domingo, 31 de maio de 2009

Um domingo...

Hoje foi um dia fora dos dias.
Raramente ficamos por casa ao domingo, mais raramente cozinhamos a um domingo.
Acordou-se cedo e saímos direitinhos para a praia. Maravilhoso!! Encontramos amigos, bebemos café e passeamos de mãos dadas como quase sempre fazemos.
Passamos a tarde a ver TV e o jantar foi um delicioso Cozido à Portuguesa... não comento o lanche, amanhã dedico um post só a ele.
Agora, já sozinha porque o dever do voluntariado assim o obriga ele foi passar mais uma noite fora de casa, ocupo-me a ver um filme velhinho...


Regresso ao futuro.

Finalmente a rotina instalou-se e o cansaço desapareceu (também graças a algo que vai ter direito a um post dedicado).
A casa já se habituou ao meu novo horário e todos nós finalmente nos encaixámos. Já conseguimos ter tudo limpo e arrumado deixando o fim-semana mais livre para o descanso e o namoro.
E com isto faltam só 2 meses...

sábado, 30 de maio de 2009

Revenge!

Por vingança de ele ter demorado mais no seu passeio hoje... o jantar vai ser sopa de alho francês!!!!

quinta-feira, 28 de maio de 2009

"Cactus" life


Atenta observadora do mundo e cosmos em geral.
Vejo o criar de relações de amor e amizade e o seu destroçar, as pessoas linkam-se como se fossem as melhores amigas do mundo e deslinkam-se num quase ódio.
Uns aparecem e depois desaparecem no ar... confesso que tornando o ar mais respirável por este sub-mundo.
Viver tem espinhos mas também tem partes suaves que nem algodão, deveriamos todos aprender a procurar o nosso algodão dentro dos espinhos todos que encontramos.

terça-feira, 26 de maio de 2009

This is our fate, I'm yours




So, I won't hesitate no more,
no more, it cannot wait I'm sure
there's no need to complicate our time is short
this is ours fate
I'm yours!


Abriste os meus olhos e eu vi, abriste a minha mente e agora eu sei! Sou livre!
Olhei cá para dentro e o amor ainda existia estava apenas sem chama, ardia!

Porque eu gosto que durmas no meu peito, que faças beicinho para me pedires qualquer coisas, que cantes quando andas entretido, que limpes as remelas aos gatos...
Porque eu gosto do cheiro da tua pele, das formas do teu rosto, do que te vai na cabeça quando menos se espera...
Porque eu gosto?
Não sei, mas nem tudo na vida tem que ter explicação, simplesmente tem que ser.
E tu és para mim!

segunda-feira, 25 de maio de 2009

"Eu desisto!"

Ninguém me vê como uma pessoa que desista, ninguém consegue visualizar-me a deixar algo de lado e abandonar, ninguém imagina ouvir-me articular a frase "Eu desisto!"
Eu, profundamente, nunca me considerei como uma desistente.
A idade trouxe-me algo, a vivência a maturidade para deixar de remar contra a maré.
Eu própria me arrepio ao ouvir-me a mim dizer "Eu desisti!" porque sei que "Nós ainda não desistimos!".
Mas cá no fundo sinto que a chama se tem vindo a apagar, lentamente, sofrendo cada queimar do seu chegar ao fim do pavio.
É em momentos como estes que repeti para mim:


"But there are dreams that cannot be
And there are storms we cannot weather

I had a dream my life would be
So different from this hell I'm living
So different now from what it seemed
Now life has killed the dream I dreamed"


E sinto que no fundo o meu sonho morreu.
Deixou de ser um sonho e sim uma ordem, uma ordem que não conseguirei cumprir. Uma ordem que se tornou uma frustração e enegreceu o meu coração com o passar dos meses.
Ando a lavar-me aos poucos para tentar branquear a alma.
Já por diversas vezes consegui dizer "Eu desisti!" e por mais horrível que me soe é a verdade.
Conheci alguém que um dia me disse "Estás guardada para feitos maiores, feitos mais nobres que sonhos que o destino não vai cumprir... porque simplesmente não estavam destinados!"

E eu tive um sonho e neste momento agarro-me a ele. Novamente...

sábado, 23 de maio de 2009

Eu não consigo


... cozinhar sem que a cozinha esteja impecável limpa e arrumada;
... dormir com gavetas ou portas do armário abertas;
... dormir com a porta do quarto fechada;
... ver TV sem ter tudo em casa arrumado e no devido sítio;
... estar muito tempo sem ter qualquer coisa a ocupar-me as mãos e a cabeça;
... limpar a casa sem cumprir minunciosamente por ordem todos os meus passos de limpeza (se não cumprir para mim não fica limpa);
... estar sentada à mesa durante toda a refeição;
... dormir se não tiver o meu trabalho em dia;
... andar de má cara;
...


