quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

de neuras para neuras



Ó maldito dilema existencial!
Nunca fui muito de encucar ou então acho que não encuco e até encuco demais (vai aqui uma conversa gira)!
A noite passada já dormi, agora sinto as costas quentes (como se costuma dizer) mas detem-se o eterno dilema.

Como se diz a uma entidade patronal que está a fazer merda e nos deve dinheiro? E que nos tem que pagar mais por mês? E que se for lá a fiscalização nem sabem de que terra são? E que as ex-funcionárias podem vir pedir retroactivos?

Devo ser despedida não devo?


Ó dilema, ó indecisão!

5 comentários:

Poetic GIRL disse...

Pois não é uma situação fácil. Eu não sou muito boa a reenvindicar os meus direitos. Meto os pés pelas mãos lol.... mas a verdade é que se a gente se cala, eles ficam na deles, e nós, continuamos lesados. É um dilema sim senhora... bjs

Cor de Chá disse...

Quando descobrires como chamar a atenção, avisa-me que me dá muito jeito saber como fazê-lo. Sabes que me sinto como tu... E ainda estou bem pior...

albana disse...

ópa isso é mesmo um grande dilema...

razão para ficares encucada!!!

bom fim de semana
bjinho

Isália disse...

è um situação delicada e ja falamos sobre isso...se ficas calada a entidade patronal leva a melhor e continua a fazer como ate aqui. se o confrontas e ele nao te despede, que devera ser o mais certo, irá fazer te a vida negra ate tu desistires...O melhor de tudo era ele pagar o que te deve e convidar te a procurar outro emprego dando te a indeminização a que tens direito...isso sim seria simpatico e saudavel para ti. força

Patricia disse...

ui... nem sei o que te diga...