quarta-feira, 12 de março de 2008

Para ti!

Ontem dormi bem juntinho a ti.
Juntinho nariz com nariz...
Como eu gosto de adormecer e sentir a tua respiração, num beijinho à esquimó que se prolonga pela noite inteira.
Deste-me um beijo na testa e eu fechei os olhos.
Ontem adormeci a ver-te sorrir.
Hoje sai a ver-te sorrir, sorrir não, rir!



Juntos sei que venceremos tudo na vida!
És o meu mapa, a minha bússola sem norte...

És o meu sol!

5 comentários:

Isália disse...

Simplesmente lindo...sabe bem quando se ama...beijos e que esse sol continue a brilhar e a sorrir todos os dias

Cartas a Si disse...

Como é bom "ver-te" assim feliz, cheia de amor no coração. Nem imagino o tamanho do teu sorriso ao escrever isto. Muitas felicidades e muitos beijinhos de esquimó ao longo da vossa vida, é o que vos desejo.

Gabriela... disse...

P/ ISÁLIA,
Sabe bem o calor no coração... ainda mais quando se anda muitos anos com ele gelado!

Gabriela... disse...

P/ CARTAS A SI,
Era um sorriso do tamanho do mundo... normalmente ando sempre a sorrir. È a minha maneira de espantar as tristezas!
Muitos, muitos beijinhos à esquimó!

Willow disse...

POis.. e depois dizes que não és nada lamechas. Está bem, abelhinha....