sábado, 13 de março de 2010

Algures depois do Dia da Mulher

Ele - Que é isso?
Eu - São flores!
Ele - Onde arranjaste?
Eu - Foi o J. que me ofereceu.
(levei com um daqueles olhares de "Que merda é esta? Anda um gajo a oferecer-te flores?")
Eu - Não sei se sabes mas ontem foi aquela coisa do Dia da Mulher.
Ele - (grunhiu qualquer coisa já sem qualquer interesse nas flores)

Duraram 2 dias! Até que a jarra foi para o lixo feita em pedaços e as flores nadavam na bancada da cozinha, meio partidas... desconfio que ele pagou aos gatos para se verem livres delas.

5 comentários:

Isália disse...

Lol...Lá por casa a reacção foi parecida... mas a florzinha ainda está lá em cima do movel da sala...nao tenho gatos que aceitam "subornos"...

Poetic GIRL disse...

Tadinhos dos bichinhos vão eles pagar com as culpas? LOL deixa ter ciuminhos deixa, é bom.... bjs

Tita disse...

'taditos dos bichanos... o meu não aceita subornos. muito pelo contrario. agora acho que quer por o dono fora da cama. ;-)deita-se entre entre nos e destapa o dono...

Marilena disse...

Para a próxima talvez se lembre. lolol
Tens de educar o homem!!

O meu dá prenda a todas as mulheres lá de casa.

Pocahontas na Cidade disse...

AHAHAH....

Coitadinho do J. Qualquer dia está morto na valeta :p

Mas gostei de tentares disfarçar "aquela coisa do dia..."

aquilo que nem ligo...