segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

O que faltava já veio


O que faltava para o meu ano (vulgo maldita época natalícia) acabar em grande?
A juntar a isto só faltava mesmo um dos carros se passar completamente... e como eu sou a mais atrita a esta onda de azar calhou-me a mim.
Saiu hoje do trabalho, sim há pessoas que trabalham nesta semana, e vou para pegar no dito 4 rodas e estava morto.
Completamente mortinho, nem tosse tinha. Eu dava à chave e ele nada... "morreu".
Graças às abençoadas novas tecnologias a "dita" falta de bateria desprogramou o resto do carro todo o que é um bocado a caminhar para o nojento.
Dada a morbidez da situação fiquei ainda sozinha, no escuro do estacionamento, a ponderar sobre as hipóteses que tinha: ligar ao Hugo e ser gozado a próxima década toda ou ligar ao reboque (mas é o Hugo que conhece o moço do reboque) assim fiquei reduzida a uma só hipótese... ser gozada.

"Então o teu super carro deixo-te a pé?"


ARRRGGGHHHH! Que lhe trinco as canelas!

Vá dar um encosto com os malditos cabos e toca a andar a ver se aquilo carregava um pouco, mau feitio como sou ainda fui às compras e meter gasolina só naquela a ver se o filho da p*** se ia abaixo novamente.
Chego a casa... deprimida como é óbvio. Carrego os sacos e meto-me no elevador, APAGARAM-SE AS LUZES TODAS ESTAVA O ELEVADOR ENTRE PISOS!
Ia-me ajoelhando e desmachando a chorar e a rezar, só pensava "esta merda vai parar, esta merda vai parar" nisto a porta abre-se... nunca sai tão rápido de um elevador.

Juro que se pude-se trocar qualquer coisa que tenho por amanhã acordar e ser 2010 nem pensava 2 vezes.

Sem comentários: