Digo e repito: Não sou, não fui feita bicho solitário!
Tenho passado as minhas noites sozinha, aqui e ali nos recantos deste T3 que tem sido a minha casa nos últimos 4 anos. É como se vivesse sozinha e não tivesse ninguém na minha vida, nem família.


3 comentários:

Poetic GIRL disse...

Então que se passa querida? beijoca

Isália disse...

miga, já sabes que apesar dos 400 km que nos separam estamos á distancia de uma tecla :) jocas grandes

albana disse...

então que se passa? nostalgia dos 30?
Mas afinal onde anda o teu gajo? Trabalha à noite né? Tb deve ser chato para ele (bem isto sou eu a dar palpite!)
Fica bem tá?

bjoka