Eu não consigo tanta coisa estranha devido a esta minha obsessão de perfeição.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

C21... descobertas



E ainda oiço bocas "Mas tu nunca tinhas visto isso?"

- Não, nunca tinha visto! Nunca fui a uma sessão de recrutamente! Dasss

Mas delicio-me a ouvir isto, cada mais me convenço que adoro mesmo este ramo, não me vejo a fazer outra coisa que fosse.
Todo este vídeo me faz lembrar aquela reportagem do maior vendedor imobiliário de Portugal que passou no telejornal, o da Remax. E a nossa Teresa Neto SÓ vendeu 3 vezes mais que ele, mas foi SÓ.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

O último

Este ano tive um aniversário muito especial! O meu pápa pagou-nos o almoço (digo à famelga toda, mesmo a emprestada) no restaurante chinês de um colega nosso.
A 1.ª vez para muito deles, acho que o meu pai saiu de lá com fome, só de me lembrar da cara dele a comer aquilo acho que me vou andar a rir uns meses.

O bolo, o 3.º, como não podia deixar de ser carregadinho de fruta!!



Olha aí o meu euromilhões! Quando me sair eu juro que não vou ser invejosa e partilhar. Tenho-o dito!


Bem, não podia deixar de postar aqui esta foto. Só tenho este e tenho que o estimar, o meu brother que anda a acabar o mestrado em Engenharia Informática.
"Um dia mano, um dia, ainda vamos todos trabalhar para ti!"

terça-feira, 19 de maio de 2009

Sunday morning

Cá por casa fizemos uma assembleia, à porta fechada e só a 2.
Nos últimos meses a nossa vida tem sido um corropio, tão grande que tem dias que só falamos por telemóvel às horas de almoço e sentimos os pés frios um do outro quando o último chega a casa e se deita na cama.
Decidimos que temos que descansar mais e que temos que fazer mais coisas em conjunto. Tanto um como o outro temos 1001 hobbies e tarefas que nos ocupam demasiadas horas longe de casa ou agarrados a um pc.
Assim, domingo de manhã e contrariando o sono fizemos-nos à estrada ou melhor ao pinhal. Nós aqui somos mais pessoal de pinhal...
Depois de termos despistado a polícia e deixado o meu carro algures partimos mata dentro.


As descidas difíceis, "UIII" que difíceis, mais pareciam degraus.


"Vá salta!" e eu saltava para a parte de trás e continuávamos pelos altos e baixos daqueles percursos mais que marcados pelo pessoal do motocross e TT. Foi ao ponto de ficar enjoada com o café que tinhamos bebido nas Pedras Negras.

Foi difícil a escolha do caminho, mas chegámos a casa sãos e salvos e moídos que nem imaginam.


P.S. Infelizmente não fiz reportagem fotográfica do nosso 1.º passeio de bicicleta, aliás nem vos apresentei as nossas biques novinhas em folha. As meninas dos olhos aqui do pessoal, atrás da nossa 4 rodinhas claro!!! A minha menina amarelinha.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

E o cabelo?

Então depois das últimas fotos tenho ou não jeito para o corte?

Nem se nota que fui eu que cortei, sou mesmo uma "verinha", uma verdadeira artística (como me chama o meu pai.

domingo, 17 de maio de 2009

Ao fim do 3.º bolo

Pois é, eu este ano fiz 29 aninhos e apaguei as velas de 3 bolos (bem, um deles não foi realmente velas... mas adiante).

Trinquei velas a 2 deles e confesso que sonhei que tinha ganho o euromilhões. Será presságio?


O meu 1.º bolo... o do escritório.

Afinal trabalhar no nosso dia de anos não é assim tão mau, diverti-me imenso


Elas, com um E.T. que não pertence ao Staff mas faz parte do conjunto, digamos que esteve em substituição do meu boss que não pode esperar até estas 2 senhoras aparecem. Más!


O bolo comeu-se mas o espumante é que me soube pela vida!

Em resumo foi um dia...


