terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Diário de uma lua-de-mel / Dia 7 e 8

Estes resumem-se bem rápido.

No 7.º dia foi só de navegação, o retorno a Barcelona. O mar estava picadinho, muita gente enjoada, o médico de bordo não teve descanso.

Passamos grande parte do dia na disco a ver a paisagem e a dormir. Sim, posso dizer que já dormi numa discoteca.


À noite acalmou enquanto passavamos entre Maiorca e Menorca, foi mesmo o tempo que precisávamos para jantar em condições. Assim que se viram desaparecer as luzes das ilhas o barco voltou aos balanços... heheheheh

Só para terem ideia nesse dia tomámos o pequeno almoço com uma mão agarrada a um gradeamento, comemos só bolos e afins porque de resto já tinha sido tudo varrido de cima das mesas. Um casal que lá estava atravessou a sala sentados nas cadeiras... plena derrapagem.

Foi o máximo!

Existe uma frase de um colega que nunca mais esquecerei, em honra daquel dia tão atribulado. Ele disse:

"Nunca na minha vida tinha metido a cabeça onde costumo meter o cú!"
"Já estou rouco de tanto vomitar!"

Dia 8 acordamos a atracar no porto de Barcelona, despedidas e rumo ao aeroporto.

Quando cheguei a Lisboa só me apeteceu ajoelhar e beijar o chão de tão fartinha que estava de andar de um lado para o outro.
Regressei completamente enjoada de comida... passei os meus 2 primeiros dias cá sem comer quase nada e a beber água com uma mistela para limpar o organismo.

Mas, adorei! Queremos repetir. Talvez ilhas gregas e experimentar os cruzeiros da Pullmantur...

2 comentários:

Cartas a Si disse...

Mesmo que seja uma cabana, não há lugar no mundo que se compare à nossa casita.

Isália disse...

Deve ser uma experiência única...lol