segunda-feira, 31 de maio de 2010

crises existenciais

Hoje senti-me tão mal para com o mundo e para comigo mesma que estive a escassos momento de me despedir.
Pegar na troxa ( como costumo dizer) e fazer-me ao mundo.
E já agora dar-me ao prazer de mandar f**** aquela gente toda.

Já me estou pouco borrifando se não conseguem imprimir ou se a fotocopiadora está encravada.
Estou de saco cheio!


A sorte foi que o boss não estava quando me deu o "vaipe" porque senão tinha sido mesmo hoje... de qualquer maneira na pior das hipóteses são só mais 30 dias...

domingo, 30 de maio de 2010

2 de enfiada

No mesmo dia consegui acabar de ler 2 livros que trazia em "leitura de andamento" já há tempo  demais.

Só o prazer de poder correr os olhos pela prateleira onde tenho vários que ainda não li deu-me tal alento e sentimento de missão cumprida que senti-me logo nas nuvens.
Já está um de lado do Stephen King...

Este tinha comprado há pouco tempo numa das minhas deambulações pela cidade.
Confesso se sempre tive queda para este tipo de livros de auto-ajuda, este então tinha exercícios escritos o que achei simplesmente fantástico. O facto de sermos impelidos a escrever os nossos desejos ou os nossos maiores medos, o que nos motiva e quais as acções que sabemos que nos melhoram o corpo e a mente faz-nos ter mais noção do que realmente queremos da vida.
É um daqueles livros pessoais que depois não se podem emprestar a ninguém.




Este, mas a versão portuguesa (que não achei a foto na net) era emprestado ... roubei à minha mãe e estava à séculos na mesa de cabeceira. Por ser um livro por tópicos e lendo umas linhas quando me dava na telha e foi coisa para durar e durar.
Aborda todos os mais variados assuntos, conselhos práticos, receitas homeopáticas e naturais e ainda linhas de apoio para diversas situações.
Confesso que para o final saltei algumas linhas, temas como "filhos adolescentes", "morte do parceiro"e outros não encaixavam propriamente no meu perfil.
É um livro para se ler mas nada de especial. Está na secção de devoluções.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Um aperto


Eu gostava que as coisas andassem um bocado mais rápido.
Ando-me a consumir com esta ansiedade de querer algo que não tenho, de querer mudar e não conseguir, de querer atingir e não conseguir alcançar.
O pouco tempo livre que tenho não chega para me sentir feliz e trabalho não é propriamente a minha definição de felicidade ... nem todas as pessoas que ele implica.
Estou a escassos dias ou semanas de quebrar a corrente e uma angústia está a apoderar-se de mim.
Gostava que tivesse sido já hoje, amanhã no máximo mas arrasta-se e esta angústia aumenta de dia para dia.
Estou magra, toda a gente nota, perguntam-me se estou de saúde.
De saúde estou, de mente é que não...

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Respira fundo...

Fico possessa, para além de f**** quando me tentam fazer de parva!

Mas acham que eu tenho carinha de parva? Para me estarem a mentir assim cara a cara e eu estupefacta com tamanha descaradeza...

domingo, 23 de maio de 2010

Weeding day, party day

Ontem andamos por terras de Palmela, perdidos algures entre o castelo e o Quinta do Corvo.


Parabéns aos noivos!



A nossa foto da praxe no intervalo do escaldão que apanhei. Já tenho um bronzeado à pedreiro. Hurra!

Porque houve alguém que disse que eu fazia lembrar a Branca de Neve...

E eles dançaram e vieram implicar connosco, quantas mais vezes será preciso dizer que não dançamos!
Nem no nosso próprio casamento quanto mais no dos outros... lá haverá algo mais deprimente que bailinho.

E foi um dia em grande, com dores nos pés e muita gente que não conhecia de lado nenhum (99%).

shiuuu...

Hoje meti à venda na internet coisas que não são minhas, que tenho em minha posse e o dono não sabe...


SHIUUUUUU.................

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Quando me sussurrares


Levanta-te e luta... eu luto!
Limpa as lágrimas... eu deixo de chorar!
Sorri... eu sorrio!
Tem confiança... eu sei quem nunca me abandonarás!

Eu acredito que existes, algures à minha volta, algures entre este mundo e o outro, algures entre o meu coração e a tua alma.
Podem não acreditar´, mas eu acredito que estás aqui neste momento ao meu lado a ler o que estou a escrever.
E estás a sorrir para mim e a dizer que sou aquilo que sempre desejas-te que eu fosse.

Saudades...

