quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Hábitos ou rituais

Hoje ao ler isto fez-me ficar a pensar.

A quantos hábitos diários eu também me obriguei para me sentir novamente viva e feliz pelo que sou.
Acho que nunca cumpri tantos rituais como agora, desde o acordar ao deitar. Pequenos gestos de grande valor que vão enaltecendo e conservando o meu sorriso e todo o meu ser, tal como sou.
Já houve alturas em que eu para mim não interessava, os outros. Só via os outros e o seu bem estar. E eu como ficava?
Não ficava.
Hoje posso dizer que adoro todo o meu ser, desde a pontinha do cabelo à pontinha da unha dos pés.
Aos cabelos brancos que disfarço e me dá asas para mudar e voltar a mudar.
Aos cremes e mais cremes que amontou no armário e sistemáticamente aplico quase com a precisão de um relógio suiço. Gel limpeza, tónico, creme para as rugas dos olhos, creme de dia ou de noite... esfoliantes semanais, mascáras de limpeza e hidratantes semanais.
Ao hábito de ir arranjar as unhas e finalmente conseguir ter unhas com bom aspecto e não curtas e com aspecto descuidado como tive durante muito tempo.
A depilação quase total (como entre risos diz a minha esteticista) e os banhos de lama que tanto bem me têm feito.
Idas ao ginásio durante a semana e que muitas mais valias me tem trazido, desde a luta contra o pneuzinho que teimava em começar a aparecer, à definição do corpo e sua tonificação, à perca da pouca celulite que tenho... felizmente sou agraciada pela hereditariedade. Às amizades que tenho feito, à troca de experiências, ao meu rabo ser motivo de conversa de café e troca de risos.
Acho que hoje em dia perco imenso tempo a tratar de mim mas isso faz-me ter mais tempo para tratar dos outros. Mimar, seduzir, acariciar.
Quando nós, e quando digo nós é o nosso ser interior, estamos bem para connosco e para com o mundo quem ganha são todos os que nos rodeiam.


A felicidade alcança-se com a plenitude do corpo e da alma e eu certamente que já a alcancei.
eu


"A beleza ideal está na simplicidade calma e serena"
por Johann Goethe

8 comentários:

Cláudia disse...

Eu era super descuidada com estas coisas!
Tenho aprendido qualquer coisa contigo!!! :D
Mas ainda me falta tanto...

Gabriela... disse...

Se precisares de ajuda é só gritar!
Tenho lido tanto e aprendido tanto no último ano que nem imaginas.
Sou também grande estudiosa de cozinha vegetariana (sogros vegetarianos dá nisto) e em prospeção de todo o mercado de produtos naturais e seu benefícios.
Mas ainda muito tenho para aprender e este mundo é tão grande...

Patricia disse...

É a primeira vez que cá venho e voltarei com certeza...
em relação ao que escreveste eu acho muito bem que cuides de ti, e que te sintas bem contigo própria!

bjs

Anónimo disse...

Olá Gabriela,
A força das tuas palavras e a intensidade com que as proferes, mevem montanhas...
És sem dúvida um exemplo a seguir, em todos os gestos, em todos os actos...
Um dia chego lá... Se não conseguir, pelo menos posso dizer que tentei...
Beijinhos
Carla

P.S. Apanhei o gosto aos comentários e agora não quero outra coisa!

Gabriela... disse...

P/ PATRÍCIA,

Muito obrigado pela visita, a porta estará sempre aberta.
E não é isso que temos que nos sentir? Bem connosco próprios...
Beijo enorme e já fiz uma visita lá ao teu cantinho, já está nos meus link's

Gabriela... disse...

P/ CARLA,
Obrigado pelo elogio.
É muito bom sentir e ler o que escreveste.
Nunca quis ser exemplo para ninguém... sempre achei que eu sou mau exemplo a seguir. Mas para tudo o que fiz na vida retirei algo de bom para mim.
Tenta que vais chegar à tua maneira, mas vais.
Beijo enorme e obrigado pela tua presença

Willow disse...

Ai... como estou longe. Desculpo a falta de cuidados com a falta de tempo e nunca consigo arranjar uma rotina que cole...
Salvam-se as máscaras do cabelo porque sei que se não as fizer não me consigo pentear passado algum tempo.
Que vergonha... ai, ai...

Gabriela... disse...

P/ WILLOW,
Falta de tempo não é desculpa (apesar de eu também a utilizar para outras coisas).
As rotinas fazem-se, assimilam-se e começam a fazer parte do nosso dia a dia.
Eu no cabelo pouco ou nada faço mas tenho dias que me apetecia rapá-lo ;D