terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Final countdown

Entrei em contagem decrescente...
Sinto um cronómetro no peito que não consigo calar porque não me apetece mudar. Quero ficar aqui, agora quero ficar aqui com os meus pensamentos, os meus botões, o meu silêncio.
Já me habituei a levantar tarde, arrumar a casa, vê-lo chegar para almoçar e almoçarmos juntos, passar a tarde a fazer qualquer coisa que tenha em mente ou simplesmente a ver tv e beber café, começar o jantar cedo e depois irmos ver Tv até às tantas e comer bolachas de chocolate.
Emagreci!
Para a semana já tenho horas marcadas, tarefas inadiáveis, profissionalismos a cumprir.
Sinto um aperto na barriga, não quero mudar.
Eu até me habituava a isto de estar em casa e como ele gosta que eu esteja em casa.


3 comentários:

andie disse...

Hehehe...
Primeiro estranha-se depois entranha-se,né?
Beijos!

Gabriela... disse...

P/ ANDIE,
A sério é mesmo isso. Agora curto este silêncio e esta falta de metas e objectivos.
Tudo corre calmo e sem grande stress.
Já não sei o que é comer doces por ansiedade, enervar-me... nada dessas merdas que me metiam os nervos em franja.
Sinto-me bem por aqui!
Sniffff

albana disse...

ola Gabriela...de repente fizeste-me recordar outros tempos...eu já toquei saxofone, e toquei tantas mas tantas vezes esta música...deu saudade!

sabe bem estar em casa? acredito...
mas desejo-te muita sorte para o novo emprego que nos tempos que correm é uma benção!

bjihos