quarta-feira, 7 de maio de 2008

Logo pela manhã

Ele - Amanhã não vou aos treinos.
Eu - Porquê? São a que horas?
Ele - Para começar ainda devo estar a trabalhar, depois não me apetece e de certeza que vou estar muito cansado.
Eu - O facto de seres filho do treinador não está a influenciar essa balda aos treinos?
Ele - Ya.


Para a próxima fico calada que mais vale.
E depois admiram-se que existe corrupção nos grandes clubes, se nestes transparentes é assim nem quero pensar nesses grandes.

---------------------------------------------------------------------------------------------

adenda
sogro: treinador da equipa de futebol dos Bombeiros Voluntários da Marinha Grande, no campeonato da Função Pública que começou ontem

marido: guarda-redes ou avançado (depende da disposição)


O facto de ontem terem ganho o jogo contra a equipa da EDP em nada vem influenciar a minha ideia de corrupção.

4 comentários:

Willow disse...

Vi um programa em que um treinador dizia aos atletas para imaginarem que estavam a correr a corrida na sua cabeça porque isso os ajudava a treinar.
Aliás, ligando-os aquelas máquinas todas XPTO descobriram que quando o atleta imaginava a correr os músculos respondiam ao estímulo do pensamento como se estivessem efectivamente a fazer a corrida.
Tudo isto para dizer.. deixa lá... o teu marido não precisa de ir aos treinos.. basta pensar no assunto! :)

Tita disse...

ahahah. as vezes é nas pequenas coisas que se coenhecem as grandes. bjs

Gabriela... disse...

P/ WILLOW,
Hummm, este então deve ser um grande criminalista ou médico. Ele prefere ver televisão e meter defeitos no que essas personagens fazem.
Agora correr e afins... não me parece.

Gabriela... disse...

P/ TITA,
Grande verdade.
Tenho que ter uma conversa séria com o meu sogro. Mas já não existe respeito pelos pais!!