sábado, 10 de maio de 2008

Mudanças

Para não dizerem que eu não mostro as alterações que vou falando e fazendo cá por casa, aqui vão as provas da "coisa" já pronta.

Ontem, como prometido ( e foi a forma de me alegrar o dia que correu especialmente stressante) mudei o nosso quarto.
Mas deparei-me com diversas lutas para as quais não estou habitualmente preparada, começando pelos stickers, foram parar a sítios não previstos inicialmente mas foram a opção mais apetecível na altura da montagem.

Então, agora, logo à entrada do quarto tem esta bela imagem a rodear o interruptor. Que acho que foi a mais bem aplicada porque entra-se ali e fica-se logo alegre ao ver tantas folhinhas verdes (juntando a parte positiva de ter acabado com as manchas em volta do dito, uma vez que agora está rodeado de autocolante transparente).

A cama, uma capa de edredon feita pela minha mãe, que tem dedo de costureira, com um tecido comprado aqui à Carla. No interior (a parte gira) um edredon velho, feio e que não encaixava na minha cama que tem um tamanho maior que o normal. Depois de cortado e semi-destruído encaixou na perfeição na sua nova capa.


As mesinhas de cabeceira agora têm umas costas bem mais giras. Esta é a do Hugo.


A minha, claro, é muito mais "in" com a jarrinha com o bambú que me deram no ginásio.

O parapeito da janela (talvez das coisas que mais goste no meu quarto... ao fim de 2 anos acho que gosto mais assim do que se tivesse uma varanda) está também decorado a condizer com prendas de colegas minhas.

Não está verdinho??

Muita gente pergunta-me porque raio ando sempre a mudar tudo. É uma resposta simples, porque gosto de entrar em casa e sentir que ela se altera e cresce comigo.
Nunca na vida seria capaz de decorar a minha casa e ficar eternamente a ver as mesmas cores, os mesmos objectos... tudo igual. Talvez por isso seja contra a nova moda de pintarem as casas de paredes coloridas, sou a favor das mudanças internas.
Toda a minha casa é creme, mas toda ela reflete cores variadas, graças à cor clara das paredes.
Um dos maiores elogios que levei foi a decoração do meu quarto no dia do meu casamento, porque todo ele emanava vermelho e as fotos ficaram simplesmente fora do normal. Sem qualquer alteração, sem qualquer programa.

Mas eu nunca tinha tomado consciência desta minha necessidade, só há talvez 1 ano para cá é que me apercebi que mudando sinto mais o conforto do meu lar.

E aos poucos tenho vindo a aprender, a comprar, a estudar. Aos poucos tenho vindo a mudar.
Descobri que tenho uma apetência por cores quentes, dai os vermelhos, os laranja, os beringela, os rosa e ai por diante. Alternado de vez em quando por cores mais frias mas mais alegres... como o verde.
Meti totalmente de lado o azul (cor que adorei durante anos) porque finalmente me apercebi que era uma cor que em casa não me dava conforto, me fazia sentir mal, me fazia sentir fria!

Sou fã de castanhos, beges, cor de café, acho que estão inseridos em muitos dos objectos cá de casa (desde tapetes a almofadas) e sou adepta de madeiras de cores claras que não cansam tanto a vista e tornam o ambiente menos pesado.

Em breve será o hall de entrada.

8 comentários:

Cartas a Si disse...

É engraçado encontrar alguém que tem a mesma necessidade de mudança na decoração da casa que eu tenho. Infelizmente o espaço em minha casa é reduzido e não me permite grandes alterações, mas por vezes o simples mover de um elemento decorativo de sítio já me faz sentir bem. Também ando a mudar o meu quarto para o mesmo tom de verde em que está o teu. Já fiz a coberta, agora faltam-me as fronhas para as almofadas. O tempo é que tem sido pouco.

Um abraço e continuação de boas mudanças. :-)

Nostálgica disse...

Está muito giro...:) principalmente a cor, e os desenhos na parede.

um bjnho

Tita disse...

engraçado... até nisso somos parecidas. gosto de mudar de vez em quando, mas neste momento as possibilidades são muito reduzidas. gosto de cores claras nas paredes. uma casa com as paredes coloridas mete-me aflição. ja gostei muito do azul. há uns tempos atrás acalmava-me. agora parece que me torna agressiva.Gosto muito das cores quentes: o laranja, amarelos, castenhos, mais claros ou mais escuros. Ultimente optei por colorir a minha vida, quer no vestuario quer na decoração.ah, já agora adorei a decoração simples, mas esplendida. bjs

Gabriela... disse...

Muito obrigado pelos elogios.
Simplicidade é comigo! Aliás é na casa toda.

Willow disse...

Os stickers ficaram muito bem!
Está muito engraçado!

Patricia disse...

Adorei! está muito lindo ;)

Cláudia disse...

ADOREI!!!!!!

Isália disse...

simplesmente lindo!
Tens muito bom gosto....não queres decorar a minha casa quando cá vieres? pensa no assunto...lol