O 2.º bolo foi à noite com a minha família emprestada mas não tirei fotos, nem sempre ando com a máquina fotográfica acopulada e naquele dia aqui o gaijo andava às marradas comigo e eu com ele. Acabámos a noite na feira de Maio em Leiria a ver carros, que fartote de riso!

quinta-feira, 14 de maio de 2009

29... quase "trinta"

Passou 1 ano a correr, ainda me lembro como se fosse ontem o meu aniversário do ano passado.

O que mudou:

[a mais]
... experiência de vida
... amigos
... novo trabalho
... gatos
... amor
... sabedoria
... bom senso
... paciência
...

[a menos]
... cabelo aos caracóis
... aparento uns kg a menos
... raiva no coração (com o tempo as tempestades vão passando)
... tempo - maldito!
...

Ando a aprender a conformar-me com aquilo que o dinheiro não compra e eu não consigo ter, talvez daqui a mais 1 ano e com a chegada dos malditos "trinta" eu esteja uns patamares mais acima do que estou hoje.

E no final PARABÉNS A MIM!

terça-feira, 12 de maio de 2009

2+9 = EU elevada à potência

Aproxima-se a passos rápidos e ocupados demais para poder saborear o quer que seja.

Os estados vão mudando consoante os dias passam: festa-sozinha-?-festa...

Pedem-me bolo e espumante bem docinho que por aqui as coisas têm andado um pouco amargas e acho que só mesmo algo doce e espirituoso para acalmar estes corações aos saltos. Maldito negócio este a que nos dedicamos, vender casas não é fácil. Decididamente não é profissão para cardíacos.

Sinto que estou a passos (sim, mais 1 ano vai passar num instante) de entrar no patamar dos 30.
Mas por agora, daqui a 2 dias, são só 29...

sábado, 9 de maio de 2009

Existem vícios bons e vícios nem por isso

Andar a cumprir os nossos deveres de condómino ( a limpar escadas e piso) e passar mais de metade do tempo a tentar tirar uma mancha... da porta do vizinho!

Mas consegui!

quinta-feira, 7 de maio de 2009

///necacarla///

Eu estou bem.
E fiquei feliz por saber, ao fim deste tempo todo, que tu também estás.
A distância e as estranhas amizades que se travam fazem com que nos preocupemos mesmo sem saber que cor de olhos tens.
Quero-te muito bem pela pessoa que és e força que demonstras ter, como por teres sido um ponto fulcral nesta minha pequena mudança.
Acho que sempre preciso de mudar preciso de ter um ponto de apoio que me faça ter aquela força e coragem extra, desta vez foste tu.
Agora que tu mais precisas quero que saibas que estou aqui... para tudo.
Sincera!
De coração.
Daqui deste pequeno pedaço de terra à beira mar plantado até à Irlanda, ao teu estúdio com vistas sobre a cidade.

( e que continuemos as 2 de volta do inglês)

terça-feira, 5 de maio de 2009

(Rosnar)

Ultimamente tudo rosna, bate talheres, parte copos e vira a mesa, até eu me tenho deixado influenciar e levanto a voz e viro a mesa.
Por vezes até bufar oiço, já não sabendo se são os meus gatos ou continuam a ser as pessoas...
Saiu, bato a porta e abandono. Não quero ouvir mais nada!
Vou passear.

...a escassos dias de apagar mais uma vela ando que nem me aturo!

Bons anúncios



" ...agora aos fins semana vou começar a estudar genética.
Um dia Bono, um dia ainda vamos ter um Bono Alexandre"

Cada vez que oiço isto na Rádio Comercial não me consigo conter e farto-me de rir, passo o tempo todo em casa a dizer "Bono, um dia..."

Já agora, está ou não está um dia lindo?

sábado, 2 de maio de 2009

Confesso que tenho um problema...

Confesso que tenho um problema com o meu cabelo.
Um problema que vem desde que me deixaram mexer em tesouras ou objectos cortantes sem a presença de um adulto... o tempo foi passando e eu refinei os meus gostos para objectos mais modernos com verdadeiras lâminas de barbeiro capazes de cortar sabe-se lá o quê.

Eu tenho uma fascínio por cortar cabelo... inventar! Já cortei também o do meu irmão (no tempo em que ele deixava).
Este gosto transformou-se numa verdadeira fixação, quando me dá a neura vingo-me no cabelo. Naqueles dias em que eu devia ser metida numa camisa de forças e afastada de tudo, mas não. O raio do cabelo tinha que me andar a chatear o dia todo.
Agora?
Está metade do tamanho!
A casa de banho limpa pela 2.ª vez e as lâminas secam ali no parapeito da janela... não está feio, eu até levo jeito.