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Ohhhhhhh

Aos 30 anos descobri que:
  • estou a começar a ter celulite - bad
  • passei a vestir 34 - ohhhhhh

terça-feira, 18 de maio de 2010

O dilema



Ir ou não ir ver?
Ele adora profundamente o filme e cada vez que passa a publicidade começa a cantarolar a música, aos poucos foi-me entrando na orelha e confesso que apanho-me durante o dia de trabalho a entoar uns versos.

Sempre gostei de filmes de terror desde que me conheço como gente e quando os meus pais me deixavam ficar a ver televisão até tarde quase sempre seria para ver filmes de suspense ou parecido.
Mas este não sei porque causa-me mesmo arrepios!
Mas estou tão tentada a ir ver ao cinema, aliás sem ver não há motivo para opinar... por isso a decisão está quase que tomada.


One, two, freddy's coming for you
Three, four better lock your door,
Five, Six grab a crucifix
Seven, Eight better stay up late,
Nine, ten never sleep again

domingo, 16 de maio de 2010

Era suposto ser segredo

Esta foi uma das minhas prendas no meu dia de aniversário (nas costas diz Espírito Century 21), vocês podem não gostar do meu mau feitio mas é o que há. E não, eu não vou mudar!
A isto juntou-se uma volta espectacular no carrocel, o maior bolo de aniversário que tive em toda a minha vida (50 pessoas no jantar de aniversário não é para todos), o perfume que eu queria e um extra... uma massagem com chocolate quente! Não fiquem invejosos, vá lá!
Discursei o que sentia o mais profundo do meu coração "Para o ano no meu aniversário não quero estar a trabalhar e estar sim na Jamaica a passar férias".

Foi o meu dia de 30 anos que nunca esquecerei!


P.S. : e fiz o primeiro risco no carro do gajo graças ao meu "bebé" que anda em sintonia comigo e abrimos a porta dos 2 carros ao mesmo tempo... deu asneira como devem imaginar!

sábado, 15 de maio de 2010

Decisões, tempo, o nosso caminho




Sinto-me numa espécie de ressaca!
Uma tristeza abunda-me como o sangue que me corre nas veias, um pesar agarra-me ao chão muito mais forte que a própria gravidade, uma dor aperta-me o coração e doí... doí muito!


"I used to be a little boy
So old in my shoes
And what I choose is my choice
What's a boy supposed to do?
The killer in me is the killer in you
My love
I send this smile over to you"

O estranho caso do mealheiro

Alguém lá na imobiliária saiu-se com a ideia do mealheiro... sempre que eu responde-se à bruta a alguém tinha que pagar uma multa e meter no mealheiro.

ESTOU LIXADA!

Vou comer de quê? Ar?


Será que quando alguém me f**** a cabeça eu posso tirar as moedas? É que assim eu ainda ia compensando porque vistas as coisas f****-me a cabeça como o raio!

sexta-feira, 14 de maio de 2010

São 30 contadinhos


Passei para a classe dos "inta" dizem que daqui para a frente é sempre a dar-lhe!

Cantem todos comigo:

quinta-feira, 13 de maio de 2010

O meu último dia dos 29

Foi uma semana stressante, como supostamente eu deveria estar de férias (mas não estou) devido à inauguração da nova loja passei o meu último dia de 29 anos a limpar vidros em cima de um escadote, arrancar letras de montra, limpar, arrumar, fazer montras quase até às 21h e chegar a casa toda rota.

Amanhã um dia cansativo me espera com muita gente a entrar e a sair, ter que vestir uma roupa minimamente decente e jantar de empresa pela noite dentro.
Grande comemoração de 30 anos, sim senhora!
Mas como não queria deixar passar estes dias em branco fiz uma das minhas grandes avarias... depois de ter o meu primeiro secador de cabelo, qual a primeira coisa que faço?? Cortar o cabelo! Ora nem mais!

Sinceramente sinto-me um bocado frustrada, vou fazer 30 anos, já atingi muita coisa na minha vida, mas sinto-me com mentalidade de 16 anos. Será bom ou mau?

segunda-feira, 10 de maio de 2010

A minha "wish list"

  • dinheiro (se não apetecer oferecer mais nada, é sempre bem-vindo);
  • uma máquina de café NORMAL, com moinho e assim, nada dessas coisas que se vendem agora que levam cápsulas e tiram cafés horrorosos;
  • a colecção de livros "Crepúsculo" da Stephenie Meyer (ou então algum dos 4, ainda não tenho nenhum);
  • perfume XS Black Woman da Paco Rabanne;
  • secador de cabelo;     oferecido pela mamã
  • "tomates" para me ir inscrever em Gestão no Politécnico;
  • já agora se houver por ai alguém generoso demais pode ser este carro aqui!
  • Também precisava de um relógio de pulso, assim simples de bracelete preta e mostrador prateado... mas eu só gosto dos da Eletta...




