terça-feira, 8 de abril de 2008

Questões de trabalho

Não sou muito de me queixar, aliás até aguento tudo muito bem.
Acho que é uma das grandes virtudes das mulheres, não morrerem por uma simples dor de cabeça!
Mas tenho pensado muito numa coisa nos últimos tempos, talvez meses, talvez há bem mais de 1 ano.
Acho que a única coisa que me tira do sério é o meu emprego.
Não é que não goste do que faço, aliás acho que todos os que me rodeiam sabem o quanto eu vivo aquilo MAS (porque tem sempre um "mas") dou demais de mim por algo que não é meu.

Não sei se me entendem?

Confessando... hoje tive mais uma discussão com o meu patrão. Simplesmente já não tenho paciência para aturar a burrice dele, o choramingar dele, as atitudes dele. Até acho que se ele fosse para casa plantar batatas aquela empresa daria muito mais lucro. A sério!
Ele condena-me por eu dizer o que penso, mas ele faz asneiras e simplesmente não aprende com elas e depois somos nós (míseras empregadas) que damos a cara em tudo...

Sinceramente ando farta! Saturada... pelos cabelos... impossível de aturar!

É uma (que posso chamar de) união de facto que dura há 3 anos e meio precisamente.
Eu aprendi muito, desenvolvi muito, ganhei algo que desconhecia em mim, uma certa capacidade de cativar a atenção e de expor o que sei.
Acho que o aprendiz se virou contra o feiticeiro!

Hoje discutimos mais uma vez, as nossas discussões não são amenas. Talvez porque o retorno que tenho tido destes anos de dedicação é a obrigação de ir trabalhar mesmo estando doente e ir lá durante as minhas férias fazer o que for preciso.

Acomodei-me!
Este é o meu grande mal, sempre foi. Acomodar-me às situações, eu que sou adepta das mudanças e tudo o mais tenho medo deste tipo de mudança! Mas neste momento, de cabeça fria que estou, e sabendo o que tenho a aturar acho que já nem o dinheiro vale. Por vezes o dinheiro não é tudo!!
Tenho pensado muitos nos últimos tempos, talvez a grande decisão que me previram um dia seja mesmo esta.

4 comentários:

andie disse...

Não ignores os sinais que o Destino/Universo/(o que lhe quiseres chamar) te dá...
Se sentes essa pulsão dentro de ti, segue-a, pois o teu coração não se engana!
Ele sabe todas as coisas, ele tem a chave!
Beijinhos!

Tita disse...

eu também sou de me acomodar. mas ás vezzes temos de tomar decisões que nos transformam a vida. e as vezes não devemos ignorar os sinais que estão á nossa volta. bjs

Susana Borges disse...

Se vives essa angústia diariamente, acho que o melhor a fazeres é mesmo mudar. Pq como dizes, o dinheiro não é tudo e ixo dá conta da tua saúde linda.
Pensa mais em ti :).
Bjinhux *

Isália disse...

Já falamos sobre isso...acho que chega a um ponto que não nem saudável para ti nem para o trabalho que estás a desenvolver...às vezes sabe bem mudar de ares e provavelmente esta será a tua altura da mudança...se bem que tem que ser uma mudança bem pensada, porque hoje em dia em questoes de trabalho é tudo tão delicado e arriscado que as pessoas têm medo de se jogar de cabeça...Mas vais ver que cedo ou tarde tomas a decisão acertada para a tua vida...beijos grandes