segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

o verde na escuridão


Hoje passei o dia na penumbra, numa escuridão extrema. Não encaixo e não percebo porquê, será porque não quero?
Hoje pensei muito nas pessoas que me rodeiam e no que elas devem pensar de mim quando ando mais calada, de certeza que quase todas devem pensar que tenho problemas de amores. As tolas!
Hoje continuei calada, já lá vão mais de 15 dias que ando absorvida nos meus pensamentos. Hoje despediu-se uma vendedora, o sorriso dela à saída e quando me disse adeus deu-me tal alegria no coração que me apeteceu sair com ela.
A merda da vida por vezes obriga-nos a tomar decisões que só sabemos o seu resultado depois de estarmos nelas.
Tomei uma decisão e hoje dei o 1.º passo para a concretizar.
Será que a minha vida se vai resumir a 30 ou a 120 dias?

3 comentários:

Monica disse...

pensam que não estás bem, e que se quiseres, podemos falar, porque não gosto nada de te ver com esse ar tristonho

Poetic GIRL disse...

Sabes ás vezes é bom tomarmos uma decisão, claro que nunca sabemos o que nos traz, mas acredito que o facto de a termos tomado já é um progresso... beijinhos

Cartas a Si disse...

As pessoas têm muita dificuldade em entender os nossos silêncios e têm tendência a interpretá-los mal. Às vezes até nem se passa nada, precisamos só de um tempo connosco, para reflectir, organizar ideias, tomar decisões conscientes. Às vezes de tanto bem que nos querem acabam por nos magoar com a insistência em nos fazer falar e tentar perceber o que se passa connosco.

Só uma pessoa que vive o silêncio para entender o silêncio de outra.