terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Temas tabus

Desde a semana passada que tenho algo para contar, algo que passei e que me ficou aqui a "cutucar" todos os dias e me revolta. Aconteceu pela mesma altura em que escrevi sobre a morte e falámos dos temas tabus para a nossa sociedade, existem bem mais que haviam de ser falados à boca cheia, acalentados os corações de quem os passa e não abafados em sorrisos constrangidos.

A semana passada fui à minha sessão de depilação a lazer, como vem sendo hábito, agora num outro local e onde já tenho uma certa confiança com as funcionárias e fui abordada com a seguinte conversa:

- Então e bébés? Já lá vão 2 meses?

Eu ri-me e respondi que a minha cegonha deveria ter virado o mapa ao contrário e ter ido entregar as ditas criancinhas para a China.

- Vá, mas têm que começar a pensar nisso e decidir se querem e para quando?

Eu quase com vontade de perguntar se queriam que eu fizesse um desenho respondi que já tinhamos passado essa fase à 1 ano atrás.

- Então e quando começam a trabalhar nisso?

Eu mesmo a ver que ela estava a querer levar uma resposta daquelas fui simplesmente curta e concisa, disse que já andávamos a tentar à 1 ano, que já tinhamos andado a fazer tratamentos e que estávamos a ser seguidos por 2 médicos e que não descobriam o problema.

Fiquei sem resposta!!

Simplesmente vi pelo espelho encolherem-se, olharem umas para as outras como se tivesse pena de mim ou o raio. Como se sofresse de uma doença grave ou não fossemos perfeitos!

Fiquei irritada!!

Até parece que a palavra INFERTILIDADE é algo de outro mundo, não é a morte! A vida não acaba aqui...
Falar de temas tabus com naturalidade ainda choca muita gente e causa um transtorno e ambiente pesada. Mas será que não havia de ser nestes casos que as pessoas deviam de falar mais?

Mas isto sou só eu a dizer...



Eu acredito que todos estamos destinados para algo, por mais ingrato que a vida nos pareça ser só a nossa maneira de lidar com ela nos define como seres felizes ou infelizes! Em todas as fases da nossa vida temos acontecimentos que vão contra o que queriamos mas há que aprender com eles.

A vida é como um caminho, um longo caminho à beira mar, nem todos são capazes de fazer o percurso sem tirar os olhos do chão e ver a paisagem... as ondas, as gaivotas, as tempestades ao longe, passam todo o tempo a olhar para o chão, as pedras, a sujidade, a tentar andar mais rápido e tropeçar.
Hummm, assim não vamos lá!

8 comentários:

Rita Ameixa Maria disse...

Oh pá.. tem cuidado que isso é tipo rolha!!! Depois saem três de seguida!
Ai, ai.. parece que quanto mais te tenta mais se engolha. Acho que a receita ideal para ter um puto é dizer: "pronto, agora não dava jeitinho nenhum, por isso vamos usar 37 métodos contraceptivos e só vamos para a mesma cama uma vez por mês". Trigo limpo, farinha amparo.
Cá para mim os putos gostam mesmo é de aparecer de surpresa e sem stresses. :)
Quanto ao ser tabu acho que não se fala mais porque as pessoas têm medo que quem está a passar por isso se sinta inibida ou desconfortável com a conversa.
Se no entanto fores daquelas que gosta de falar sobre todos os assuntos e mais meio saco de milho, podes sempre contar aqui com esta gaja que tem uma língua de trapos e é uma desbocada do caraças!
:)

Rosa disse...

Gabriela,
não te conheço, mas tenho lido as coisas que escreves nos teus blogues e acho que deves ser uma pessoa incrível. Como se costuma dizer, daquele tipo de pessoa que Deus fez e deitou a forma fora.

Não te deixes abater por comentários desagradáveis de pessoas que, muito provavelmente, não têm vida própria e por isso vêem-se na necessidade de falar da vida dos outros.

Os filhos vêm quando têm de vir. Vêm na hora certa, mesmo que a nós às vezes ela possa não parecer a mais certa. Às vezes eles nascem no nosso ventre e outras no coração. Mas vais ver que quando menos esperarem vão ter um rebento para vos alegrar.

Desejo-te toda a sorte do mundo!

Força, nada de te ires abaixo, ok?

Aninha disse...

Minha Lindinha!
JÁ MONTOU SUA ÁRVORE DE NATAL?
TROUXE UMA PRA VOCÊ.

___________________Paz
__________________União
_________________Alegrias
________________Esperanças
_______________Amor.Sucesso
______________Realizações★Luz
_____________Respeito★harmonia
____________Saúde★..solidariedade
___________Felicidade ★...Humildade
__________Confraternização ★..Pureza
_________Amizade ★Sabedoria★.Perdão
________Igualdade★Liberdade.Boa-.sorte
_______Sinceridade★Estima★.Fraternidade
______Equilíbrio★Dignidade★...Benevolência
_____Fé★Bondade_Paciência..Gratidão_Força
____Tenacidade★Prosperidade_.Reconhecimento
- ¨.•´¨) . ×`•.¸.•´× (¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´× (¨`•.-
- ¨.•´¨) . ×`•.¸.•´× (¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´× (¨`•.-

VAMOS FAZER ESTA ÁRVORE CIRCULAR
ATÉ O FIM DO ANO PARA ENERGIZAR 2008.
PARTICIPE! REPASSE ESTA ÁRVORE TAMBÉM.
Receba meu beijinho com carinho em seu coração.
Aninha.

Gabriela... disse...

P/ MARIA AMEIXA
Gostei dessa dos 37 métodos contraceptivos!! Eu também concordo, por isso não stresso muito com o assunto e sempre que puxam por ele falo com a maior naturalidade...
Mas giro giro é ouvir o Hugo contar a aventura do espermograma, essa é que é de rir até cair para o lado!!

Gabriela... disse...

P/ ROSA
Muito obrigado pelo teu comentário e pela tua assiduidade aqui pelos meus cantos.
Hoje quando li fiquei meio chorosa, tenho-me sentido meio adoentada e muito sensível. Muito obrigado pelas palavras queridas, a minha mãe vai adorar saber tal elogio. E é verdade a forma já não existe...
Eu vou lutando e sorrindo todos os dias, é o que gosto mais de fazer.

Um beijo enorme do coração,

Gabriela... disse...

P/ ANINHA,
brigadinho! Fica muito gira aqui a enfeitar o meu canto!

Isália disse...

Que importa o que as outras pessoas dizem?...Não devemos dar importância a comentários tão mesquinhos quando as pessoas nao merecem que lhes seja dada tanta importância. Um coisa é certa...a infertilidade é uma coisa que me assusta...Mas há que saber lidar com ela com naturalidade...porque se nos acontece é porque estamos a ser postos à prova, se realemnte somos capazes de enfrentar as dificuldades sejam elas quais for...o que importa é que sejamos apoiados pelas pessoas que realmente amamos e que fazem parte das nossas vidas. beijos e muita força

Gabriela... disse...

P/ ISÁLIA,
Muito bem dito, é verdade! Eu sou feliz com aquilo que acredito e nunca foi o que os outros dizem que me veio alterar a vida. Mas mete-me confusão!!
Também acho que seja uma maneira de sermos postos à prova e espero superar todas as contrariedades.