Aviso nada de flores, ramos de flores e afins!! Tenho um certo ódio macabro a ramos de flores ou flores vulgo "cortadas" que duram no máximo uma semana (normalmente comigo vão para o caixote do lixo mais próximo).



P.S. conforme me for lembrando vou aumentando a lista

sábado, 8 de maio de 2010

Quem não está entre nós

É estranho acordar a pensar em alguém que já não está no meio de nós.
Ontem aconteceu-me isso!
Acordei a pensar nele, seria o dia dos seus 30 anos, mas não os pode celebrar.
Tínhamos apenas 1 semana de diferença, penso que as nossas mães até deverão se ter cruzado umas quantas vezes no centro de saúde antes de depois de nascermos.

Sempre achei que era parecido comigo, baixinho, carinha redonda, caladito (como eu era há uns anos), bom rapaz, bom coração, amigo do seu amigo e foi durante muito tempo o meu companheiro e grande amigo.

Serei assim tão cruel por lembrar do dia de aniversário dos mortos e nunca me lembrar dos vivos?

Ontem seria o dia dele, não tivesse o coração dele o traído e levado tão novo.
Só uma vez passei pela campa dele no cemitério e doeu cá dentro ele não estar a viver o que eu vivi até agora... que vou fazer os meus 30 anos!

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Nowdays, my days

As coisas mudam, transformam-se, mutam e o planeta continua sempre a sua rotação calma e serena.
E eu ando cansada, não só cansada cá dentro da cabeça, tudo roda cá bem mais rápido que a rotação do planeta, mas cansada fisicamente.
Cansada ao ponto de adormecer quando me sento na cama ao final do dia de trabalho, para descalçar os sapatos para ir tomar banho, e simplesmente adormecer...
Cansada também de nada dizer e de o silêncio abundar demais para o meu gosto.
Digo e repito: Não sou, não fui feita bicho solitário!
Tenho passado as minhas noites sozinha, aqui e ali nos recantos deste T3 que tem sido a minha casa nos últimos 4 anos. É como se vivesse sozinha e não tivesse ninguém na minha vida, nem família.


quarta-feira, 5 de maio de 2010

Só para quem não viu

Eu espalho aqui mais um bocado da minha baba que pelos vistos já anda a meter nojo a muita gente.
Amigas, a inteligência e beleza por vezes fica toda na mesma família! Não gostam não vejam! : )



Saiu no passado domingo no suplemento do Correio da Manhã.


Aqui a notícia com boa definição, basta clicar para aumentar.

Agradeço a todas que me ligaram a avisar que o meu mano tinha saído mais uma vez na impressa, facto que tem sido corrente nas últimas 2 semanas... mas nós já estávamos à espera só não sabíamos era a data.
A esta junta o Diário de Notícias, Público e muitos que se calhar nem soubemos e uma infindável lista de sites por toda a internet.
Pena que apesar deste tipo de reconhecimento continue a não haver trabalho digno em Portugal para quem realmente pode fazer alguma coisa.

Mas isto sou eu a falar que sou irmã e foi meu irmão que teve que emigrar para poder exercer o que realmente gosta.

Mas isto sou eu a falar que vou celebrar os meus 30 anos de existência e ele não vai poder estar ao meu lado para me dar um calduço bem dado.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Doença profissional

Até que ponto o que fazemos no nosso dia a dia, vulgo "ganha-pão" nos pode afectar em todo o resto do nosso ser?

Até ao ponto de querermos escrever a lista das compras e sair isto:

  • 2 imóveis de soja;


E continuar ai por diante sem notar no que se escreveu, depois no supermercado ao relermos ficamos com aquela cara de cú e com vontade de rasgar a dita lista em 1001 pedacinhos.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Perdidos? NUNCA!

Passamos é situações em que não sabemos exactamente onde estamos, estamos perto de algum lado não sabemos é de onde.

Escusado será dizer que à décima vez que eu disse "Nunca ouviste dizer que quem se mete por atalhos se mete em trabalhos?" levei com aquele ar dele já tão familiar de "Ou te calas ou ficas aqui a pé!"

domingo, 2 de maio de 2010

À minha mãe

Feliz dia da Mãe!

E prometo que quando te voltar a ver (daqui a não sei quanto tempo) te ofereço um creme das rugas 5 estrelas. Aquele mesmo que andavas a pedinchar.

Sou ou não sou uma filha porreira?

sábado, 1 de maio de 2010

Os astros

Hoje o meu horóscopo dizia "esteja atenta, poderá esquecer-se de algo" e só li agora... e acabei de descobrir que deixei a minha máquina fotográfica na Maceira no workshop que fui fazer da parte da manhã.

Estou danada!